Ibovespa Ultrapassa 112 mil Pontos Pela 1ª Vez Desde Fevereiro
| ,

Ibovespa Ultrapassa 112 mil Pontos Pela 1ª Vez Desde Fevereiro

Com o otimismo em torno de uma vacina contra o coronavírus prevalecendo sobre movimentos de realização de lucros.

Por
Atualizado em 02/12/2020

O Ibovespa voltava a trabalhar no campo positivo na tarde desta quarta-feira, superando os 112 mil pontos no melhor momento pela primeira vez desde fevereiro.

Alinhado a reação em Wall St, com o otimismo em torno de uma vacina contra o coronavírus prevalecendo sobre movimentos de realização de lucros.

Às 14:43, o Ibovespa subia 0,29%, a 111.719,77 pontos, tendo chegado a 112.315,42 pontos na máxima até o momento e recuado a 110.579,16 pontos na mínima.

Banner will be placed here

O volume financeiro somava 20,5 bilhões de reais.

O Reino Unido aprovou nesta quarta-feira a vacina contra Covid-19 desenvolvida por Pfizer (PFIZ34) e a BioNTech, saindo na frente dos EUA e da União Europeia e se tornando o primeiro país ocidental a aprovar um imunizante que pode começar a ser aplicado a mais vulneráveis na semana que vem.

Em paralelo, unidade portuguesa da Pfizer disse que a farmacêutica pode distribuir sua vacina no país ibérico três dias depois de a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) conceder sua aprovação.

O movimento do Reino Unido intensificou a vigilância sobre órgãos reguladores norte-americanos enquanto eles estudam se concedem autorizar o uso emergencial no país, líder mundial de infecções de coronavírus.

Como Lucrar no Mercado Financeiro Hoje? Baixe o Relatório “As 3 Melhores Ações para Investir Hoje”.

Nos Estados Unidos, onde os pregões também começaram a sessão refletindo ajustes de baixas após fechamentos recordes na terça-feira, o S&P 500 passava a flertar com o sinal positivo, mesmo após dados aquém do esperado sobre a criação de vagas de trabalho no setor privado.

Para agentes financeiros, os números da ADP podem reforçar a defesa para novos estímulos econômicos nos EUA em resposta aos efeitos da pandemia.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que o presidente Donald Trump apoiou uma proposta de alívio ao coronavírus apresentada pelo líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, depois que ele rejeitou na terça-feira um pacote bipartidário de 908 bilhões de dólares.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Reuters.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE