O que é IGP - DI

IGP – DI

O que é IGP – DI. Entenda melhor o conceito de IGP – DI e descubra sua importância!

O que é IGP – DI

IGP – DI significa Índice Geral de Preços – Demanda Interna, e é um indicador medido pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) com o objetivo de registrar a variação de preços de produtos e serviços diversos, tanto a nível industrial quanto a nível do consumidor final.

O IGP – DI é uma das versões de cálculo do IGP – Índice Geral de Preços, também disponibilizado pela FGV.

Banner will be placed here

Como funciona o IGP – DI

O IGP – Índice Geral de Preços é um indicador econômico que tem como objetivo registrar a oscilação do preço de bens e serviços no país.

O IGP funciona acompanhando desde o preço de matérias-primas industriais e agrícolas até o preço de produtos e serviços pagos pelos consumidores finais. 

O cálculo do IGP utiliza a média aritmética ponderada de três outros índices de preços. São eles:

  • IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), com peso de 60% no cálculo do IGP. Registra a variação de preços de produtos do setor agropecuário e industrial no mercado de atacado.
  • IPC (Índice de Preços ao Consumidor), com peso de 30% no cálculo do IGP. Mede a variação de preço de um conjunto fixo de bens e serviços que compõem as despesas habituais de famílias brasileiras com renda mensal de no máximo 33 salários mínimos.
  • INCC (Índice Nacional de Custo da Construção), com peso de 10% no cálculo do IGP. É o índice que realiza o acompanhamento da oscilação de preços do custo da construção civil no país, relativos a materiais e equipamentos, mão de obra e serviços. 

Os pesos de cada um dos índices utilizados na metodologia de cálculo do IGP são referentes a parcelas da despesa interna bruta.

Após o levantamento de preços por meio dos índices apresentados (IPA, IPC e INCC), ocorre a produção de três indicadores distintos, sendo o IGP – DI um deles:

  • IGP-DI (Demanda Interna): mede a variação dos preços no período que vai do dia 1 até o dia 30 ou 31 do mesmo mês. 
  • IGP-10: mede a variação de preços no período que vai do dia 11 do mês anterior ao dia 10 (inclusive) do mês atual. 
  • IGP-M (Mercado): mede a variação de preços no período que vai do dia 21 do mês anterior ao dia 20 (inclusive) do mês atual.

Essas variações de versões do IGP são importantes na medida em que são utilizadas para diferentes finalidades. 

IGP – DI e Inflação

Existem diferentes indicadores econômicos de variação de preços no país, como por exemplo o IPCA e o próprio IGP – DI.

O levantamento de preços ocorre em diversas cidades do Brasil, em todas as regiões (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul) e é referente a uma série ampla de produtos e serviços.

Os produtos e serviços apurados são básicos do consumo cotidiano da população brasileira, como: alimentos, bebidas, vestuário, medicamentos, veículos, produtos de higiene, aluguel, transporte, consultas médicas, entre outros.

Essa amplitude de cobertura (territorial e de produtos e serviços) é importante na medida em que revela a inflação do país, ou seja, o aumento de preço de produtos e serviços devido a diminuição do poder de compra real da moeda.

Por exemplo: se de um ano para outro o preço de um determinado produto saltou de R$50,00 para R$55,00, então houve um aumento de preço de 10%.

Ou seja, os mesmos R$50,00 do ano anterior já não compram o mesmo produto, portanto conclui-se que houve uma desvalorização da moeda, que já não possui o mesmo poder de compra do ano anterior.Nesse sentido, o IGP – DI é importante por revelar a elevação do custo de vida da população por meio dos produtos e serviços que consome.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE