A Rede D'Or São Luiz propõe aos acionistas que decidam em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) sobre a possível oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da empresa na B3, e também sobre reformulações em seu estatuto social para que ele passe a atender aos requisitos do Novo Mercado, segmento de maiores exigências corporativas da Bolsa, no qual a companhia pretende pedir listagem.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O encontro será realizado em 9 de outubro. Dentro das etapas necessárias para a listagem, a empresa do setor de saúde propõe aos acionistas a conversão de categoria B para categoria A em seu registro de emissor junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Os acionistas deliberarão, em seguida, a respeito da proposta de pedido de IPO da empresa.

Com relação ao estatuto social, seriam alteradas as competências da Assembleia Geral de acionistas, assim como o número de membros que poderão compor seu Conselho de Administração.

Haveria ainda alterações como a do prazo dos mandatos dos conselheiros.

Em agosto, após notícias na imprensa nacional de que a Rede D'Or preparava um IPO de até R$ 15 bilhões, a companhia afirmou que avaliava alternativas de captação de recursos, sem especificar quais.

A proposta para a AGE de outubro publicada hoje não revela possíveis valores a serem captados.

Fonte: Estadão Conteúdo.