Identificar e corrigir os erros ao lidar com dinheiro é fundamental para melhorar sua situação financeira e prosperar.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O tema 'Finanças Pessoais' costuma causar mais dor de cabeça do que deveria nas pessoas.

O brasileiro comete muitos erros ao lidar com o dinheiro. Boa parte dessa dificuldade financeira vem do fato de que, no Brasil, a educação financeira é completamente ignorada.

Nas escolas ainda é muito raro e dentro de casa, são poucos os pais que se preocupam em transmitir os ensinamentos a respeito de como lidar com o dinheiro.

Educação financeira é algo que deveria ser ensinado desde cedo.

Assim, as pessoas não tentariam complicar algo que é fácil ou não cometeriam erros bobos simplesmente por não pensarem no futuro.

Seja por não terem disciplina ou por não saberem como lidar com as tentações de um mundo extremamente consumista que nos força a comprar coisas que não precisamos o tempo inteiro.

Mas esses são apenas alguns problemas.

Nesse post eu vou falar sobre o que eu considero os principais erros que cometemos quando o assunto é dinheiro.

São reflexões simples, que eu espero que você até já saiba e talvez domine muitas delas, mas que é sempre bom a gente lembrar.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

1- Gastar mais do que se ganha

Gastar mais do que ganha é um problema comum e muito sério.  Além da negativação, esse hábito compromete suas finanças não só atuais, como todo o futuro.

Eu conheço e imagino que você também conheça muitas pessoas que terminam todos os meses com a conta no vermelho.

Segundo pesquisa da CNC, 67% das famílias brasileiras possuem alguma dívida em aberto com bancos, cartão de crédito ou crediário. 

Não cometa o erro de considerar o limite oferecido pelo banco como parte de seu orçamento.

Ou se deixar levar pelo consumismo, parcelar muito as compras, não ter um planejamento financeiro definido.

A primeira coisa a se fazer quando se recebe o salário é remunerar a si próprio.

Isso não significa torrar a sua grana, mas investir em você.

Se hoje parece difícil, comece com 5% dos seus rendimentos e vá subindo mensalmente.

Esse desafio vai lhe motivar a superar a sua meta mês-a-mês.

2- Não ter uma reserva para a aposentadoria

Você sabia que apenas 1% dos aposentados conseguem manter seu padrão de vida na aposentadoria?

Dependendo da sua idade, pensar na aposentadoria parece algo distante, mas acredite, a hora de parar de trabalhar vai chegar e você vai precisar ter uma fonte de recursos para se sustentar.

Portanto, quanto antes começar a se preocupar com o foco na sua aposentadoria, mais fácil será economizar para ele e mais cedo terá a sua independência financeira.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

3- Viver eternamente em dívidas

Existem pessoas que já estão tão acostumadas a pagar juros que já os consideram parte do seu orçamento, pois vivem acumulando contas.

Há também aqueles que parecem que não vão sobreviver se não tiverem uma parcela para pagar, seja lá do que for, e parcelam as compras em duas vidas.

Brincadeiras à parte, você não pode deixar que as suas dívidas assumam o controle da sua vida.

Por isso, dê preferência para compras à vista e desenvolva o hábito de poupar antes, para então comprar sem precisar se atolar em dívidas e nem intermináveis financiamentos.

4- Não estipular um orçamento para os seus gastos de rotina

Um grande erro ao lidar com o dinheiro é não ter um planejamento financeiro e não saber quanto ganha e quanto gasta.

A disciplina é fundamental se você quer assumir as rédeas da sua relação com o dinheiro.

Para te ajudar, aconselho que você crie uma planilha e liste absolutamente todos os seus gastos.

No final dos primeiros 30 dias de controle você terá uma noção exata de quanto e no que está gastando.

Assim, poderá corrigir os excessos e otimizar gastos.

Se levar esse planejamento a sério, em poucos meses você vai conseguir poupar muito mais do que imagina.

5- Comprar coisas que não precisa

As compras por impulso podem gerar um estrago no orçamento.

Por isso, toda vez que sentir vontade de comprar algo, ao invés de seguir o impulso imediato, pare e se possível, vá para casa ou se desconecte, caso a compra seja online.

Espere pelo menos um dia, tenha uma boa noite de sono e, na manhã seguinte, pergunte a você mesmo:

  • "Eu posso pagar por isso, sem afetar o meu planejamento financeiro?"
  • "Eu realmente preciso disso? Porque eu quero comprar isso?"

Na maioria dos casos, esse período de reflexão é suficiente para retomar o controle emocional da situação e se dar conta de que o desejo de compra não passava de um impulso.

As tentações que nos cercam nesse mundo consumista são inúmeras, mas, acredite, você vai sobreviver se não tiver o último iPhone, por exemplo.

Ou aquela roupa de marca ou um carro novo na garagem todos os anos.

Acumule experiências, conhecimento e recursos, não coisas.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

6- Não ter uma reserva para emergências

A crise do Coronavírus serviu para mostrar a importância da reserva de emergência.

Separar uma quantia todos os meses para investimentos é primordial para quem busca independência financeira.

No entanto, antes disso é preciso ter uma reserva para despesas emergenciais.

Seja para um conserto inesperado no carro, uma despesa médica, demissão, ou qualquer outro problema que possa aparecer.

Quando você tem uma reserva dedicada a cobrir os imprevistos terá muito menos preocupações com dinheiro no dia-a-dia.

Isso vai fazer uma diferença brutal na sua jornada como investidor.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

7- Trocar de carro como quem troca de roupa

Eu fico surpreso com a frequência que as pessoas trocam de carro e que vivem com uma dívida eterna em financiamento.

Já parou para pensar no que poderia estar fazendo com o dinheiro que usou para trocar de carro sem necessidade?

A propaganda da indústria automobilística é campeã em criar sonhos e despertar desejos que muitas vezes, a gente nem sabia que tinha, então tome muito cuidado para não ser manipulado.

O grande investidor, Warren Buffett, mesmo tendo dinheiro para comprar qualquer carro, não costuma trocar de carro com frequência.

Ele tem um Cadillac XTS que custa US$ 44 mil.

Mais uma vez, vale a regra das 3 perguntas que eu falei na 5ª reflexão:

  • "Eu posso pagar por isso sem afetar o meu planejamento financeiro?"
  • "Eu realmente preciso disso?"
  • "Para que eu quero comprar isso?"

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

8- Investir apenas na poupança

Mesmo com o baixíssimo rendimento, boa parte dos brasileiros ainda comete o erro de deixar o dinheiro na poupança.

Os motivos vão desde preguiça de procurar informações sobre como e onde investir ao puro desconhecimento.

O fato é que muita gente inteligente acaba deixando seu dinheiro parado na caderneta de poupança.

Para quem não tem o hábito de guardar dinheiro, depositar uma quantia mensal na poupança por alguns meses pode ser uma forma de começar a criar uma mentalidade pró ativa em relação ao dinheiro.

Agora, se você já tem uma quantia um pouco maior ou já tem dinheiro a muitos anos nessa modalidade, está mais do que na hora de ir além e parar de investir na poupança.

Não sabe como começar nem onde investir?

Comece baixando o meu livro digital gratuito e aprenda “Como Investir Começando do Zero” e se tornar um investidor de sucesso.