HSML11: Fundo Imobiliário HSI Malls Vale a Pena?
| ,

HSML11: Fundo Imobiliário HSI Malls Vale a Pena?

Veja se o fundo imobiliário HSI Malls Vale a Pena (HSML11)? Rendimento, dividendos, liquidez, negociação, riscos, vantagens do FII e como comprar

Por
Atualizado em 29/10/2020

Em seus 5 meses de operação em 2019, o fundo imobiliário HSI Malls (HSML11) cresceu 6,3% e rendeu 148,9% do CDI. 

Iniciado em julho de 2019, o fundo HSML11 fechou seus primeiros meses de operação com motivos para comemorar. 

O crescimento acumulado do fundo em 2019 superou o previsto em 4,5%. Com isso, as expectativas para 2020 partem de uma base mais elevada. 

Já em janeiro, a liquidez do fundo disparou para 14,7 milhões/dia, impactada pela conversão dos recibos da 2ª emissão. O volume tornou o HSML o 2º fundo imobiliário mais negociado do IFIX no mês. 

Se você busca formas mais eficientes de ampliar seu capital, investir nos melhores fundos imobiliários é essencial. 

Neste artigo você entenderá: 

  • O que é HSML11;
  • Rendimentos do HSML11;
  • Rentabilidade do HSML11;
  • Resumo da carteira do HSML11;
  • Liquidez do HSML11;
  • Subscrição do HSML11;
  • Se o HSML11 vale a pena. 

Leia até o final e descubra se o fundo imobiliário HSML11 vale a pena e deve entrar em sua carteira de investimentos!

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

O que é HSML11 FII?

O código HSML11 identifica o fundo imobiliário HSI Malls, que teve seu início em julho de 2019 e é administrado pelo Santander Securities Services Brasil DTVM S.A. 

O HSML11 é um fundo do tipo tijolo, que investe a maior parte de seus recursos em imóveis físicos, com objetivo de gerar lucros com a compra, venda, valorização e aluguel desses ativos. 

Neste fundo, o foco são os shopping centers e outros empreendimentos correlatos, como strip malls, outlet centers e outros. 

A gestão, por conta da Hemisfério Sul Investimentos, mantém foca as aquisições em shoppings já construídos e preferencialmente consolidados no mercado. 

A primeira emissão de cotas trouxe ao mercado 6,75 milhões de cotas, vendidas a R$ 100 cada. 

O fundo fechou o mês de janeiro de 2020 com um valor de mercado de 1,92 bilhão. 

Banner will be placed here

HSML11 Rendimentos

Os rendimentos mensais do HSML11 em janeiro de 2020 foram de R$ 0,60 por cota, correspondendo a 0,50% do valor de cota atual.  

Desde seu IPO, em julho de 2019, os dividendos distribuídos somaram R$ 3,71, o que significa  3,14% da cota. 

O Dividend Yield registrado nos 5 meses de operação em 2019 foi de 3,11%

Rendimentos do HSML11. Fonte: Relatório Gerencial.
Rendimentos do HSML11. Fonte: Relatório Gerencial. 

Rentabilidade HSML11

Veja abaixo as informações sobre a rentabilidade do HSML11 desde seu início em comparação ao IFIX e outros indicadores. 


Janeiro de 20202019Desde a primeira emissão
Valor de MercadoR$1.925.234.786R$ 853.200.000R$ 935.324.964
Valor de cota (mercado)R$ 122,00R$ 126,40R$ 111,36
HSML11-3,0%27,1%23,3%
IFIX-3,8%21,3%16,7%
CDI (líquido)0,3%1,6%2,0%
Dividend Yield0,48%3,11%3,71%
% do CDI148,9%187,2%186,2%

Rentabilidade HSML11. Fonte: Relatório Gerencial.

A rentabilidade apresentada no item HSML11 foi calculada pelo método de cota ajustada. 

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Resumo da Carteira do HSML11 

A carteira do HSML11 é composta por imóveis, fundos de renda fixa e CDB (Certificado de Depósito Bancário). 

Em janeiro de 2020, o portfólio apresentava a seguinte composição: 

Gráfico Diversificação fundo imobiliário HSML11
Gráfico Diversificação fundo imobiliário HSML11. Fonte: Relatório Gerencial.

O CDB é um título de renda fixa emitido por instituições financeiras. Sua função é captar recursos para as operações dessas entidades. 

