O que é IBRE - Instituto Brasileiro de Economia

IBRE - Instituto Brasileiro de Economia  é um instituto de pesquisa de economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem o objetivo de divulgar e pesquisar indicadores econômicos do Brasil.

A sigla IBRE é identificação do Instituto Brasileiro de Economia, fundado em 1951 e divida em três grandes nichos de pesquisa: Econômica Aplicada, Produção Estatística e Produtos e Serviços.

Uma dos principais objetivos do IBRE é a produção estatística oferecida em consultorias para entidades públicas e privadas, produzindo indicadores econômicos sob encomenda e produzindo relatórios setoriais e projeções econômicas. 

Há alguns relatórios produzidos e divulgados pelo IBRE de forma gratuita podendo ser consultado por qualquer cidadão. Além disso, o instituto também é responsável pelas importantes publicações sobre economia como a Revista Conjuntura Econômica e o boletim MACRO IBRE. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Indicadores pesquisados pelo IBRE

Na economia principalmente na macroeconomia há uma série de indicadores relacionados aos índices de preço, a grande maioria deles são pesquisados pelo IBRE. 

Índices como IGP, IPA, IPC e outros índices como Índices de Confiança e indicadores de ciclo economico. 

O IGP é a sigla para Índices Gerais de Preço e tem a finalidade de identificar as atividades econômicas com base na média aritmética do IPA,IPC e INCC. Realizado desde 1940, é uma medida abrangente do movimento de preços

O IPA é a sigla para Índice de Preços ao Produtor Amplo, tem o objetivo principal de analisar transações comerciais realizadas entre empresas. É um importante indicador, pois divulga a situação dos preços de venda a nível de produtor. 

O cálculo do IPA considera informações de produtos como bens de consumo ou bens de capital. 

Outro indicador é o IPC, a sigla para Índice de Preços ao Consumidor, o foco está nos consumidores com renda entre 1 e 33 salários mínimos mensais. 

Para o cálculo é considerado informações de oito categorias básicas como: Alimentação, Educação, Habitação, Comunicação, Saúde e Cuidados Pessoais, Transportes, Vestuários e outras despesas diversas. 

Por fim temos o INCC, sigla para Índice Nacional de Custo de Construção, que tem como objetivo divulgar os custos para a construção habitacionais, ou seja, preços de demanda de materiais e também de imateriais, como a mão de obra. 

Conforme citado o IGP é a média aritmética, dessa forma, os pesos para cada indicador segue a seguinte distribuição: 

  • 60% para o IPA
  • 30% para IPC
  • 10% para INCC

A periodicidade desses indicadores podem ser múltiplas, ou seja, coleta dados mensais, trimestrais, quadrissemanais e diariamente. 

Serviços do IBRE

Além das publicações e elaborações dos índices que citamos acima, o IBRE também promove eventos com a finalidade de discutir e auxiliar na formulação de políticas públicas para estimular o desenvolvimento econômico do país.

Outro importante serviço da instituição é a solução personalizada para entender a economia de empresas privadas com a finalidade de auxiliar na gestão eficiente do negócio.  

Nesses casos, o IBRE elabora indicadores que auxiliam as empresas a tomarem decisões pautadas em seus problemas financeiros e administrativos.

De acordo com a instituição há cerca de 28 escritórios sendo 15 postos avançados e 13 escritórios em todas as capitais do Brasil, com essa estrutura são captados mais de 300 mil preços de produtos e serviços em mais de 19 mil informantes. 

A importância do IBRE para os investimentos

Para o investidor, é muito importante conhecer os impactos que esses indicadores têm na economia brasileira, não só para investidores da renda fixa, como principalmente os investidores da renda variável

Entende-se que esses indicadores retratam a realidade economia dos preços do país e dessa forma, seus impactos são mais sentidos dentro das empresas, no poder de compra do consumidor e consequentemente nas ações da bolsa de valores.