O que é o Efeito da Primazia?

Primeiramente, devemos dizer que primazia, no nosso vocabulário, significa: de categoria superior. Que está em primeiro lugar; ocupa o lugar mais importante.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Esse efeito é um tipo de viés cognitivo em que os seres humanos apresentam tendências de aderir com maior facilidade das palavras positivas auferidas no início de uma conversa.

Em consequência, acredita-se que o mesmo ocorre para as palavras negativas.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Ou seja, o ser humano tem uma maior facilidade em se lembrar o que foi dito no início da conversa, seja ela uma informação positiva ou uma informação negativa.

Esse efeito pode trazer muitas consequências, tanto para quem está falando como para o ouvinte.

Veja bem, imagina uma conversa, em uma empresa, sobra à análise de desempenho de um funcionário.

Ora, a mesma análise pode trazer para o funcionário tanto uma crítica quanto um elogio, contudo, o que for dito primeiro pode ter maior força.

Portanto, em um feedback, uma das informações podem ficar relegadas ao fim da conversa, por isso a importância desse efeito tanto para o ouvinte quanto para quem está passando a informação.

Esse viés pode nos prejudicar em diversos relacionamentos, seja ele pessoal ou profissional, além da possibilidade de sermos manipulados por ele.

Fica claro que existem informações mais relevantes que outras em qualquer julgamento de personalidade. Ou seja, é fato que as informações dadas não trazem a mesma importância.

Os primeiros itens da uma informação de um julgamento tendem a ter maior importância dos percepientes em detrimento às últimas informações adquiridas. Esse efeito está diretamente ligado à formação de impressões.

Já foi analisado, através de estudos, que a mente humana detém uma maior memória para os itens apresentados no início da frase.

Ou seja, os itens apresentados primeiro tendem a ter uma maior influência sobre os posteriores, portanto, os adjetivos do início da frase influenciam a interpretação dos adjetivos apresentados no final da frase.

Dito isto, veremos nos próximos tópicos a influência do efeito primazia no dia a dia das pessoas.

A influência do Efeito Primazia no cotidiano

As pessoas estão a todo o momento emitindo julgamentos e tentando convencer as outras pessoas de tomarem determinadas decisões.

Isso vale tanto para os relacionamentos pessoais, sendo os pais tentando convencer os filhos de algo, como para a vida profissional, como, por exemplo, o poder de convencimento em uma entrevista de emprego.

Através do efeito primazia, podemos mudar a perspicácia de uma pessoa em detrimento de outra, ou, até mesmo, sobre uma oportunidade.

Ao nos referirmos a uma pessoa como “engraçada, simpática, inteligente, explosiva e confusa” traz um efeito diferente de caracterizá-la como “confusa, explosiva, simpática, inteligente e engraçada”.

Não importa se a fala é feita de forma consciente ou não, mas, a verdade, é que as opiniões sobre ela se tornam diferentes.

Podemos ver, no exemplo, que os adjetivos citados são os mesmos, porém, as palavras positivas conforme são auferidos por último ficam cada vez mais esquecidas.

Esse efeito está ligado diretamente no mundo dos negócios, por exemplo:

Quando um produto de uma empresa é avaliado na internet, pode haver inúmeros elogios, porém se os primeiros forem críticas, impactará diretamente na decisão de consumo de quem está pesquisando.

A influência do Efeito Primazia nos negócios

Podemos constatar que é válido e importante, antes de consumir algo, buscarmos informações sobre as avaliações dos produtos e empresas, contudo, quando essas forem tomadas como verdade absoluta, pode se tornar um erro.

Por exemplo, no caso da avaliação de uma empresa, como citado no tópico anterior, pode nos trazer uma falsa impressão, ou opinião. Isso também vale para algum produto.

De tal forma, a empresa pode tentar colocar as avaliações negativas no final da fila, fazendo com que quem esteja procurando informações forme uma falsa opinião sobre ela.

Então, neste caso, o cliente pode consumir um produto que não seja tão bom quanto ele achou que era.

O mesmo vale para o contrário. Quando o consumidor se depara com algumas críticas, antes dos vários elogios, ele pode deixar de consumir um bom produto, que iria atender suas necessidades.

Esses fatos acontecem devido ao efeito primazia, onde seu cérebro fixou melhor as primeiras opiniões.