Análise de Resultados Telefônica 4T19 2019 - VIVT4 vale a pena?
| ,

Análise de Resultados Telefônica 4T19 – VIVT4 vale a pena

A Telefônica divulgou seus resultados referentes ao 4T19, confira os destaques e se vale a pena investir na VIVT4.

Por
Atualizado em 03/04/2020
Avalie esse texto

Os resultados da Telefônica (VIVT4) referente a suas operações do quarto trimestre de 2019, foram divulgados no dia 19/02.

Veja neste artigo os principais destaques do resultado da Telefônica do 4T19 e se a VIVT4 vale a pena investir. 

Confira o calendário de divulgação de resultados do 4T19 das empresas listadas na Bolsa de Valores e a análise das empresas que a equipe do The Capital Advisor está realizando.

Data da divulgação: 19 de fevereiro de 2020.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Sobre a Telefônica

Conheça um pouco sobre a Telefônica: data de fundação, core business, mercados onde atua, principais clientes.

A Telefônica é a maior empresa de telecomunicações do país, no Brasil é muito conhecida por atuar com a marca Vivo, ela foi constituída em 1998 após ser privatizada e adquirida pela Telefônica.

Seu principal negócio é a prestação de serviços de telefonia fixa e móvel em todo o território nacional. 

Além da marca Vivo, a Telefônica atua com a marca Movistar, para Espanha e demais países da América Latina, e O2, para o Reino Unido.

Confira a estrutura societária da Telefônica:

Estrutura Societária - Telefônica
Estrutura Societária – Telefônica
Banner will be placed here

Avaliação de Governança

A Telefônica está listada na Bolsa de Valores, porém não apresenta nível de governança da B3.

EmpresaTelefônica Brasil S.A
CódigoVIVT4
SubsetorTelecomunicações
Segmento de ListagemTelecomunicações
Tag Along80%
Free Float5%
Principal AcionistaSp Telecomunicações Participações Ltda
Sitehttp://ri.telefonica.com.br/

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Resultado da Telefônica 4t19

No decorrer de 2019, a Telefônica terminou o ano com 74.582 milhões acessos móveis apresentando melhora no período.

Porém no segmento fixo a companhia apresentou menor desempenho operacional no período.

Assim, os resultados do 4T19 da Telefônica vieram dentro das expectativas dos investidores, com destaque para:

  • Lucro operacional (Ebit) de R$ 1,9 milhões no 4T19, apresentando alta de 14,8% na comparação trimestral;
  • Ebitda de R$ 4,9 milhões no 4T19, +22,8% na comparação com o 4T18;
  • Lucro líquido contábil de R$ 1,39 milhões, apresentando retração de -9,9% na comparação com o 4T18.

Resultados Operacionais da Telefônica

Confira os resultados operacionais na Telefônica pelas divisões: negócio móvel e negócio fixo.

Negócio Móvel

O total de acessos na divisão negócio móvel atingiu 74,5 milhões no 4T19, apresentando de 1,9% na comparação com o 4T18.

O market share da divisão apresentou crescimento de 1,0 ponto percentual na comparação com o 4T18.

No segmento pós-pago, a Telefônica continua crescendo de maneira consistente, alcançando 43.174 mil acessos em dezembro de 2019, um crescimento de 6,9% ao ano.

A base de clientes pós-pago já representa 57,9% da base total de acessos móveis, com market share de 39,4% em dezembro de 2019.

A Telefônica continua sendo líder em terminais com tecnologia 4G, com market share de 31,9%, mantendo a qualidade da base de clientes e a estratégia da Companhia centrada em dados e serviços digitais.

As adições líquidas móveis de pós-pago atingiram 875 mil no quarto trimestre do ano, enquanto as desconexões líquidas no pré-pago foram de 126 mil acessos no mesmo período.

O ARPU (Receita Média por Cliente) móvel cresceu 1,7% a/a no 4T19, devido principalmente aos recentes aumentos de preços e maior parque médio no período.

ARPU - Telefônica
Gráfico: ARPU – Telefônica

A receita líquida do segmento Móvel atingiu R$ 7,4 bilhões no 4T19, apresentando crescimento de 5,7% na comparação com o 4T18.

Receita Líquida Segmento Móvel - Telefônica
Gráfico: Receita Líquida Segmento Móvel – Telefônica

A Receita de Dados e Serviços Digitais apresentou crescimento de 5,8% ao ano no 4T19, resultado de nossa estratégia centrada em dados. 

Contribuíram para esse desempenho a expansão do uso de serviços de dados e de valor agregado.

A Receita de Voz reduziu 11,8% em relação ao 4T18, reflexo principalmente da contínua migração de consumo para serviços de dados em decorrência da maturidade do serviço. 

A Receita Líquida de Aparelhos apresentou aumento de 46,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, impulsionada pelas campanhas de vendas de Black Friday e Natal.

Negócio fixo

No 4T19, a base total de acessos fixos somou 19.044 mil, apresentando redução de -13,5% em relação ao 4T18.

O menor desempenho foi influenciado pelo desempenho dos acessos de voz, xDSL e DTH.

No qual foi influenciado, pela maturidade dos serviços e à decisão estratégica de cessar as vendas de TV por assinatura na tecnologia DTH desde o início do 3T19. 

Os acessos de Banda Larga Fixa registraram 6.908 mil clientes no 4T19, com redução de 7,4% em relação ao 4T18, principalmente devido às desconexões de clientes xDSL

Os acessos de TV por Assinatura atingiram 1.320 mil assinantes no 4T19, apresentando redução de 15,8% a/a no período, resultado da decisão estratégica da Companhia de descontinuar as vendas da tecnologia DTH.

A receita líquida da divisão Fixa atingiu R$ 3,9 milhões no 4T19, apresentando retração de -2,8% na comparação com o 4T18.

Receita Líquida Divisão Fixo - Telefônica
Gráfico: Receita Líquida Divisão Fixo – Telefônica

Os acessos de Voz totalizaram 10.817 mil no 4T19, uma redução de 16,8% quando comparados ao mesmo período do ano anterior, principalmente em função da substituição fixo-móvel e da migração do uso de voz para dados. 

A Receita de Banda Larga cresceu 7,2% a/a no 4T19, impulsionada pela evolução da Receita de FTTH, que representou 38,8% desta receita no período e cresceu 37,6% no comparativo anual.

No 4T19, a Receita de TV por Assinatura reduziu-se 11,1% no comparativo anual.

A Receita de Dados Corporativos e TI, cresceu 17,8% a/a no 4T19, em função do bom desempenho das receitas de novos serviços no mercado B2B, como dados, cloud, serviços de TI e vendas de equipamentos. 

A Receita de Voz apresentou redução de 17,8% no período em relação ao 4T18, devido principalmente à maturidade do serviço e à substituição fixo-móvel. 

Resultados Financeiros

A receita líquida da Telefônica atingiu R$ 11,3 bilhões no 4T19, apresentando crescimento de 2,6% na comparação com o 4T18.

O Ebitda recorrente da Telefônica atingiu R$ 4,3 bilhões no 4T19, apresentando crescimento de 5,4% na comparação com o 4T18.

A margem ebitda recorrente da Telefônica atingiu 38,2% no 4T19, apresentando crescimento de 1,0 ponto percentual na comparação com o 4T18.

Os investimentos da Telefônica atingiram R$ 2,3 bilhões no 4T19, apresentando crescimento de 11,5% na comparação com o 4T18.

O fluxo de caixa operacional da Telefônica atingiu R$ 1,9 bilhões no 4T19, apresentando retração de -1,0% na comparação com o 4T18.

O lucro líquido recorrente da Telefônica atingiu R$ 1,39 bilhões no 4T19, apresentando retração de -9,9% na comparação com o 4T18. 

Endividamento da Telefônica 

Em dezembro de 2019, o endividamento bruto da Telefônica atingiu R$ 13,8 bilhões, logo o endividamento líquido da companhia ficou em R$ 9,9 bilhões vs. R$ 2,2 bilhões no 4T18.

A Dívida Líquida/ EBITDA atingiu 0,07x no 4T19.

Dívida Líquida/ EBITDA - Telefônica
Gráfico: Dívida Líquida/ EBITDA – Telefônica

Veja a evolução histórica dos últimos 10 anos do endividamento da Telefônica:

Histórico Endividamento Telefônica. Fonte: GuiaInvest.
Gráfico: Histórico Endividamento Telefônica. Fonte: GuiaInvest.

Principais Indicadores Fundamentalistas

Veja abaixo os principais indicadores do Telefônica para iniciar a sua análise fundamentalista da VIVT4.

Indicador09/201912/2019
Preço/Lucro (P/L)17,619,3
Preço/Valor Patrimonial (PVPA)1,31,4
Dividend Yield (DY) %6,7%6,4%
Valor de Mercado $91,5 B96,6 B
Lucro por Ação (LPA) $3,08732,9615
Rent. Patr. Líq. (ROE) %7,4%7,1%
Margem Líquida %11,8%11,3%
Data Divulgação04/11/1919/02/20

* Indicadores com base na data de 19/02/2020

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Teleconferência de Resultados Telefônica

Ouça a Transmissão da Teleconferência da Telefônica do 4T19 quando estiver disponível.

Documentos e arquivos dos Resultados da Telefônica do 4T19

Para conferir os resultados de outros trimestres, em texto ou áudio, acesse a Central de Resultados da Telefônica.

VIVT4 Vale a Pena?

Os resultados da Telefônica do 4T19 foram apresentados dentro das expectativas do mercado, resultando em um lucro líquido recorrente de R$ 1,39 bilhão.

Como pontos positivos podemos destacar a redução da alavancagem, porém a companhia apresentou menor desempenho operacional no segmento fixo.

Sendo influenciado pela redução na base de clientes, nos segmentos de Banda Larga, TV por assinatura e voz fixa, que totalizaram 93.627 mil clientes, uma redução de -1,6% na comparação com 2018.

Com a entrada de novos concorrentes no mercado, o segmento ficou mais competitivo para a companhia, o que acarretou menor desempenho em seu resultado.

DFP da Telefônica 4T19

Confira abaixo as Demonstrações Financeiras dos Resultados da Telefônica do 4T19 na íntegra.

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais