Quem é Irving Kahn: História e Estratégia de Investimentos
|

Irving Kahn e sua Estratégia de Investimentos para Lucrar nas Crises

Quem é o investidor Irving Kahn: como ficou rico, estratégia de investimentos na bolsa de valores e livros.

Por
Atualizado em 23/01/2020
Avalie esse texto

Quem é Irving Kahn, como ficou rico, onde investe e qual sua estratégia de investimento? Descubra e saiba como investir na bolsa de valores da forma como os investidores de sucesso fazem!

Uma das formas para ganhar dinheiro com os investimentos é modelar a mentalidade dos grandes investidores de sucesso da bolsa e replicar os seus acertos.

A maioria deles se tornaram bilionários, mesmo começando a investir na bolsa de valores com pouco dinheiro.

Se você deseja alcançar a sua independência financeira, a melhor forma é saber como investir na bolsa de valores com sucesso.

“Em investimentos, o que é confortável raramente é rentável.”
Robert Arnott, CEO da Research Affiliates.

Então, você está pronto para saber quem é Irving Kahn e conhecer suas estratégias de investimentos?

Leia até o final e descubra agora como investir melhor o seu dinheiro.

Quem é Irving Kahn?

Irving Kahn foi um domador de crises. O investidor centenário lucrou em todas que se tem notícia.

Sobreviveu à Grande Depressão, à Segunda Guerra Mundial e a outras dezenas de crises ao longo de quase 90 anos de Wall Street.

Começou sua trajetória de investidor em 1928 e continuou a trabalhar até sua morte, em 2015 se tornando uma das lendas do investimento em valor.

Discípulo de Benjamin Graham, teve a oportunidade de trabalhar como assistente de ensino do seu mestre na Columbia University Business School.

Irving Kahn nasceu em 19 de dezembro de 1905 em Nova Iorque. Depois de estudar na DeWitt Clinton High School, foi para o City College of New York estudar artes. 

Após dois anos, Kahn largou o curso e se aventurar em Wall Street determinado a ajudar sua família.

Em 1928, aos 23 anos, Irving Kahn conseguiu seu primeiro emprego em Wall Street na Hammerschlag, Borg & Co.

No ano seguinte, em meio à Grande Depressão, dobrou seu capital ao apostar que os preços das ações cairiam.

Mas talvez o passo mais importante na carreira do investidor tenha sido procurar por Benjamin Graham para aprimorar sua capacidade analítica.

Matriculou-se no curso de Security Analysis ministrado por Graham na Universidade de Columbia. 

Por se destacar nas aulas, em 1931, Benjamin Graham o convida para se tornar seu assistente no curso.

Assim, teve a honra de trabalhar com o pai do Value Investing e compreender a real essência da análise de ativos.

Adepto à análise fundamentalista percebeu que era difícil encontrar companhias cujos relatórios eram bem redigidos.

Sofrendo com a falta de informação para avaliar seus ativos, decide fundar juntamente com Graham e outros analistas a New York Society of Security Analysts (NYSSA), em 1937. 

Hoje, a instituição é a maior sociedade do Instituto CFA, com mais de 10.000 membros.

Na sua trajetória como investidor ainda trabalharia na Wertheim & Co. em 1940.

E na Abraham & Company, na década de 1960 até formar a Kahn Brothers & Co em 1978 juntamente com seus dois filhos, Alan e Thomas.

Ao longo dos anos a gestora de investimentos obteve resultados extraordinários.

Até seu falecimento, Irving Kahn manteve seu estilo de vida e seu trabalho como gestor de recursos.

Três vezes por semana pegava um táxi de seu apartamento em Manhattan para os escritórios de sua empresa.

Irving Kahn morreu em 24 de fevereiro de 2015, aos 109 anos se tornando o investidor ativo com a maior idade registrada.

Curiosamente, Kahn, suas irmãs e seu irmão eram o quarteto de irmãos vivos mais velhos do mundo.

Sua irmã mais velha, Helen, faleceu semanas antes de seu 110.º aniversário, enquanto seu irmão mais novo, Peter, morreu com 103 anos. 

Sua irmã que faleceu mais jovem foi Lee Reichart, aos 101 anos de idade.

Nome Completo: Irving Kahn

Data de nascimento: 19 de dezembro de 1905

Nacionalidade: norte-americano

Ocupações: investidor e filantropo

Banner will be placed here

Como Irving Kahn Ficou Rico?

Um dos maiores negócios de Irving Kahn foi realizado em 1929, em meio à Grande Depressão, logo após sua estreia no mercado acionário.

Para a maioria, este seria um péssimo momento para começar. Não Irving Kahn.

Convencido de que os preços haviam atingido “níveis irracionais”, ele decidiu vender a descoberto 50 ações da mineradora Magma Copper.

Para isso, pegou dinheiro emprestado e ouviu que “apenas um tolo apostaria contra o mercado em alta” (ele apostou que o preço cairia).

Quatro meses depois o mercado caiu e Kahn dobrou seu capital.

Irving Kahn se tornou especialista em lucrar durante as crises da bolsa.

Negociou durante a Grande Depressão, a Segunda Guerra Mundial, a Guerra Fria e a crise de 2008, bem como outros numerosos períodos menos severos.

Apesar de ter feito uma boa aposta durante a crise de 1929, alterou sua estratégia de investimentos depois que conheceu o pai do investimento em valor, Benjamin Graham.

Substituiu a especulação por uma abordagem fundamentalista.

Uma das principais lições que aprendeu com Graham foi encontrar ações que custavam um dólar a 50 centavos.

Como investidor de valor, Kahn sabia que precisava ser paciente para encontrar as melhores oportunidades da Bolsa.

Se o mercado está caro, o investidor tem de esperar.

Estou no palco da vida e nele eu sinto muito prazer ao encontrar uma ação realmente barata.

Então, encontrou nas próximas crises a oportunidade de comprar ações de empresas com fundamentos sólidos negociadas abaixo do seu valor intrínseco.

Irving Kahn chamou de “negócios legítimos” as empresas de alimentos, roupas e outros itens essenciais. Pois segundo ele “Todo mundo precisa de uma camisa nova”.

Kahn ainda foi co-fundador e presidente do Kahn Brothers Group, Inc., consultoria de investimento e corretora que ele fundou com seus filhos, em 1978.

Obteve bons resultados com cerca de US$ 1 bilhão sob sua gestão.

Onde Irving Kahn Investe

Irving Kahn era um investidor em valor. Investia em ações subavaliadas, com bons fundamentos e alto potencial de crescimento.

Como não gostava de se expor ao risco do curto prazo, permanecia com as ações no longo prazo mesmo se seu preço caísse.

Sabia que com a estratégia de buy and hold, se tivesse feito uma boa análise fundamentalista das ações, iria obter bons resultados.

Entendeu como poucos como períodos de crise podem gerar excelentes oportunidades de investimento.

Para investir, preferia as “companhias legítimas”, como costumava chamar aquelas que estão presentes no cotidiano.

A alocação de ativos era outra premissa fundamental para Irving Kahn.

Segundo ele, uma carteira de ações é como um pomar de árvores frutíferas. Não é realista acreditar que se colham frutos todos os anos de todas as espécies.

A maturidade de todo investimento é imprevisível e variada. São necessários de 3 a 5 anos (ou mais) para que os frutos de um investimento amadureçam.

Portanto, foco no longo prazo e paciência são a chave para o sucesso e lucratividade.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Estratégia de Investimentos de Irving Kahn

A estratégia de investimento de Irving Kahn é o Value Investing

Sua filosofia de investimento em valor se solidificou depois que se tornou assistente de ensino de Benjamin Graham na década de 1930.

Permaneceu com sua estratégia de comprar ações de empresas de alta qualidade com fortes balanços a preços subvalorizados até sua morte em 2015.

Em uma entrevista ao “The Telegraph” em 2014, Irving Kahn descreveu sua abordagem:

Durante a recente crise e em outras oportunidades, Tom e eu procuramos ações de boas empresas com desconto, que surgem se você for paciente. Se o mercado estiver muito caro, um investidor deve estar disposto a esperar… Como Warren Buffett disse corretamente, um bom investidor tem o temperamento oposto ao predominante no mercado. Em todas as quedas, a adesão ao investimento de valor me ajudou a preservar e aumentar meu capital. Os investidores devem lembrar que seu primeiro trabalho é preservar seu capital. Depois de lidar com isso, eles podem abordar o segundo, buscando um retorno sobre esse capital.

O método de Irving Kahn também sempre envolveu muita leitura.

Ele lia e analisava os relatórios anuais das empresas em que planejava investir. 

Seu filho, Thomas Graham Kahn, revelou que o pai gostava de começar a leitura dos relatórios de trás para frente. “É lá que você encontra as principais informações financeiras”.

Veja mais das principais estratégias do grande investidor Irving Kahn para você aplicar nos seus investimentos:

“Todo mundo precisa de uma camisa nova”

Irving Kahn preferia investir em “companhias legítimas”, como costumava chamar aquelas que vendem produtos ou serviços que estão presentes em nosso dia a dia.

Itens como comida e roupas, por exemplo, são necessidades básicas, portanto, sempre vendem.

“Tenha disciplina e temperamento para resistir aos seus impulsos”

Um investidor precisa tomar decisões racionais. Por mais que isso seja difícil, controlar as emoções é o melhor caminho na hora de investir.

Segundo Kahn, “Você deve ter disciplina e temperamento para resistir a seus impulsos. Os seres humanos têm precisamente os instintos errados quando se trata dos mercados. ”

Portanto, mesmo que cometa erros, com trabalho e atenção é possível reduzir a frequência e a magnitude deles e o mais importante, aprender com eles.

“Saiba muito mais sobre a ação que deseja comprar do que aquele que está vendendo”

Um investidor fundamentalista investe pensando em se tornar sócio de boas empresas e receber parte dos lucros.

Para isso, deve analisar profundamente a empresa, seus números, gestão e potencial de longo prazo para adquirir algo que não irá se arrepender.

Kahn alerta que sempre há alguém do outro lado de uma transação pronto para tirar proveito dos erros dos investidores individuais.

Por isso, você deve trabalhar duro para entender melhor o negócio e seus mercados.

Busque por ações com desconto

Investidor em valor, para Irving Kahn o preço tem um conceito muito diferente de valor.

Por isso, buscava por ações negociadas a um preço baixo, que geralmente eram ignoradas  por outros investidores, mas com valor, ou seja, potencial para gerar lucro.

Ao comprar um ativo com um desconto, tinha uma margem de segurança que o protegiam das oscilações.

Uma das estratégias de Irving Kahn para encontrar barganhas da Bolsa era procurar por empresas ou setores que estavam passando por dificuldades.

Ao encontrar algo que chamava a atenção, ele estudava os fundamentos a fundo para detectar aquelas que se encaixavam em sua filosofia.

Exigia empresas sólidas, mas subavaliadas pelo mercado, que possuíam fortes finanças, pouca ou nenhuma dívida e boas perspectivas no longo prazo.

Livros de Irving Kahn

A trajetória de Irving Kahn inspirou alguns autores a escreverem sobre sua estratégia.

Um deles é “The Great Minds of Investing” de William Green.

O livro é parte de uma coleção de 33 perfis de investidores, os quais fornecem conselhos de investimento e sabedoria pessoal.

Embora Kahn não tenha escrito nenhuma biografia, escreveu sobre seu mentor Benjamin.

O livro “Benjamin Graham, The Father of Financial Analysis” é de sua autoria juntamente com Robert D. Milne.

Frases de Irving Kahn

O investidor centenário Irving Kahn comprava ações para ficar e dizia que preferia ser lento e estável a fazer trades de curto prazo e ficar exposto às perdas de capital.

Prefiro ser lento e constante, estudar empresas e pensar sobre o que elas podem retornar, digamos, quatro ou cinco anos. Se uma ação cair, tenho tempo para enfrentar a tempestade, talvez compre mais a um preço mais baixo. Se meus argumentos para o investimento não mudaram, então eu gostaria mais das ações quando elas caírem.

Controlar as emoções e pensar no longo prazo faziam parte da sai estratégia.

Seres humanos têm os instintos errados quando falamos em mercado de capitais. Se você reconhece isso, pode resistir ao impulso de comprar em na alta e vender em uma queda. É importante, também, lembrar-se do poder dos juros compostos. Você não precisa fazer manobras para ter retorno no curso de sua vida.

Utilizava da análise fundamentalista para conhecer a fundo a empresa.

O interesse em entender seriamente a natureza das empresas é muito limitado e, muitas vezes, nulo. É por isso que preciso saber muito mais sobre a ação que estou comprando do que o homem que está me vendendo.

Irving Kahn sempre investiu baseado em muita leitura dos relatórios anuais das empresas.

Sou um leitor apaixonado. É por isso que ser um investidor é o trabalho perfeito pra mim.

Um planejamento financeiro pessoal exige que se corte supérfluos para que se alcance a independência financeira no futuro.

Pare de comprar coisas que você não precisa e comece a se concentrar no essencial; então você viverá muito e será feliz.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Conclusão

Irving Kahn aprendeu com o pai do Value Investing e utilizou efetivamente o conhecimento adquirido durante seus anos como assistente de Benjamin Graham.

Ainda jovem, supôs, corretamente, que o preço das ações cairia. Com isso, ganhou dinheiro durante a Grande Depressão e em todas as outras crises da bolsa que se tem notícia.

A história de sua fortuna virou lenda entre os profissionais do mercado financeiro. Mas não se tratava de “sorte”, mas sim, de saber aproveitar as oportunidades.

Preferia comprar ações que estivessem baratas de empresas com bons fundamentos e permanecer com elas.

O importante, para ele, era os juros compostos ao longo de uma vida e o conhecimento sobre a ação que se estivesse comprando.

Fundamentalista, para Irving Kahn, estudar os relatórios das empresas e entendê-los ao ponto de tirar deles todas as informações financeiras era obrigatório.

Foi com essas estratégias de investimento que se tornou um dos maiores de todos os tempos.

Continue aprendendo com os Grandes Investidores de Sucesso e Suas Estratégias Vencedoras.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais