O que é PNAD

PNAD é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, uma pesquisa realizada a nível nacional pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com o intuito de investigar características gerais da população, educação, trabalho, rendimento e habitação.

A PNAD teve início em 1967 e, a partir de 1971, foi realizada anualmente até 2016, quando foi encerrada, com uma breve interrupção entre 1974 e 1975 e em 1994. Durante o período de sua realização, ocorreram atualizações na metodologia aplicada e nos aspectos pesquisados.

A partir de 2016, a PNAD foi substituída pela PNAD Contínua, de periodicidade trimestral. Os resultados da pesquisa realizada pela PNAD até 2016 auxiliaram na formulação, validação e aprovação de políticas de desenvolvimento socioeconômico para a população brasileira.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Funcionamento da PNAD 

Por ser uma pesquisa de grande abrangência, envolvendo resultados para o Brasil, as Grandes Regiões, os estados e também algumas regiões metropolitanas e também diversas questões, a PNAD conseguia extrair indicadores necessários para elaboração de diversas políticas.

Nesse sentido, a PNAD conseguiu registros de desemprego, baseando-se na taxa de população desocupada (PD) e na taxa de população economicamente ativa (PEA).

No caso da pesquisa do desemprego, a coleta dessas informações era realizada semanalmente por funcionários do IBGE nos domicílios de todo o território nacional, levando em consideração o tamanho da amostra ideal para que os resultados fossem relevantes.

A PNAD aplica o conceito de amostragem por domicílio para obter os indicadores desejados. O IBGE determina através de diversos cálculos o tamanho da amostra para que não seja necessário a aplicação em todos os domicílios brasileiros. 

A coleta da amostragem varia conforme a pesquisa. Para as pesquisas envolvendo trabalho e rendimento, somente pessoas acima de 14 anos são consultadas.

Para pesquisas envolvendo migração e educação, todas as pessoas são consultadas. Enquanto nas pesquisas de fecundidade, apenas mulheres acima de 10 anos são consultadas.

Dessa forma, os indicadores são representações estatísticas de informações da população brasileira. A utilização dessa técnica resulta num cenário que representa a população como um todo.

Importância da PNAD 

Os indicadores obtidos através da PNAD, e depois através da PNAD Contínua, auxiliam o Governo na tomada de decisões macroeconômicas (como a definição da taxa de juros Selic) que vão ser aplicadas através de políticas socioeconômicas

Além de investigar aspectos mais gerais da população citados anteriormente, a PNAD também investiga conceitos mais variáveis, como migração, fecundidade, saúde e nutrição, por exemplo.

O objetivo não é apenas obter indicadores socioeconômicos, mas também apresentar o andamento da economia no curto, médio e longo prazo (através de indicadores como IPCA e IGP-M)

O país não conta apenas com o PNAD do IBGE para obter informações relevantes sobre o funcionamento do país. O Ministério do Trabalho, por exemplo, obtém informações sobre o nível de emprego, e o Ministério da Educação informações relativas à educação.

A PNAD, contudo, por ser realizada em diferentes localidades, consegue realizar comparações entre Grandes Regiões ou entre Regiões Metropolitanas para uma análise mais completa e conjuntural.

PNAD Contínua

A PNAD Contínua foi iniciada em 2016 como uma espécie de PNAD atualizada. Nela, a metodologia foi melhorada, a periodicidade alterada e os objetivos se concentraram em indicadores relativos ao trabalho.

Assim, a PNAD Contínua tem o propósito de analisar indicadores no curto prazo através da prospecção de informações mensal ou trimestralmente, resultando em indicadores mensais e trimestrais, e a formulação de uma PNAD Contínua anual.

O tema mais concentrado em torno do trabalho mostra evolução na força de trabalho, o desemprego, emprego informal, população economicamente ativa e até sobre trabalho infantil.

Contudo, dada essa ênfase nos temas relacionados ao trabalho, um ponto negativo da PNAD Contínua é o fato de não trazer informações tão abrangentes se comparada com a PNAD original.