As férias de fim de ano estão chegando e é natural que você queira relaxar de alguma forma. Mas como economizar entre presentes de natal e viagens?

Para muita gente dezembro é sinônimo de férias e bons momentos com a família. O ruim é quando a falta de planejamento financeiro se torna um empecilho para aproveitar esse período de festas. 

Presentes de Natal e os gastos de fim de ano podem estourar o orçamento de qualquer poupador dedicado. 

Há também aqueles que usam essa época do ano (e seu décimo terceiro salário) como desculpas para gastar sem controle.

As festas de fim é o momento onde se comete muitos erros financeiros, mas a conta vem.

Para garantir que as férias sejam dias de tranquilidade e descanso sem estourar o orçamento do próximo ano, algumas dicas são fundamentais. 

Aqui estão 10 maneiras de cortar gastos e economizar nas férias sem acabar com a diversão.

1- Crie um orçamento de gastos

Antes de sair gastando com presentes, viagens, ceia e festa de ano novo, você precisa saber quanto pode gastar para não acumular dívidas para o próximo ano ou estragar suas finanças de todo o ano que passou. 

Programe-se fazendo uma lista de todas as pessoas a quem planeja dar presentes e decida quanto deseja gastar por pessoa.

Depois de estabelecer um orçamento realista para presentes, pense em quanto você precisará gastar em comida, decoração e entretenimento durante as férias. 

Saber o quanto terá de despesas e o quanto poderá gastar, te ajuda a economizar com antecedência e a mantê-lo atento durante o período de festas para não estourar o orçamento.

2- Compre aos poucos e com antecedência

Brasileiro gosta de deixar para comprar tudo em cima da hora durante as festas de fim de ano. Esse hábito, na maioria das vezes, significa pagar mais em alguns itens e também sobrecarregar o orçamento.

Para gastar menos, distribua suas compras ao longo dos meses. 

Faça um planejamento financeiro com antecedência e aproveite as promoções para comprar o que irá precisar para o final de ano. Dessa forma, não terá uma ressaca de crédito em janeiro.

3- Configure alertas de preços

Uma boa maneira de rastrear os preços para não perder uma promoção é se inscrever para receber alertas de ofertas. Existem vários sites e aplicativos que fazem isso, como o Zoom e o Buscapé, por exemplo.

Dessa forma, você aproveita o melhor momento para pagar mais barato pelos produtos que precisa comprar.

4- Estabeleça expectativas realistas

Seus filhos podem não entender ainda de finanças e da realidade financeira da família. Está tudo bem, desde que você os ajude a estabelecer expectativas razoáveis ​​para os presentes. 

Em vez de permitir que seus filhos bajulem cada novo brinquedo, ajude-os a criar uma lista de desejos de presentes estabelecendo um orçamento.

Saber que seus filhos não estão esperando os consoles mais recentes, um pônei ou outros presentes absurdamente caros vai aliviar um pouco a pressão que vem com as compras para seus entes queridos. 

Também ajuda seus filhos a entender que as férias não são necessariamente para conseguir os brinquedos mais legais que podem exibir na escola e sim, para aproveitar momentos de diversão em família.

Banner will be placed here

5- Defina um teto de gastos diário

Vai viajar? Passeios, restaurantes, brinquedos, doces, presentes, são diversos os gastos que podem aparecer durante as férias em família. Mas se você não prestar atenção, voltará para casa endividado.

Para evitar esta situação, defina um teto para os gastos diários. Isso ajuda a organizar o que você e sua família podem fazer a cada dia, sem correr o risco de estourar o orçamento. 

Dá para aproveitar muito bem as férias desde que se planeje para isso.

6- Escolha um destino que caiba no seu bolso

Na hora de escolher o destino para suas férias levem em consideração os recursos financeiros disponíveis.

É melhor optar por uma viagem de férias que caiba no seu bolso do que partir para o destino dos sonhos e voltar endividado.

Se você tem muita vontade de conhecer um lugar mais badalado, planeje-se com mais antecedência.

Talvez seja até uma atitude inteligente abdicar de uma viagem agora para fazer uma maior no futuro.

7- Viaje fora da alta temporada

No final do ano é a época em que a maioria das pessoas tira férias e vai viajar. Consequentemente, tudo fica mais caro.

Pode notar que nesses períodos você pagará mais por passagens, hospedagem, serviços e passeios.

Se você tem a opção de tirar suas férias em outra época, pode economizar muito fazendo a mesma coisa. Acredite, vale muito a pena evitar essas datas comemorativas.

É claro que isso pode ser complicado para alguns, especialmente para viagens com crianças que dependem dos recessos escolares. 

Entretanto, sempre que for possível, opte por viajar fora da alta temporada, que compreende os meses de dezembro, janeiro e julho.

8- Confira programações culturais gratuitas

Dá para economizar nas férias sem acabar com a diversão.

Esteja viajando ou permanecendo na sua cidade, certamente existem atividades gratuitas para fazer onde você está. 

Geralmente as prefeituras e algumas instituições culturais promovem eventos abertos ao público, principalmente na época de final de ano e de férias escolares.

Pesquise por atrações como peças de teatro, shows musicais, eventos esportivos.

Também é possível aproveitar os dias de folga para folga para visitar museus, parques, zoológicos e locais que possuem entradas com valores mais baratos, mas que garantem a diversão e a economia.

9- Faça atividades ao ar livre

Outra atividade gratuita e econômica que pode ser incluída na programação das férias em família sem moderação são os locais ao ar livre como parques, praias, banhos de piscina, piquenique, voltas de bicicleta.

Tirar as crianças da frente das telas e levá-las para brincar ao ar livre é diversão certa.

10- Diversão em casa

Não vai viajar? Isso não significa que não dê para economizar e se divertir nas férias em família.

Ao invés de ir ao cinema toda a semana, que tal fazer uma sessão na sua própria casa?

Escolha um bom filme, faça bastante pipoca e se divirtam de forma confortável e econômica.

Comer fora toda vez também pode comprometer o orçamento. Então, que tal comer coisas gostosas e diferentes em casa?

Envolva as crianças nas preparações das receitas, pode ser coisas simples, como pipoca, brigadeiro, cachorro quente.

Além de ser uma experiência divertida em família, é uma maneira simples de se entreter sem gastar muito com restaurante.

Essas são só algumas dicas para você economizar nas férias, seja em casa ou viajando.

Tomar boas decisões de acordo com seu planejamento financeiro pessoal é a única maneira de iniciar sua construção de riqueza.

Depois de colocar seu orçamento em ordem, está na hora de aprender a fazer seu dinheiro trabalhar para você.

Assim, mesmo nas suas férias, seu dinheiro estará gerando renda passiva para você aproveitar mais seus momentos de descanso.

Aproveite seu tempo livre para aprender a investir melhor seu dinheiro. Baixe grátis o livro digital Como Investir começando do zero e veja os passos para conquistar todos os seus objetivos financeiros.