A Embraer (EMBR3) entregou 71 jatos no quarto trimestre de 2020, sendo 28 comerciais e 43 executivos, 23 leves e 20 grandes, o que representa uma queda de 10 aeronaves entregues no trimestre em relação ao 4T19.

A Companhia entregou um total de 130 jatos em 2020, sendo 44 comerciais e 86 executivos, 56 leves e 30 grandes, o que representa uma redução de quase 35% em relação a 2019, quando 198 jatos foram entregues.

Embora tenham acelerado durante o quarto trimestre de 2020 em relação aos três trimestres anteriores, as entregas foram fortemente impactadas, principalmente na aviação comercial, pela pandemia da Covid-19.

Durante o 4T20, a Embraer Aviação Executiva entregou o primeiro Praetor 600 de frota para a Flexjet, cliente frotista de lançamento dos modelos Praetor.

A unidade de negócios também anunciou uma colaboração com a Porsche para criar o Duet, composto por edições limitadas do jato Embraer Phenom 300E e do Porsche 911 TurboS.

Na Aviação Comercial, a companhia aérea nacional bielorrussa Belavia recebeu seu primeiro jato E195-E2.

Já a Congo Airways fez um pedido firme para dois jatos E195-E2, em edição ao pedido firme já existente para dois jatos E190-E2.

Este novo pedido firme foi incluído na carteira de pedidos do quarto trimestre de 2020 da Embraer.

A Embraer Defesa & Segurança entregou o quarto avião de transporte multimissão C-390 Millennium para a Força Aérea Brasileira (FAB) no quarto trimestre.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Todas as aeronaves encomendadas pela FAB estão preparadas para realizar missões de reabastecimento aéreo, com a designação KC-390 Millennium.

A Embraer também entregou à FAB as duas primeiras aeronaves modernizadas EMB 145 AEW&C, de Alarme Aéreo Antecipado e Controle e Alarme em Voo, designada na FAB como E-99.

Três aeronaves E-99 adicionais serão modernizadas como parte do contrato.

A Embraer anunciou também a conclusão e entrega da primeira conversão na Europa de um Legacy 450 em um jato Praetor 500 para um cliente não divulgado.

A conversão foi realizada no Centro de Serviços para Jatos Executivos da Embraer, no Aeroporto Internacional Le Bourget, em Paris, na França.

Resultado da Embraer no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da Embraer (EMBR3) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no 10 dia  de novembro, apresentou um prejuízo líquido de R$ 640 milhões, contra prejuízo de R$ 306,7 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda ajustado da empresa fechou negativo em R$ 40,7 milhões contra um resultado positivo de R$ 75 milhões um ano antes.

A margem Ebitda ajustada ficou negativa em 1% contra um resultado positivo de 1,6% um ano antes.  

As ações da Embraer (EMBR3) acumulam alta de 6,44% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 47,66% nos últimos 12 meses.