Jeff Bezos: O Homem Mais Rico do Mundo
|

Jeff Bezos: O Homem Mais Rico do Mundo

Conheça a história do bilionário fundador da Amazon.

Por
Atualizado em 26/10/2020

Jeff Bezos transformou sua pequena loja na garagem de sua casa em uma gigante do mercado de tecnologia, se tornando o homem mais rico do mundo.

O visionário criador da Amazon sempre teve o plano de ser grande. Para isso, desenvolveu uma cultura corporativa de ambição e alta análise e interpretação de dados.

Dono da empresa responsável por mais de 50% das compras online dos Estados Unidos, a  Amazon (AMZO34) esteve no centro das atenções em meio à pandemia.

A gigante do comércio eletrônico contratou mais de 100 mil funcionários em período integral e parcial para ajudar a atender à crescente demanda dos consumidores.

Com isso, Bezos aumentou ainda mais sua fortuna.

Pelo terceiro ano consecutivo, Jeff Bezos lidera o ranking da revista Forbes dos maiores bilionários do mundo com patrimônio de cerca de US$ 200 bilhões.

Conheça a biografia do dono da Amazon e da empresa aeroespacial Blue Origin, o homem mais rico do planeta: Jeff Bezos.

Quem é Jeff Bezos?

Jeffrey Preston Bezos é fundador, presidente e CEO da Amazon, multinacional de tecnologia norte-americana.

Bezos fundou a empresas de comércio eletrônico quando tinha 30 anos, na garagem da casa onde vivia em Seattle. 

O que começou como uma livraria online, logo abriu seu portfólio para mais produtos e outros vendedores.

Seu surpreendente crescimento possibilitou o plano inicial de ser uma gigante de tecnologia.

Hoje, a Amazon está por trás de mais de 50% das compras online nos EUA.

Atualmente Bezos possui uma participação de 11,1% na empresa, além de ser dono da empresa aeroespacial Blue Origin.

Jeff Bezos foi eleito pela revista Forbes pela terceira vez consecutiva o homem mais rico do mundo.

Banner will be placed here

Vida e carreira

Jeff Bezos nasceu em Albuquerque, no Novo México, sudoeste dos Estados Unidos.

Sua mãe, Jacklyn Jorgensen, tinha apenas 18 anos e ainda estava no ensino médio quando deu à luz a Jeff.

O casamento de sua mãe com seu pai, Ted Jorgensen, durou um pouco mais de um ano. Desde então, não teve mais contato com o pai.

Quando Jeff estava com quatro anos, sua mãe se casou com o imigrante cubano Miguel Bezos.

Mike, como é conhecido, adotou Jeff, que teve seu sobrenome mudado para Bezos, em abril de 1968.

Na infância de Bezos, sua família se mudou para Houston e nas férias ia para a casa de campo de seus avós maternos, em Cotulla, também no Texas.

Já na adolescência, trabalhou no McDonald’s e frequentou um programa de ciências da universidade da Flórida destinado a estudantes do High School.

Desde criança Jeff demonstrava interesse em ciência e tecnologia.

Em 1986, graduou-se em engenharia elétrica e ciências da computação pela Universidade de Princeton.

Suas boas notas abriram portas em diversas empresas para o engenheiro recém-formado, mas Jeff decide trabalhar em uma startup de telecomunicações, a Fitel.

Ele sobe na empresa até se tornar diretor de atendimento ao cliente.

Depois, migra para Wall Street onde permanece de 1988 a 1990 como gerente de produto no Bankers Trust.

Posteriormente, trabalhou no hedge fund D.E.Shaw &Co e alcançou a posição de quarto vice-presidente sênior aos 30 anos.

Porém, Jeff Bezos decidiu deixar tudo para trás e apostar no seu sonho de ter sua própria empresa. 

Em 1993, Jeff se casa com MacKenzie Bezos e se mudam para Seattle.

Em 1994, após identificar o aumento exorbitante no consumo de internet, surge a ideia de fundar a Amazon.

A empresa começou com o comércio de livros online e logo expandiu para uma grande variedade de produtos e serviços.

Atualmente, é a maior empresa de vendas online do mundo, bem como o maior fornecedor mundial de serviços de infraestrutura em nuvem através da Amazon Web Services.

Pai de quatro filhos, Bezos se separou de sua então esposa em 2019.

O divórcio ficou conhecido como o mais caro da história. US$ 36 bilhões em ações da Amazon ficaram com a sua ex-mulher como parte do acordo.

Porém, isso não abalou tanto a fortuna de Bezos, uma vez que além da Amazon, ele tem uma fonte diversificada.

Nome completo: Jeffrey Preston Bezos

Data de nascimento: 12 de janeiro de 1964

Nacionalidade: Norte-americano

Fortuna estimada: US$ 197 bilhões

Ocupações: CEO da Amazon, empresário e investidor.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

A fundação da Amazon

A história da Amazon começa em 1994, quando Jeff Bezos, então com 30 anos de idade, identifica na internet uma oportunidade para empreender.

Após realizar uma pesquisa para o fundo de hedge onde trabalhava, descobriu que no início dos anos 90 o uso da internet estava aumentando em cerca de 2.300% ao ano.

Ele então decide pedir demissão do emprego de vice-presidente da empresa de serviços financeiros de Wall Street para se mudar com a mulher para Seattle e iniciar seu próprio negócio.

Durante o longo caminho de carro entre as cidades de Nova York e Seattle, Bezos escreve o plano de negócios e faz os primeiros contatos para começar o sonho da Amazon.

O plano sempre foi ser uma gigante do varejo online, mas para isso era preciso começar pequeno.

Foi então que optou por abrir uma loja online que vendia somente livros.

Esse foi o produto considerado ideal para começar, já que são fáceis de vender, possuem preço unitário baixo e estocagem cara.

A Amazon não podia ser apenas uma loja virtual. Era preciso ser confiá­vel, fácil de usar e mais útil do que uma loja física. 

A própria garagem de sua casa serviu de primeira sede da empresa.

A escolha do nome foi um capítulo à parte.

Bezos queria uma marca forte. Depois de alguns nomes, ele se deparou com o nome “Amazon” no dicionário.

O termo é a forma em inglês do Rio Amazonas e remetia a algo “exótico e diferente”, exatamente como ele imaginava a futura empresa.

Em julho de 1995, a primeira loja virtual de livros do mundo foi ao ar.

O começo da Amazon superou as expectativas. Com descontos agressivos e comodidade nas compras, a loja passou a incomodar os concorrentes.

Dois meses após o lançamento, já havia despachado encomendas para todos os estados dos EUA e mais 45 países.

Em três meses atingiria a marca de 100 livros vendidos em um único dia. Um ano depois, já eram 100 livros por hora.

O resultado inicial impressionante abriu as portas para um IPO em 15 de maio de 1997 a US$ 18 por ação.

Naquela época, a empresa contava com 1,5 milhão de clientes ativos, 600 funcionários e US$ 125 milhões em caixa.

Não chamou muito a atenção dos investidores, mas Bezos previu que aquele era apenas o começo da internet e da Amazon.

Quem investiu US$ 1 mil em 1997, teria cerca de US$ 1,4 milhão em 2020.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Amazon.com, Inc: uma empresa multinacional de tecnologia

No ano seguinte ao IPO, Bezos inicia seu plano de expandir o portfólio da empresa para além dos livros.

Em 1998, passa a vender CDs e filmes e internacionaliza a Amazon após a aquisição de concorrentes no Reino Unido e na Alemanha.

Inicia também seu programa de afiliados que se tornaria um sucesso e, em 1999, passou a aceitar praticamente qualquer produto.

Porém, Jeff Bezos sempre viu a empresa muito maior do que uma varejista online. Para ele, ela deveria ser uma empresa de tecnologia.

Em 2002, Bezos lançou a Amazon Web Services (AWS), um serviço de dados e estatísticas para sites.

