O que é Marcação a Mercado

Marcação a mercado é um conceito que representa a atualização constante do preço de um ativo disponível para compra ou venda, seja ele da renda fixa ou cota dos fundos de investimento.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Desse modo, ele busca registrar as variações de preços dos ativos, que normalmente ocorrem diariamente, de modo a exibir a oscilação de valores ao longo do tempo. 

Assim, ele demonstrará para o investidor quanto ele ganharia ou perderia se vendesse o título ou a cota no momento exato de visualização. 

Com isso, constata-se que ele é um importante indicador para pessoas interessadas em realizar investimentos, já que demonstra todo o desempenho das aplicações. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Importância da Marcação a Mercado 

O objetivo principal da Marcação a Mercado é guiar a tomada de decisão do investidor perante as oscilações apresentadas por um ativo ao longo do tempo, seja para investir ou para retirar seus investimentos. 

Nesse sentido, sua importância se dá devido à capacidade de possibilitar a construção de projeções futuras acerca do comportamento do ativo, garantindo uma identificação de tendências de comportamento dos preços.

Desse modo, os investidores ganham mais segurança ao entender o desempenho dos bens, de modo a resgatar o investimento no momento mais propício e também investir em ativos prósperos

Além disso, a Marcação de Mercado é muito importante para investidores que possuem cotas de fundos de investimentos, pois garante que as distribuições realizadas sejam as mais justas o possível para os cotistas. 

Isso porque possibilita que os lucros e prejuízos apresentados sejam arranjados para quem de fato fazia parte das cotas do fundo quando a valorização ou desvalorização dos mesmos ocorreu. 

Variação da Marcação a Mercado

A marcação a mercado é um resultado de diversas operações financeiras realizadas no período em questão. 

Por isso, é sempre importante pensar nas variáveis que influenciam diretamente a alteração do valor dos ativos de uma carteira para entendermos a variação da marcação a mercado. 

Por exemplo, podemos apontar a importância da Lei da Oferta e Demanda para a definição de preços dos ativos e, consequentemente, para a marcação a mercado. 

Isso porque quanto maior a procura por ativos, maior será o preço apresentado por eles. E o contrário também se constata: quanto menor a demanda, menor o valor apresentado. E conforme esse valor varia, a marcação a mercado também apresenta mudança. 

Porém, fatores externos e internos da economia para além da Lei da Oferta e Demanda também são responsáveis por afetar a variação dos preços. 

Por exemplo, situações de vulnerabilidade econômica, como a pandemia do Covid-19, fazem com que muitos investidores liquidem seus ativos e retenham o capital investido, de modo a correrem menos risco com seus investimentos. 

Isso gera uma desvalorização dos ativos, visto que muitos investidores seguem essa tendência de desconfiança e busca por maior segurança, gerando o conhecido como “efeito manada”.

Marcação a Mercado e Marcação na curva

Uma importante distinção quando se trata de marcação de ativos é entre a Marcação a Mercado e a Marcação na curva. 

Conhecida como marcação a juros, a marcação na curva também é responsável por descrever a variação de preços dos ativos, mas de acordo com as taxas de juros apresentadas no dia anterior. 

E justamente aí reside a diferença entre ambas: enquanto a marcação a mercado considera o preço do ativo para determinar sua variação, a marcação na curva usa os juros praticados como forma de correção do valor

Entretanto, essa forma de avaliação possui diversas ressalvas, uma vez que o preço do título pode nem sempre representar seu valor real e os investidores podem acabar por, muitas vezes, sair em prejuízo

Pensando nisso, em 2002 o Banco Central no Brasil tornou a marcação a mercado obrigatória para todos fundos de investimentos no país. 

Atualmente é necessária autorização especial para empresas gestoras que optam por operar com marcação na curva. 

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o que é Marcação a Mercado, consulte o artigo completo sobre Marcação a Mercado.