O que é Partnership

Partnership é um modelo de negócios estabelecido por diversas empresas, em que os melhores funcionários podem se tornar sócios delas.

Dessa forma, o termo em inglês “partnership” pode ser traduzido literalmente em português como “parceria”. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Origem do Partnership

O Partnership foi inicialmente utilizado por empresas estadunidenses, como o Goldman Sachs e foi trazido para o Brasil pelo empresário Jorge Paulo Lemann.

A primeira empresa a utilizar o modelo no Brasil foi o Banco Garantia, adquirida por ele em 1971 com um grupo de sócios.

Atualmente, o Partnership faz parte da cultura de diversas startups e empresas no Brasil e no mundo. Entre elas, estão a Ambev e a XP Investimentos.

Características do Partnership

O modelo de Partnership se caracteriza por trazer uma estrutura organizacional mais horizontal

Isso significa que oferece oportunidades de crescimento para todos de acordo com o nível de engajamento e resultados trazidos.

Mais do que uma estratégia de retenção de talentos, esse modelo está muitas vezes ligado à cultura organizacional de uma determinada empresa.

No geral, está associado ao discurso meritocrático e eficiência operacional, bem como à valorização do empreendedorismo

A meritocracia prevê que os funcionários com bom desempenho, ou que entregam resultados acima do esperado, sejam recompensados.

Dessa forma, estimula entre seus funcionários a mentalidade de que eles podem ser donos do negócio, podendo participar inclusive do processo de tomada de decisões importantes para a empresa.

Como funciona o Partnership

O Partnership possibilita que os funcionários de uma determinada empresa deixem esse posto para se tornarem sócios dela.

Na medida em que esses funcionários se destacam e tornam importantes para seu crescimento, eles são convidados a se tornarem sócios

Isso significa que é possível ingressar em uma empresa na função de trainee e, dependendo dos resultados obtidos ao longo da carreira, se tornar um CEO no futuro.

Além da possibilidade de crescimento, um exemplo concreto do que esse modelo pode oferecer é uma participação acionária

A participação acionária pode funcionar da seguinte forma: parte da remuneração do colaborador é feita com base em ações e dividendos da empresa. 

Assim, pode incentivar o colaborador a trazer mais resultados para a empresa e desestimula sua saída antes de receber integralmente sua participação. 

Essa forma de remuneração é uma boa ferramenta de alinhamento de interesses, onde há um estímulo adicional para aumentar o valor da empresa, em que o colaborador também desfruta dos ganhos.

Vantagens do Partnership

O modelo Partnership pode oferecer uma série de vantagens para as empresas.

Entre as vantagens oferecidas por esse modelo, estão:

  • Maiores níveis de engajamento; 
  • Possibilidade de crescimento;
  • Cultura corporativa sólida.

Assim, com a possibilidade de se tornarem sócios, as chances de que os funcionários continuem na empresa por se sentirem valorizados e entregando cada vez mais resultados é maior.

Outra vantagem do Partnership é evitar que os sócios majoritários tenham mais dinheiro e acabam perdendo o foco na gestão da empresa.

Na medida que o colaborador cresce, seu salário tende a ser proporcionalmente menor em relação ao mercado, pois ele recebe cada vez mais com base nos resultados da empresa.

Além disso, mantém um clima de austeridade dentro da empresa, controlando gastos e alocando recursos de forma mais eficiente.

Como usar o Partnership

O Partnership é indicado principalmente para empresas de grande porte e com capital aberto.

Cabe ressaltar que o primeiro passo para implementar um modelo de Partnership é ter um modelo sólido.

É fundamental deixar bem claro quais são as regras do jogo. Isso significa que o plano de ascensão deve ser objetivo e transparente tanto para colaboradores quanto acionistas, por exemplo.

Dessa forma, o funcionário pode ter em mente quais são os esforços necessários e mais importantes para subir na empresa e se tornar sócio dela.