Mais tarde, a Amazon revolucionaria a indústria literária novamente ao lançar o Kindle, leitor de livros digital, em 2007.

O aparelho é um sucesso de vendas e está na sua 10ª geração.

Nos anos seguintes, a Amazon lança seu serviço de streaming, o Amazon Prime e a assistente virtual, Alexa.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Como Jeff Bezos ficou rico?

A maior parte do patrimônio de Jeff Bezos vem do sucesso da Amazon, mas além da gigante da tecnologia, ele também tem uma série de outros investimentos empresariais.

Em 2013 ele comprou o jornal “The Washington Post”  por US$ 250 milhões.

É também dono da empresa aeroespacial Blue Origin, na qual investe mais de US$ 1 bilhão por ano para explorar o universo.


A proposta é semelhante a de sua concorrente SpaceX, de Elon Musk: reduzir muito o custo de lançamento e ajudar as “pessoas a entrar no espaço”.

Seus empreendimentos, em especial a Amazon, estão dando resultado.

Em fevereiro deste ano, a Amazon (AMZO34) passou a valer mais de US$ 1 trilhão.

Entre março e abril, em meio à pandemia, a empresa contratou 175 mil trabalhadores adicionais.

Com isso, o homem mais rico do mundo conseguiu aumentar sua fortuna em US$ 13 bilhões em um único dia.

Foi também a primeira pessoa a bater o recorde de US$ 200 bilhões de patrimônio desde que a revista Forbes começou a monitorar bilionários, em 1982.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Onde Jeff Bezos investe

Além de empresário, Jeff Bezos também é investidor.

Através da Bezos Expeditions, venture capital utilizada para fazer investimentos pessoais, ele foi um dos primeiros acionistas do Google (GOGL34), adquirindo 3,3 milhões de ações por US$ 250 mil em 1998.

Bezos também possui participações na Unity Biotechnology (UBX), empresa de pesquisa de extensão de vida que espera retardar o processo de envelhecimento.

Algumas das empresas que Jeff Bezos investe incluem:

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Livros de Jeff Bezos

Livros sempre fizeram parte da trajetória de Bezos, seja ao iniciar as vendas online do produto ou moldar a mente do empreendedor.

Outros livros são inspirados na história visionária de Jeff Bezos ao iniciar a Amazon e revolucionar o varejo online.

A Loja de Tudo. Jeff Bezos e a Era da Amazon

O livro escrito por Brad Stone “A loja de tudo” mostra em detalhes como é a vida na gigante do comércio on-line.

Esta é uma biografia da startup que mudou para sempre a nossa forma de ler e de comprar.

A obra reúne depoimentos de amigos, familiares, colaboradores e ex-funcionários da Amazon e revela importantes medidas tomadas por Jeff Bezos para tornar a empresa em uma das mais poderosas da atualidade.

As cartas de Bezos – 14 princípios para crescer como a Amazon 

O livro de Steve Anderson reúne ensinamentos extraídos das cartas que Jeff Bezos escreveu aos acionistas da Amazon por mais de 20 anos.

Assim fica mais fácil entender a mentalidade de Bezos e os princípios que aplicou para construir sua empresa.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Conclusão

Jeff Bezos se tornou o homem mais rico do mundo ao transformar a Amazon em uma das gigantes da tecnologia, juntamente com Google, Apple, Microsoft e Facebook.

Ao identificar uma oportunidade no novo cenário da internet ele cresceu e diversificou os serviços ofertados.

Depois de revolucionar o comércio online, lançou serviços de armazenagem de dados, streaming, livros eletrônicos, entre outros.

Além de ofertar mais produtos na Amazon, Jeff Bezos também diversificou seu portfólio pessoal investindo em diversas empresas e até no espaço.

É, pelo terceiro ano consecutivo, o homem mais rico do mundo, com patrimônio estimado em quase US$ 200 bilhões.

Certamente, atingir a liberdade financeira não é mais problema para ele.

Você também pode alcançar a sua!

Começar a investir em ações é o melhor caminho para isso.

Segredo da Riqueza

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais