O que significa Efeito De Frequência?

O Efeito de Frequência, também conhecido como Fenômeno de Baader-Meinhoff, é considerado um viés cognitivo, relacionado ao viés atencional, e que ocorre frequentemente em nosso dia a dia.

O Efeito de Frequência ocorre após percebermos ou aprendermos algo que, em nossa vida, surge pela primeira vez onde começamos a identificar com mais frequência esse “algo novo” no dia a dia.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

O Efeito de Frequência (frequency illusion) pode acontecer quando:

  • Você acaba de ficar solteiro e começa a ver casais por todo o lugar;
  • Assiste uma série e começa a perceber pessoas comentando sobre ela constantemente;
  • Uma conhecida gravida e você começa a ver outras mulheres grávidas por toda parte;
  • Você compra um carro e começa a ver o modelo/cor do seu carro com mais frequência;
  • Você escuta uma música e daí em diante passa a escutar ela em muitos lugares.

Nosso cérebro tem preferência por padrões, com isso, ele conecta esses acontecimentos, gerando o que achamos que é coincidência.

Fazendo com que fiquemos mais sensíveis a palavras, situações ou imagens.

Achamos que há um aumento naquilo que acabamos de saber, ver ou ouvir, mas, na verdade, só começamos a perceber mais, prestar mais atenção.

O Efeito De Frequência e outros vieses

Sendo um viés cognitivo, o Efeito de Frequência tem relação com outros dois vieses, o atencional e o de confirmação.

O viés atencional é a predisposição que todos nós temos de decidir no que colocar nossa atenção, segundo nossas emoções.

Pois diferente do que pensamos, não tomamos decisões só com base na racionalidade, mas, também levamos em consideração questões emocionais.

O viés atencional ajuda muito a criar o Efeito de Frequência, visto que ele fixa sua atenção conforme suas emoções.

No exemplo do carro, não é porque você compra um carro de tal modelo que significa que irão existir mais carros daquele modelo do em períodos anteriores.

A não ser que tenha ocorrido uma mega promoção, os carros sempre estiveram ali, só que você não prestava atenção por não ser de sua vivência.

Mas agora seu cérebro é atraído por carros do mesmo modelo que o seu.

Já o viés de confirmação é um processo psicológico, onde o indivíduo busca por informações que confirmem ainda mais as suas opiniões.

Ou seja, o cérebro forma um raciocínio viesado a partir da coleta de julgamentos que você prediz serem os corretos. Esses julgamentos são guardados pelo cérebro como preferenciais.

Enquanto isso, os pensamentos e ideias contrárias às suas opiniões são descartadas ou mantidas em segundo plano, para que o acesso não seja tão rápido quanto os pensamentos que você acha serem corretos.

O viés de confirmação ajuda a preservar o Efeito de Frequência, pois você começa a achar que realmente passaram a existir mais carros do mesmo modelo do seu depois que você comprou.

E, percebido isso, seu cérebro começa a juntar fatos que comprovam sua ideia.

Todos esses fatores juntos, o viés atencional e o de confirmação com o Efeito de Frequência, viram um ciclo, onde um alimenta o outro.

O impacto do Efeito de Frequência nas finanças

Assim como outros vieses, o Efeito de Frequência tem a capacidade de mudar nossa percepção sobre as coisas, fazendo com que tomemos decisões equivocadas.

O Efeito de Frequência pode impactar negativamente na nossa vida financeira a partir do momento que tomamos aquilo que está acontecendo como certo.

Um exemplo disso seria nossa percepção do contexto econômico a partir do momento que recebemos a notícia de que nosso empreendimento tem grandes chances de entrar em crise.

Com base nisso, tornamos mais sensível a palavra “crise”, ou “recessão”, ou “colapso”, formando ideias de que, em um contexto geral, todos estão em crise.

Isso faz com que tenhamos expectativas negativas que nos levam a tomar decisões erradas, que não entram de acordo com o que realmente está acontecendo.

Dessa forma, é sempre bom procurar uma segunda opinião para nos auxiliar nas decisões.