O que é PEPS - Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair

PEPS - Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair é um método de gerenciamento de estoque em que o estoque produzido ou adquirido primeiro (mais antigo) é vendido primeiro, assumindo que o restante do estoque consiste em itens mais recentes. 

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Em inglês, a sigla se torna FIFO - First in, First out.

Devido à inflação, o preço de venda de uma mercadoria tende a crescer, mesmo que esta seja a mercadoria antiga do estoque, que passou a ter custo de compra menor para a empresa. Dessa forma, no método PEPS, a empresa garante uma margem de lucro maior.

Ao utilizar o método PEPS, a empresa também garante que seus estoques sejam coordenados de modo a diminuir o risco de perder mercadorias perecíveis com prazo de validade próximos, fato importante na gestão de mercados ou de e-commerces que vendem itens alimentícios.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Exemplo do método PEPS

O estoque tem seu custo atribuído à medida que os itens são preparados para a venda, ou seja, através da compra do estoque, dos custos de produção, da compra de materiais ou utilização de mão de obra.

Esse custo atribuído baseia-se na ordem em que o produto foi utilizado, e no método PEPS, é baseado na ordem de chegada do produto.

Num exemplo, supõe-se que 100 itens foram comprados pelo valor de R$25, e outros 50 itens ao valor de R$30. O depósito conta com 150 itens. Como o método PEPS prioriza a venda de itens adquiridos pela empresa primeiro, vende-se primeiro os 100 itens ao valor de R$25. 

As próximas vendas da empresa utilizariam os outros 50 itens, ao valor de R$30, independentemente de ter sido realizada nova compra de estoque ou não.

Utilizando o método PEPS 

Diferentemente da compra de Ações na bolsa de valores, que existem de modo virtual, um negócio que possui um estoque físico requer planejamento.

A fim de implementar o método PEPS de modo eficiente, é necessário:

  • Definir o limite de armazenagem;
  • Respeitar a sucessão dos itens no estoque.

Entrando em mais detalhes sobre o método PEPS na prática, é preciso delimitar o limite máximo de armazenagem disponível no estoque, ou seja, estabelecer um limite de espaço e também a priorização na fila das mercadorias.

Isso é necessário para que não haja compra de estoque maior que a capacidade física do estoque ou produção excessiva de mercadorias que posteriormente não terão local para serem estocadas.

Uma vez estabelecido o limite de armazenagem, as mercadorias devem entrar numa fila, e permanecer nela. A escala de prioridade para produtos há mais tempo no estoque deve ser mantida para que o fluxo seja contínuo e organizado.

Outros métodos de gerenciamento de estoque

O método PEPS é o método mais utilizado para o gerenciamento de estoques, e também o método mais preciso para alinhar o fluxo de custos esperados com o fluxo real de mercadorias, proporcionando às empresas uma imagem clara dos custos de estoque.

Contudo, não é o único método. O método inverso do PEPS é chamado UEPS - Último a entrar, Primeiro a sair (ou LIFO - Last in, First out), onde o último item adquirido é o primeiro a ser vendido. No Brasil, esse método não é utilizado.

Outro método é o do Custo Médio atribui o mesmo valor aos produtos do estoque, calculado dividindo a soma do custo do estoque pelo número de itens disponíveis para venda.

Por fim, existe o Rastreamento de Estoque Específico, utilizado apenas quando todos os componentes do produto são conhecidos.

Cada metodologia possui vantagens e desvantagens, podendo oferecer vieses únicos a respeito do custo do estoque, dependendo também do estoque estar localizado em uma economia inflacionária ou não, da economia de dinheiro e rapidez no atendimento ao cliente.