O que é Externalidade Positiva?

Externalidade positiva é como denominam-se os efeitos positivos gerados na sociedade, pela produção ou aplicação de um produto ou serviço. Assim como os impactos produtivos gerados em outras empresas.

O conceito não está relacionado à repercussão causada na cadeia produtiva e sim além dela. Podemos dizer que é o valor que negócios agregam ao meio social, além do esperado.

Não considera-se um efeito da externalidade positiva, o impacto que algo causa nos clientes de uma marca. Isso porque o produto ou serviço é desenvolvido pensado diretamente nelas.

A fim de entender esse valor gerado, imagine uma empresa que vende algodões ecológicos reutilizáveis. Existem inúmeros motivos que fazem o público-alvo desse negócio comprar seu produto.

Indo desde economia até sustentabilidade. A questão é que a sustentabilidade que esse cliente deseja promover impacta positivamente não apenas quem compra, mas toda a sociedade.

Portanto, esse conceito está diretamente ligado à responsabilidade social. Já que ele indica o nível de responsabilização que empresas possuem com terceiros.

Ao considerar que todo produto ou serviço impacta muito mais pessoas dentro de um meio social além de seus clientes. Podemos citar como exemplos desses benefícios sociais, efeitos tais como:

  • Sustentabilidade;
  • Inclusão social;
  • Educação.

Todo impacto benéfico gerado por negócios é visto como uma externalidade positiva. Pois, desenvolve o bem-estar e traz melhorias à realidade de quem é atingido, mesmo que indiretamente.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Para que Serve a Externalidade?

Podemos dizer que a externalidade positiva atua como um indicador de responsabilidade social dentro do mercado produtor. Pois, serve para identificar o grau de comprometimento das empresas com seus impactos.

Mas, para entender melhor esse conceito, devemos entender a externalidade em si. Essa representa todos os efeitos causados pela cadeia produtiva e pela venda de produtos e serviços, sendo eles:

  • Econômicos;
  • Ambientais;
  • Sociais.

Todos esses impactos podem ser positivos ou negativos. Vale destacar que apesar de podermos classificar parte deles diretamente como sociais, todos os outros indiretamente também o são.

Portanto, a externalidade refere-se a impactos positivos (externalidade positiva) que causam benefícios. E também aos impactos negativos (externalidade negativa) que causam malefícios.

Os seres humanos precisam um do outro para sobreviver, por isso, o conceito de sociedade foi formado. Através de estruturas complexas composta por conexões e papéis diversos.

Devido a essa complexidade, é difícil perceber o quanto cada ação impacta a vida de alguém. Especialmente quando falamos de empresas que, por moverem o mercado, geram mais efeitos.

Como Funciona a Externalidade Positiva?

A externalidade positiva funciona de forma a agregar valor à sociedade e outros negócios. Ou seja, quando consideramos todos os benefícios não intencionais que são proporcionados por elas.

Um exemplo de impacto positivo é a abertura de capital de empresas e a venda de suas ações na Bolsa de Valores. O objetivo da organização é captar mais recursos.

Apesar de ter como intuito estimular seu crescimento e melhorias no escopo, ela causa outros benefícios. Pois, seus investidores passam a ter dividendos que podem ser usados de inúmeras formas.

Do mesmo modo que, ao crescer a empresa gera mais lucro e consegue cada vez mais investir em processos sustentáveis. Esses dois benefícios não foram intencionais, mesmo assim, foram gerados pela sua existência.

O mesmo acontece quando falamos de escolas e universidades, onde a educação de qualidade é o objetivo principal. Além de ter como efeito colateral positivo a redução da violência e criminalidade.

Uma mudança que beneficia toda a população, ou seja, uma externalidade positiva. O que acontece pois quanto mais uma sociedade torna-se instruída e educada, mais combate-se a desigualdade. 

Portanto, a educação beneficia diretamente seu público-alvo que são os alunos. Mas ao mesmo tempo traz efeitos positivos à população como um todo, de forma indireta.