Os fundos de renda fixa têm funcionamento similar ao dos fundos imobiliários. No entanto, os ativo-alvo são outros: papéis de renda fixa, como debêntures, letras de crédito imobiliário (LCI) e os próprios CDBs

Quantidade e Localização dos Ativo

A carteira do HSML11 contava com 4 shoppings em janeiro de 2020. Dois deles estão localizados em São Paulo, um em Alagoas e o último no Acre. 

O Shopping Via Verde foi incorporado na data, acrescentando 20.257 m2 à carteira, que fechou o mês com 94 mil m2 de área bruta locável (ABL).

O ativo com a maior ABL é o Shopping Pátio Maceió, com mais de 41 mil m2. O fundo detém 100% de suas participações. 

SHOPPING PÁTIO MACEIÓ

Participação: 100%

Endereço: Av. Menino Marcelo, 3800

Cidade: Maceió – AL

Área Bruta Locável: 41.244m2

SHOPPING GRANJA VIANNA

Participação: 51%

Endereço: Rodovia Raposo Tavares, Km 23,5

Cidade: São Paulo – SP

Área Bruta Locável: 8.657,00 m2

SUPER SHOPPING OSASCO

Participação: 57,8%

Endereço: Av. dos Autonomistas, 1828

Cidade: Osasco – SP

Área Bruta Locável: 17.663 m2

VIA VERDE SHOPPING 

Participação: 96,67%

Endereço: Estrada da Floresta, 2320

Cidade: Rio Branco – AC

Área Bruta Locável: 20.257 m2

Ainda em janeiro, o fundo comunicou a assinatura do contrato de venda e compra do Shopping Metrô Tucuruvi, na cidade de São Paulo. 

A operação acrescentará 33.010 m2 em área bruta locável ao fundo. A última exigência antes da transferência é a aprovação do metrô. 

Negociação e Liquidez HSML11

No mês de janeiro de 2020 o volume médio de negociações do HSML11 foi de aproximadamente R$ 14,7 milhões, o que o tornou o segundo fundo do IFIX mais negociado na data. 

O volume total foi de R$ 324,44 milhões, que corresponde a um giro  foi equivalente a 17% de suas cotas. 

No quadro abaixo, o histórico do volume de negociações em janeiro, em 2019 e desde a primeira emissão. 

Janeiro 20202019Desde a 1ª emissão
Cotas negociadas2.638.7424.617.1857.255.927
Giro de cotas 17%13,7%14,2%
Presença em pregões100%100%100%

Negociação e liquidez HSML11. Fonte: Relatório gerencial

Riscos do HSML11

Os principais riscos do HSML11 são: risco de crédito, vacância, prazo do contrato, risco do inquilino, do setor e de concentração. 

Vacância

O risco de vacância é representado pela possibilidade de desocupação de um ou mais imóveis durante períodos.

Com isso, a renda esperada em aluguéis não é gerada e o fundo deve arcar com as despesas naturais dos investimentos, como taxas de condomínio, IPTU e outras. 

A taxa de vacância do HSML11 em janeiro de 2020 era de 2,9% da área bruta locável própria, considerando os contratos em fase de assinatura. 

Os gastos com lojas vagas foram 2,4% da receita operacional líquida do fundo (NOI).  

Prazo do Contrato

O risco do prazo de contrato é ligado à vacância: existe a possibilidade de que o contrato não seja renovado em seu término e ocorra um período de desocupação do imóvel. 

Isso obrigaria o fundo a assumir os custos do imóvel, cabendo impacto sobre os rendimentos. 

Risco do Inquilino

O risco relacionado ao inquilino é a inadimplência, que levaria o fundo a arcar com custos e burocracia de medidas legais. 

A inadimplência do HSML11 foi de 2% em dezembro de 2019. 

Riscos Próprios do Setor

Como o HSML11 é um fundo focado em shopping centers, os riscos próprios do setor o atingem. 

Dessa forma, eventos como desaquecimento e condições econômicas desfavoráveis na região do empreendimento ou interesses distintos entre o fundo e outros investidores do shopping abrem espaço para queda nos rendimentos. 

A alta competitividade do mercado de shoppings ainda cria a possibilidade de queda nos valores cobrados por locação, o que afetaria negativamente o desempenho do fundo. 

