O que é Inflação

Inflação

O que é Inflação. Entenda melhor o conceito de Inflação e descubra sua importância!

O que é Inflação

Inflação é um aumento geral nos preços de uma economia e desvalorização da moeda do país. Os economistas dividem a inflação em Inflação de Custos, Inflação de demanda, Inflação Inercial e  Inflação Estrutural.

O tipo de inflação está diretamente ligado à sua causa, e é determinante na hora de planejar medidas que buscam o controle inflacionário.

Banner will be placed here

Causas da Inflação 

A inflação pode ter diversas causas como por exemplo

  • Demanda por produto de forma que a produção nacional não supra esse consumo
  • Aumento no custos de produção, como aumento dos preços dos insumos, máquinas e mão de obra
  • Emissão descontrolada de moeda por parte do governo, causando uma perda de credibilidade internacional.

A inflação é algo que deve ser controlada pelo governo, pois seus impactos são muito negativos para a economia e se espalham por todos os setores econômicos, causando diversos problemas, tanto para os trabalhadores, quanto para os empresários.

Índices da Inflação

Existem alguns índices para medir a inflação, entre os mais utilizados estão o IGP-M e o IPCA. E o resultado entre eles pode ser diferente, devido às diferentes metodologias aplicadas na medição da inflação.

IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) é um índice criado e monitorado pela FGV, onde ele considera a alteração de preço desde matérias-primas agrícolas e industriais até a alteração de preços de serviços finais.

Esse índice é muito utilizado nos contratos imobiliários para calcular o reajuste no valor do aluguel a cada ano, impactando a questão da moradia em todo o país.

Já o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) é considerado a inflação oficial do país, o responsável por monitorar esse índice é o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Esse índice tem como objetivo medir a variação nos preços dos produtos que chegam ao consumidor final e as variações no IPCA estão relacionadas a outras variáveis muito importantes para a economia brasileira, como a taxa Selic.

Impactos da Inflação 

A inflação é ligada a uma queda do poder de compra da população, pois os salários não aumentam na mesma velocidade e proporção que a inflação, fazendo com que as famílias comprem menos bens com sua renda.

Além da queda do poder de compra da população, causado pelo aumento dos preços, a inflação causa outros diversos impactos negativos para um país, sendo portanto, um ponto a se controlar para que a economia funcione de forma saudável.

Um dos impactos é a incerteza econômica do país, os empresários e investidores não se sentem confortáveis em investir, produzir e também comprar, uma vez que o cenário econômico não se mostra positivo em relação ao futuro.

Esse receio também atinge o exterior, causando a queda nos investimentos internacionais, pois os investidores ficam receosos em aportar dinheiro nesses países, pois um aumento elevado da inflação pode significar uma fragilidade econômica naquele momento.

A falta de investimento internacional, por sua vez, causa uma desvalorização da moeda, pois, ocorre um grande aumento na exportação e ao mesmo tempo uma diminuição no volume de importação, fazendo com que a moeda local perca valor perante as moedas estrangeiras.

Um dos impactos causados por uma alta na inflação também é o aumento da taxa de desemprego, pois as empresas se vêem obrigadas a cortar custos, dado a alta geral dos preços e também a diminuição do consumo das famílias.

Controle da Inflação 

O controle da inflação exige que o governo entenda qual a origem da alta dos preços, seguindo os efeitos da lei da oferta e demanda, e com isso tomar as medida necessárias para equilibrar a demanda da população com a produção de bens.

Para isso, o governo tem à sua disposição diversas ferramentas, como a taxa de juros e outras ferramentas para incentivar o aumento da produção local e controlar a demanda de bens da população.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE