O que é Lucro por Ação

Lucro por Ação é um indicador utilizado no mercado financeiro que possui como base a Análise Fundamentalista. O seu objetivo é avaliar da melhor maneira as ações de uma companhia.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Um de seus objetivos é encontrar empresas que já estejam fortalecidas no mercado e possuam um bom desempenho.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Cálculo do Lucro por Ação

O Lucro por Ação é uma ferramenta de análise que é calculada de maneira muito fácil entre os fundamentalistas.

Para encontrá-lo é muito simples, basta dividir o lucro líquido de uma empresa pelas ações existentes no mercado.

Em suma, o cálculo do LPA fica da seguinte forma:

  • LPA = Lucro Líquido / Quantidade de ações.

Outrossim, para que o investidor consiga encontrar essas informações deve se utilizar de relatório contábeis.

Os dados desses relatórios podem ser encontrados por meio do Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE) e o Balanço Patrimonial.

Vale frisar que pelo fato de usar o lucro líquido na fórmula, o LPA por si só indica se a empresa é lucrativa ou não.

Importância do Lucro por Ação

Agora que foi possível definir o que é o LPA e como é feito seu cálculo, podemos descrever qual é a sua utilidade no mercado financeiro.

Em relação ao seu uso, é importante frisar que o LPA não visa somente o lucro do negócio, apesar de ser algo extremamente importante.

O principal ponto que vale ser destacado em relação ao Lucro por Ação são os fatores que podem influenciar o resultado de um exercício, inclusive no que se refere às ações emitidas.

Vale ressaltar que o Lucro por Ação permite que o analista no processo defina qual parcela do lucro líquido pertence ao referido papel emitido.

Além do mais, o LPA é uma ferramenta extremamente relevante no que se concerne ao cálculo de indicadores considerados como relevantes dentro da Análise Fundamentalista.

Limitação do Lucro por Ação

O LPA é um excelente indicador para ser usado no âmbito financeiro, porém nunca deve ser utilizado de maneira individualizada para tomadas de decisão.

Outrossim, esta é uma recomendação geral no que se refere aos índices do mercado, pois devem ser utilizados em conjunto com outras informações do investidor.

Pois não há, afinal, um cenário perfeito em que o empreendedor considere como o ideal para o momento de compra do consumidor.

Apesar disso, é sempre importante qualificar o meio que a empresa utilizou para chegar ao lucro, e definir se ele é sustentável a longo prazo.

No que se refere a períodos longos, é necessário utilizar o Lucro por Ação de maneira histórica, considerando o seu comportamento em um período específico.

Dessa maneira, é possível definir se ele está acima ou abaixo da média.

Vale destacar que o LPA consegue comparar empresas de um mesmo segmento, pois cada setor traz consigo uma realidade diferente das outras.

Além disso, não faz sentido algum analisar o LPA de alguma companhia e usá-lo em relação à alguma outra que possua uma margem menor ou maior de lucro.

Pois as comparações devem ser empregadas de maneira totalmente correta, e não aleatória.

Análise do Lucro por Ação

É possível definir se o LPA é viável nas seguintes condições:

  • Comparação do LPA com S/As semelhantes;
  • Análise da remuneração obtida historicamente pela empresa para observar se ela já pagou mais ou menos;
  • Análise das suas próprias expectativas como empreendedor: o pagamento realizado está dentro do esperado pela exposição ao risco e custos que se referem aos investimentos?

Após observar todas as questões acima, é possível o investidor analisar se a ação é realmente interessante para ele.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o que é Lucro por Ação, consulte o artigo completo sobre Lucro por Ação.