Munehisa Homma, o Criador do Gráfico de Candlestick
|

Munehisa Homma, o Criador do Gráfico de Candlestick

Descubra como um comerciante de arroz deu origem a uma das técnicas de análise gráfica de ativos mais utilizadas até hoje.

Por
Atualizado em 05/02/2021

O gráfico de vela, ou “candlestick” usado por traders do mundo inteiro para antecipar movimentos de preços de um ativo foi criado pelo comerciante samurai Munehisa Homma ainda no século XVIII.

O contexto que esse popular instrumento de análise foi criado é totalmente diferente da bolsa de valores que temos hoje.

Ele foi originalmente usado pelo comerciante de arroz, Munehisa Homma, como uma ferramenta de análise de contratos futuros de arroz. Não de ações.

Em meados de 1700, praticamente toda riqueza do Japão girava em torno da produção de arroz.

Fazendeiros de todo o país enviavam suas mercadorias para as “bolsas de arroz de Osaka”. Em troca, recebiam cupons que representavam os valores das sacas.

Estes poderiam ser negociados e sua posse dava o direito de ir até o armazém e retirar a mercadoria ou, de renegociá-lo na bolsa de arroz, formando um dos primeiros mercados futuros do mundo.

Apenas na bolsa de arroz de Dojima (Dojima Rice Exchange) operavam diariamente cerca de 1.300 traders de arroz.

Um deles era Munehisa Homma e sua técnica com os candlesticks.

Atualmente, grande parte dos traders que atuam pelas bolsas de valores e de mercadorias do mundo o utilizam em sua análise técnica.

Conheça a trajetória de um dos comerciantes mais incríveis da história e da criação dos gráficos de velas e seu entendimento da psicologia do mercado.

Quem foi Munehisa Homma

Munehisa Homma era um trader e comerciante de arroz japonês que negociava no mercado de arroz Dojima, em Osaka, no Japão, no século XVIII.

É considerado o pai da representação gráfica dos preços, conhecida como candlestick e até hoje utilizada na análise técnica de ações.

Munehisa Homma não via necessidade de estar presente em Osaka para negociar os contratos de arroz.

Ele preferia permanecer em Sakata, cidade onde vivia, e enviar as suas ordens de compra e venda através de mensageiros.

Para estabelecer o valor de suas ordens, Munehisa utilizava apenas quatro informações básicas sobre o movimento do dia anterior nas bolsas de Osaka:

  • O valor do primeiro e do último negócio do dia;
  • Os preços máximo e mínimo pagos pelos cupons de arroz.

Com essas informações, desenhava um retângulo vertical, parecido com uma vela que, em conjunto, com os formatos dos dias anteriores, formavam um histórico dos preços negociados.  

Com o tempo, ele percebeu que, dependendo da combinação dos formatos das velas, os preços futuros se comportavam de maneiras previsíveis.

Segundo relatos, Munehisa Homma obteve sucesso em 100 trades seguidos usando esse método, ganhando o equivalente a US$ 10 bilhões nos dias de hoje.

Com sua técnica reconhecida pelos outros traders, foi contratado como consultor financeiro do governo japonês, que lhe concedeu também o título de Samurai. 

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Vida e carreira

Munehisa Homma viveu de 1724 a 1803. Nasceu em uma família rica e assumiu o controle financeiro da família aos vinte e seis anos, apesar de ser o filho mais novo. 

Ele começou a fazer negócios no mercado local de Sakata, onde morava.

Quando seu pai morreu, Homma mudou-se para a cidade de Osaka, onde todos os mercadores mais poderosos traders de arroz registraram grandes ganhos. Lá começou a frequentar o Dojima Rice Exchange.

Depois de um tempo retornou para Sakata. Para permanecer negociando em Osaka sem precisar se deslocar até lá criou uma técnica gráfica, atualmente conhecida como candlestick.

Em 1755, lançou o primeiro livro sobre psicologia do mercado: “The Fountain of Gold”, traduzido para o português como “Os Três Macacos Sábios”.

Sua vitoriosa técnica se espalhou pelo mundo e chegou ao ocidente na década de 1980, pelo famoso trader americano Steve Nison. 

A história dos gráficos de candlestick

Para definir o valor das ordens de compra e venda de sacas de arroz, Munehisa baseava-se apenas em quatro informações dos preços dos contratos de arroz no dia anterior nas bolsas de Osaka:

  • Preço de abertura;
  • Preço de fechamento;
  • Preço máximo;
  • Preço mínimo.

Com esses dados, desenhava diariamente, um retângulo vertical, semelhante ao formato de uma vela, por isso o nome de candle.

Representação do desenho de Munehisa

Em conjunto com as figuras desenhadas nos dias anteriores, formavam um gráfico do movimento histórico dos preços negociados nas bolsas de arroz.

Com o tempo, Munehisa Homma percebeu que, dependendo do formato da “vela” que desenhava, os preços dos cupons se movimentavam de determinada maneira.

Também notou que a combinação de dois ou mais tipos de candles determinava a direção que o gráfico e, consequentemente, como o preço dos contratos de arroz iriam seguir.

Em pouco tempo, os Gráficos de Sakata (Sakata Charts), como eram conhecidos originalmente, tornaram-se populares entre os traders das bolsas de arroz de Osaka.

Mais tarde foram aprimorados por outros traders e difundidos pelo mundo.

Após 200 anos restrito ao Oriente, esta forma de representação gráfica do movimento dos preços dos ativos foi trazida ao ocidente por Steven Nison, operador do mercado de ações de Nova Iorque, no início da década de 1980.

Modelo gráfico Candlestick

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Os Três Macacos Sábios e a psicologia do mercado

Munehisa Homma foi também o primeiro negociante a perceber que, ao rastrear a movimentação do preço em um mercado, ele poderia realmente “ver” o comportamento psicológico de outros participantes do mercado e fazer uso dele. 

Em 1755, ele escreveu “The Fountain of Gold – The Three Monkey Record of Money”, traduzido como “Os Três Macacos Sábios”, o primeiro livro sobre psicologia de mercado.

Nessa publicação, ele afirma que o aspecto psicológico do mercado é fundamental para o sucesso e que as emoções dos comerciantes exercem influência significativa sobre os preços dos ativos.

Ele observa que, ao reconhecer isso, pode ser usado para se posicionar contra o mercado, pois quando todos estão em baixa, há motivo para os preços subirem (e vice-versa).

Ele descreve a rotação de Yang (mercado em alta) e Yin (mercado em baixa) e afirma que dentro de cada tipo de mercado existe uma instância do outro tipo. 

Ou seja, após uma grande corrida para cima ou para baixo em um mercado, pode dar origem a um grande movimento na direção oposta. 

Conclusão

Munehisa Homma muitas vezes é descrito como “o deus do mercado” pelos traders.

Ele foi o primeiro operador a ser capaz de identificar pontos de entrada e saída por meio de padrões de preços

Até hoje, esse método é utilizado por traders nas bolsas de valores em todo o mundo.

Muitos de seus ensinamentos estão resumidos no livro “The Candle Stick Trading Bible” uma espécie de guia para interpretar candlesticks. 

Segredo da Riqueza

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE