O que é Taxa de Administração Máxima?

Quando o investidor opta por investir em um fundo de investimentos, um dos custos em que este fundo pode incorrer refere-se à taxa de administração máxima

Essa taxa é muito importante no mundo dos investimentos, contudo, ela não é tão conhecida, como a taxa administrativa padrão de um fundo e, devemos ressaltar, que ambas são divergentes.

Tendo em vista que a taxa de administração máxima não é semelhante à taxa de administração (padrão), devemos fazer, para melhor compreensão, uma breve análise sobre o que é taxa de administração padrão.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Após uma breve explanação sobre a taxa de administração (padrão), apresentaremos como funciona, qual a importância e se vale a pena investir em fundo com taxa de administração máxima.

O que é a Taxa de Administração?

A taxa de administração pode ser considerada a mais conhecida pelos investidores e representa uma maneira de remunerar os gestores, administradores, e demais instituições pela gestão do portfólio do fundo.

Portanto, essa taxa nada mais é do que o valor pago pelos cotistas aos prestadores de serviços do fundo.

Os valores da taxa administrativa são divulgados anualmente, contudo, sua cobrança é feita mensalmente (ao final do mês).

Com relação às taxas de administração, no mercado financeiro, tendo em vista os produtos que a cobram, especifica-se claramente a sua existência. Existem, inclusive, algumas estratégias de descontos referentes ao seu valor.

O grande problema a ser apontado é que, independente do resultado apresentado pelo fundo, sendo ele positivo ou negativo, o investidor terá que arcar com o valor da taxa administrativa.

Portanto, o pagamento da taxa independe do resultado das aplicações.

Além disso, é importante ressaltar que, no Brasil, todos os fundos têm a obrigatoriedade de, ao divulgar os resultados, apresentá-los já com o desconto da taxa administrativa inserida.

Sendo assim, ao analisar o rendimento de determinado fundo, é importante saber que tal rendimento se deu em termos líquidos de custos.

A taxa administrativa, como consta na Instrução CVM 555/2014, refere-se ao valor pelo qual é remunerado o administrador do fundo.

Funcionamento da Taxa de Administração Máxima

Ao optar por um fundo de investimentos, o investidor está terceirizando a tomada de decisão, ou seja, a tomada de decisão fica sob poder do gestor.

Portanto, quando o fundo de investimento de determinado investidor realiza um aporte em outro fundo de investimentos, esse outro fundo também possui sua taxa de administração, sendo necessário efetuar o pagamento dessa taxa.

Ou seja, o investidor pode estar exposto a pagar maiores taxas, do que apenas as que são cobradas pelo fundo de investimentos que ele escolheu.

É a partir deste ponto que se torna importante a taxa de administração máxima, pois ela tem a função de informar o investidor à taxa máxima que será cobrada sobre o capital investido.

Importância da Taxa de Administração Máxima

Essa taxa tem muita importância, pois fornece ao investidor a transparência necessária para que este tenha o conhecimento de todos os custos envolvidos em seu investimento.

É importante ressaltar sua importância, pois quanto mais taxas envolvidas, mais elevado é o custo de capital de determinada operação financeira.

Portanto, neste caso, o investidor tem a oportunidade de compreender qual o máximo que seu capital pode ser exposto às taxas de administração.

Vale a pena investir em um fundo com esse tipo de taxa?

Os investidores possuem uma predisposição em dar uma conotação negativa para as taxas, contudo, elas deveriam ser vistas por outra perspectiva.

O investidor deve entender que as taxas são meios de remunerar os profissionais capacitados e que buscam a melhor rentabilidade para seu capital.

A mesma lógica é tida para a taxa administrativa máxima, contudo, ela é responsável por possuir um maior controle dos custos contidos nas operações financeiras.

Uma boa maneira de analisar o valor da taxa administrativa máxima é por meio da comparação com a própria taxa administrativa do fundo.

Neste caso, se a taxa administrativa máxima foi muito acima, refere-se a um indicativo de excesso de taxa.

Outra maneira de fazer essa avaliação é por meio da comparação com outros ativos da mesma categoria.