A Cyrela Brazil Realty (CYRE3) comunicou no final da terça-feira que a Lavvi Empreendimentos Imobiliários S.A., sociedade da qual é acionista, pediu registro para oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a ser realizada no Brasil.

A operação prevê distribuição primária e secundária de papéis, e a Cyrela acrescentou que a sua na oferta, mediante a alienação de ações de emissão da Lavvi que sejam de sua titularidade, foi aprovada em reunião da diretoria.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Assim como o pedido à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para registro como emissora de valores mobiliários categoria A e para a oferta, a Lavvi submeteu à B3 pedido de listagem de suas ações no segmento Novo Mercado.

A Lavvi foi constituída em novembro de 2016, sendo uma joint venture formada entre a Cyrela e a RH Empreendimentos Imobiliários Ltda, com o objetivo de desenvolver projetos no segmento médio e alto padrão na cidade de São Paulo.

Atualmente, a Cyrela detém participação correspondente a 45% do capital social da Lavvi.

Resultado da Cyrela no Primeiro Trimestre de 2020

O resultado da Cyrela (CYRE3) no primeiro trimestre de 2020 (1t20), divulgado no dia 14 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 48,2 milhões, queda de -21,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já a margem líquida da Cyrela atingiu 6,3% no 1t20, apresentando retração de -1,1 p.p. na comparação com o 1t19.

As ações da Cyrela (CYRE3) acumulam alta de 16,41% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 23,47% nos últimos 12 meses.

Fonte: Reuters.