Risco de concentração

A composição da carteira do HSML11 em janeiro de 2020 trazia 55% dos recursos alocados em fundos de renda fixa, o que traz risco de concentração

Os fundos de renda fixa são títulos públicos, debêntures e outros papéis de dívidas considerados de baixo risco.

No entanto, a rentabilidade desses fundos se vê afetada por uma série de eventos: 

  • Queda na taxa de juros;
  • Aumento da inflação;
  • Oscilações no câmbio;
  • Decisões políticas que afetem o mercado;
  • Risco de Crédito.  

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Dados do HSML11

Conheça agora os dados do HSML11: 

  • Razão Social: HSI Malls Fundo de Investimento Imobiliário
  • CNPJ: 32.892.018/0001-31
  • Gestor: Hemisfério Sul Investimentos
  • Público Alvo: investidores em geral
  • Segmento: Shopping Centers
  • Valor de Mercado (01/2020): R$ 1.925.234.786
  • Taxa de Administração: 1,10%  a.a. (ao ano) sobre o valor de mercado do fundo + taxa de escrituração 
  • Taxa de Performance: 20% sobre o que exceder o Benchmark (6,0% IPCA a.a.)
  • Início do Fundo: 31 de julho de 2019
  • Quantidade de Emissões: 2
  • Número de Cotistas (01/2020): 61.681
  • Número de Cotas do HSML11: 6.750.000
  • Regulamento do HSML11
  • Relatório Gerencial do HSML11
  • HSML11 Site Oficial (RI)

HSML11 Subscrição

A subscrição é o direito que o investidor de um fundo imobiliário tem de manter o seu percentual de participação no fundo ante uma nova emissão.

O fundo emite novas cotas geralmente a um preço mais baixo, e o cotista tem a preferência pela compra, sempre proporcional ao número de cotas que já possui.

Caso não queira usar o direito de subscrição, alguns fundos permitem que você venda esse direito através do home broker da sua corretora de valores.

A última oferta de subscrição do HSML11 foi anunciada em outubro de 2019. O fator de proporção para a subscrição de novas cotas era de 1,33786859259. 

Esse fator deve ser aplicado sobre o número de cotas que você possuir na data de divulgação do anúncio de início.

Na prática, o investidor com 100 cotas na data de anúncio pode comprar 133 novas cotas ao preço de R$ 102 (preço de emissão mais taxa de distribuição).

Veja as Datas e Prospectos das Emissões de Subscrição do HSML11:

Dúvidas sobre HSML11

Veja as dúvidas mais comuns sobre o HSML11.

Como comprar HSML11?

As cotas do HSML11 são compradas através das corretoras de valores. Abra sua conta, transfira o montante que deseja investir e siga o passo a passo: 

  • Abra o Home Broker;
  • Busque o fundo pelo código (HSML11);
  • Selecione número de cotas e valor a pagar;
  • Envie a ordem de compra. 

Onde achar o informe de rendimentos do HSML11?

O informe de rendimentos do HSML11 é encontrado na página oficial do fundo. Acesse a aba ‘Informações aos investidores’ e em seguida ‘Informes’. 

Onde achar o relatório gerencial do HSML11?

O relatório gerencial do HSML está disponível para consulta na página oficial do fundo. Na aba ‘Informações aos investidores’, selecione a opção ‘Relatórios’. 

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

HSML11 Prospecto Subscrição

Veja aqui o prospecto da subscrição do HSML11, da 2ª emissão, de outubro de 2019.

HSML11 Vale a Pena?

Trata-se de um fundo muito novo, que começou suas operações há apenas 7 meses, e vem mostrando potencial. 

Seus ativos são em locais menos óbvios e longe dos grandes centros do país.

Boa parte dos recursos do FII ainda não foram convertidos em imóveis. Portanto ainda é cedo para dizer se vale a pena.

Vai depender das próximas aquisições que o gestor vai realizar.

Mesmo assim, o fundo teve uma valorização significativa no final de dezembro, acompanhando a subida de outros fundos imobiliários, e fechou seu primeiro semestre de atividade com rentabilidade equivalente a 148,9% do CDI. 

Lembre-se que, antes de investir em fundos imobiliários é necessário conhecer seu perfil de investidor para fazer uma boa alocação de ativos e se expor a um nível adequado de risco.

Descubra o seu perfil através deste teste online de perfil e receba uma sugestão de ativos para a sua carteira.

Análise de FIIs

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE