Resumo da Semana: GPAR3 dispara, LIGT3 cai mais de 14%
| ,

Resumo da Semana: DASA3 dispara, GPAR3 cai mais de 29%

Companhia Celgpar (GPAR3) dominou maiores altas da semana de 17/01, enquanto Light S.A. (LIGT3) ficou no topo das maiores baixas.

Por
Atualizado em 30/01/2021

Dasa (DASA3) dominou maiores altas da semana de 24/01, enquanto Companhia Celgpar (GPAR3) ficou no topo das maiores baixas.

A equipe TheCap toda semana realiza uma análise dos principais eventos e das maiores altas e baixas da bolsa de valores.

Na última semana, o destaque nas maiores altas foram as ações da Dasa (DASA3) e, nas maiores baixas, da Companhia Celgpar (GPAR3).

Foram consideradas as ações mais negociadas na bolsa e com relevância no índice. Para isso, foram selecionadas empresas com valor de mercado acima de R$ 500M e volume médio negociado acima de R$ 100 mil.

Dentre as 258 ações que entraram na lista, 94 tiveram variação positiva, 162 tiveram variação negativa e 2 não tiveram variação nesta semana.

Veja a análise completa da semana de 24/01 a 30/01.

Quais as Melhores Small Caps de 2021? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com a Melhor Small Cap.

Principais Eventos

No cenário internacional, presidente norte-americano, Joe Biden, deu entrevista na segunda-feira (25/01) para explicar o projeto “Buy American”.

No cenário econômico, foi divulgado o indicador IGP-M, na quinta-feira (28/01), com inflação de +2,58% em janeiro.

No cenário político, ministro do STF, Ricardo Lewandowski, autorizou na segunda-feira (25/01) abertura de inquérito contra ministro da saúde, Eduardo Pazuello.

Quais as Melhores Small Caps de 2021? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com a Melhor Small Cap.

Maiores Altas Bovespa

Entre as ações que tiveram maior alta da bolsa de valores, com valorização acima de 7%, aparecem 8 empresas dos setores industrial, varejista de material de construção, entre outros.

Foi o setor de saúde que tomou o topo da lista, com as ações da Dasa (DASA3). Veja o top 5 da semana.

TickerEmpresaVariação
DASA3Dasa ON+34,38%
CRIV3Alfa Financ ON+16,59%
CIEL3CIELO ON+13,85%
ENGI3Energisa ON+12,83%
BRDT3Petrobras BR ON+11,29%

Fonte: GuiaInvest

Dasa (DASA3) começou a semana em R$ 155,01 e apresentou fortes oscilações, com uma tendência geral para queda até o final da terça-feira, chegando a R$ 135,00. Em seguida, mostrou forte valorização de quarta a quinta-feira, com pico de R$ 196,63, antes de estabilizar, fechando a semana em R$ 172,00.

A empresa informou na quinta-feira (28/01) que estava escolhendo bancos para coordenar possível oferta de ações.

Cielo (CIEL3) divulgou na quarta-feira (27/01) lucro líquido do 4T20, que totalizou R$ 298,2 milhões, representando um aumento de +34,7% sobre o 4T19 e de +197% sobre o 3T20.

Energisa (ENGI3) começou a semana em R$ 15,36 apresentando tendência de alta, que se manteve até sexta-feira, fechando em R$ 17,33.

BR Distribuidora (BRDT3) iniciou a semana em R$ 23,00 e apresentou fortes oscilações, com uma tendência geral de valorização entre quarta e quinta-feira, fechando a sexta-feira em R$ 23,26.

Banner will be placed here

Maiores Baixas Bovespa

Entre as ações que tiveram maior baixa da bolsa de valores, com desvalorização acima de 8%, aparecem 15 empresas dos setores de siderurgia, bancário, entre outros.

A empresa cujas ações mais desvalorizaram no período foi a Celgpar (GPAR3), do setor industrial. Veja o top 5 da semana.

TickerEmpresaDesvalorização
GPAR3Celgpar ON-29,16%
BOAS3Boa Vista ON-15,17%
DOHL3Dohler ON-14,67%
BRAP3Bradespar ON-12,07%
BRAP4Bradespar PN-11,80%

Fonte: GuiaInvest

Celgpar (GPAR3) começou a semana em R$ 85,00 com tendência de valorização até terça-feira, com pico de R$ 92,00. Em seguida, as ações da empresa reverteram para forte desvalorização, fechando a sexta-feira em R$ 70,84.

A empresa agendeu uma assembleia para 11 de fevereiro, para deliberar sobre venda de participação na Celg GT, elétrica que tem ativo de geração e transmissão.

Boa Vista (BOAS3) começou a semana em R$ 11,22 com tendência de queda. A partir do começo da quarta-feira, apresentou desvalorização mais acentuada, chegando a R$ 9,61. Em seguida houve um movimento de oscilação, fechando a sexta-feira em R$ 9,51.

Bradespar (BRAP3) informou na quarta-feira, 27/01, que decisão judicial determinou que a empresa deverá pagar o valor de R$ 1,4 bilhão de indenização à Litel, em litígio envolvendo à Elétron S.A.

Esse foi o resumo da semana. No próximo sábado, tem mais!

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE