O que é Ilusão de Superioridade

Ilusão de Superioridade é a condição na qual determinados indivíduos possuem uma perspectiva superestimada de suas próprias qualidades, capacidades e opiniões diante das qualidades, capacidades e opiniões de outros indivíduos. 

A Ilusão de Superioridade é considerada um viés cognitivo

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Ilusão de Superioridade e Indução

A Ilusão de Superioridade decorre da comparação entre características, escolhas, qualidades, capacidades e opiniões entre um indivíduo com outro indivíduo ou uma coletividade, fazendo com que ele entenda que é detentor de uma superioridade que os demais não possuem

Esse processo de compreensão de que o sujeito possui algum aspecto superior em relação aos outros é muitas vezes decorrente de uma comparação pontual que é elevada à total generalização

Em outras palavras, o sujeito que possui uma ilusão de superioridade muitas vezes parte de uma situação particular, isto é, pontual, e desenvolve uma conclusão generalizada sobre aquele item específico. Esse processo é chamado de indução.

A indução é um processo que produz uma conclusão não baseada em premissas lógicas e racionais. Encontramos um bom exemplo da relação da indução com a ilusão de superioridade em situações cotidianas, como o gosto musical.

Alguém que gosta de música clássica pode ouvir uma música eletrônica e não gostar. Ele pode ouvir uma, duas, diversas vezes só para definir se gosta ou não. 

Porém, mesmo que não goste, disso não decorre que ele possa dizer que música clássica é melhor do que música eletrônica e que seu gosto musical é melhor do que o gosto de quem prefere música eletrônica. 

Diferentemente da indução, que não possui conclusão baseada em elementos racionais, a dedução oferece conclusões que estão baseadas em elementos racionais. 

Exemplo disso está na matemática: entendendo o conceito “2”, fica impossível que alguém defenda que “2 + 2 = 5”, mas sim que “2 + 2 = 4”.

Assim, gera-se uma conclusão que é universalmente aceita como verdadeira, pois não depende de opiniões e situações particulares, mas se baseia apenas na lógica dos conceitos envolvidos. 

Ilusão de Superioridade e Cultura

Existem vários experimentos e estudos que investigam a ilusão de superioridade e sua relação com elementos culturais. 

Diversos desses estudos estão interessados em compreender como a ilusão de superioridade se manifesta.

Eles observam também quando se manifesta, com que frequência se manifesta, diante de quais situações recorrentes, em que faixa etária ela se manifesta, se há diferença de sua manifestação entre as idades ou não, entre outros diversos aspectos. 

Aparentemente, existem culturas e sociedades em que mais indivíduos possuem uma perspectiva de superioridade ilusória sobre si mesmos, enquanto em outras culturas e sociedades esse fenômeno é muito menor.

Pelo contrário, existem também alguns indivíduos possuem uma maior Ilusão de Inferioridade (também conhecida como Síndrome do Impostor), que é o inverso da ilusão de superioridade.

Consequências da Ilusão de Superioridade 

É importante perceber que algumas opiniões decorrentes de uma visão pautada na ilusão de superioridade não produzem consequências graves ou tão sérias, enquanto outras opiniões produzem consequências mais graves para a própria pessoa ou para terceiros. 

Tudo depende do limite que cada pessoa estabelece para si mesma sobre aquele item em questão. 

É o caso de alguém que aplica recursos em um investimento arriscado sem realizar um planejamento financeiro e fazer uma análise prévia dos riscos, e contra a opinião dos especialistas, apenas porque pensa que possui mais conhecimento do que os demais.

Essa é uma situação na qual o indivíduo pode tanto se prejudicar quanto prejudicar outras pessoas (como sua família), pois perde a dimensão da realidade.

Isso não significa que todos os que possuem ilusão de superioridade perdem a dimensão das coisas, pois todos nós temos essa ilusão em algum momento e ainda assim somos capazes de compreender os limites de nossa própria visão.

Portanto, é necessário que haja um cuidado em buscar compreender se estamos sendo motivados ou não por uma ilusão de superioridade e quais consequências ela pode nos trazer.