Cuidado antes de escolher investir em uma empresa que paga altos dividendos! Existe uma ótima razão para isso.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Enquanto lucrar com a valorização do preço das ações é algo imprevisível e incerto, o recebimento de dividendos é uma renda passiva garantida, independente do preço da ação.

Isso parece ótimo, não é mesmo?

Mas apesar disso, o mais respeitado investidor do mundo, Warren Buffett, não é um grande fã de dividendos.

Entenda por que ele pensa assim.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Distribuição dos lucros das empresas

Para entender o pensamento de Buffett a respeito dos dividendos, primeiro é preciso esclarecer o que as empresas podem fazer com seus lucros.

Quando os negócios estão indo bem e a empresa está gerando bons lucros, ela tem 4 coisas que pode fazer:

No Brasil, a lei obriga as sociedades de capital aberto a distribuírem pelo menos 25% dos lucros na forma de dividendos.

Estes podem ter a periodicidade mensal, trimestral, semestral ou até anual.

O percentual do lucro líquido pago na forma de dividendos é conhecido por Payout.

Por exemplo, se uma empresa teve um lucro líquido de R$ 100 milhões e distribuiu R$ 50 milhões em dividendos, seu payout é de 50%.

O que está por trás de altos dividendos

Os dividendos são uma forma de “remunerar” os acionistas, porém, ele sai do caixa da empresa.

Uma das desvantagens de um alto Payout, ou seja, da empresa pagar grande parte do seu lucro em dividendos é que, com isso, os lucros retidos na empresa diminuem.

Isso, consequentemente, pode comprometer o seu próprio crescimento futuro, uma vez que fica com menos dinheiro para reinvestir em si e criar novas fontes de receita.

Essa é uma das razões pelas quais Warren Buffett é cético em relação ao pagamento de dividendos.

Buffett acredita que uma empresa só deve distribuir dividendos se não tiver um melhor uso para esse dinheiro.

Ou seja, se ela não enxerga nenhum uso útil desse capital para fazer crescer o negócio.

Por outro lado, se a empresa vem apresentando alto retorno sobre o capital próprio (ROE), faz mais sentido a empresa reter esse capital e reinvestir no negócio do que distribuir aos acionistas.

O ROE é o indicador do lucro líquido em relação ao patrimônio líquido da empresa.

Por exemplo, se a empresa lucrou R$ 25 milhões em um determinado ano e o seu patrimônio líquido era de R$ 100 milhões, o ROE dessa empresa é de 25%.

Assim, ela estará financiando o seu crescimento futuro.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Warren Buffett e os dividendos

Na visão do acionista, é melhor deixar o dinheiro na empresa do que pegar esse lucro e não saber onde investir ou investir em algo que gere menos retorno.

Imagine que determinada empresa é capaz de gerar um retorno sobre capital próprio (ROE) na ordem de 30% ao ano.

Você gostaria que ela distribuísse os lucros em dividendos para depois você ter que reinvestir em outra empresa?

Ou que a empresa retivesse esse dinheiro, reinvestisse para continuar mantendo a taxa de retorno de 30% ao ano e você se beneficiar do poder dos juros compostos?

A verdade é que o recebimento de dividendos é capaz de manter um ótimo rendimento constante e permanente para os seus investimentos.

Apesar disso, eles reduzem os lucros retidos na empresa e podem prejudicar o crescimento futuro dos negócios.

Por isso, Warren Buffett costuma destacar:

Se o seu objetivo como investidor é obter o maior retorno possível sobre o investimento, então você deve ser cético em relação às empresas que pagam elevados dividendos.

Portanto, fique atento à sustentabilidade desses dividendos e se essa distribuição de lucros tão alta não é prejudicial para o crescimento do negócio.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Ações que pagam altos dividendos valem a pena?

Ter um payout alto não necessariamente é bom, assim como ter um payout baixo não é necessariamente ruim.

Eu recomendo que você sempre leve em conta seus objetivos com os investimentos.

Se você busca obter uma renda passiva, as empresas boas pagadoras de dividendos podem ser um bom negócio.

Porém, se você visa altos retornos sobre os seus investimentos é melhor buscar empresas que distribuem pouco dividendos e reinvestem massivamente no crescimento.

Se você resolver investir em empresas que pagam bons dividendos e possuem alto payout, fique atento à sustentabilidade destes dividendos.

Verifique também se a empresa apresenta um histórico crescente de pagamento.

E por fim, fique de olho para saber se a empresa está pagando esse dividendo porque não tem um melhor uso para o dinheiro ou se é apenas para agradar os acionistas.

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender melhor a dinâmica dos dividendos.

Para te ajudar a saber onde investir, baixe grátis o e-book “As 3 Melhores Ações Para Investir Hoje” e comece a rentabilizar seu patrimônio.