Uma nova pesquisa descobriu que o bitcoin não ganhou muita força em El Salvador e a maioria das pessoas ainda está usando dólares, mesmo sete meses após a criptomoeda ter sido legalizada no país. 

Apesar da campanha do governo para a adoção de criptomoedas, liderada pelo presidente Nayib Bukele, o experimento rendeu pouco, e a carteira digital do país, "Chivo Wallet", não teve uso generalizado. 

A maioria dos moradores baixou o aplicativo em setembro passado, quando El Salvador autenticou pela primeira vez o uso do bitcoin ao lado do dólar, embora a pesquisa tenha relatado que praticamente ninguém baixou o Chivo em 2022. 

“A razão mais importante para não baixar o aplicativo, condicionada a conhecê-lo, é que os usuários preferem usar dinheiro, o que foi seguido por problemas de confiança – os entrevistados não confiavam no sistema ou no próprio Bitcoin”, escreveram os autores da pesquisa. 

A pesquisa descobriu que nenhum cidadão estava usando o Chivo para pagar impostos em escala significativa e que apenas 5% de todas as vendas foram realizadas em bitcoin, enquanto a maioria ainda era feita em dólares. 

Depois de torná-lo moeda legal em setembro, Bukele continuou a dobrar a maior criptomoeda do mundo. 

Desde o ano passado, Bukele lançou uma enxurrada de movimentos de criptomoedas, incluindo um título de bitcoin e a primeira “cidade bitcoin” do mundo a ser construída ao lado de um vulcão. Em novembro, ele também disse que os lucros de bitcoin do país serão usados ​​para construir 20 escolas.

A pesquisa abrangeu 1.800 famílias em todo El Salvador em fevereiro de 2022.

Fonte: Business Insider

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".