O que é contrato futuro?

Contrato futuro é um tipo de investimento do tipo derivativo, cujo preço é derivado do preço e volatilidade de um outro ativo específico.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Os contratos futuros são negociados através da Bolsa de Valores

No Brasil é a B3 (a bolsa de valores brasileira) que age como reguladora das operações.

Trata-se de contratos de compra e venda de um determinado produto ou moeda.

Através do contrato futuro, tanto o vendedor como o comprador se comprometem a negociar, numa data futura, uma determinada quantidade de um ativo financeiro ou real (commodities), a um preço específico.

Nestes casos, o preço e a data de vencimento do contrato são predeterminados no momento da compra.

O mercado que realiza os negócios de contrato futuro é chamado de mercado futuro.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Para que serve o contrato futuro?

O contrato futuro é um importante mecanismo para que as pessoas possam se proteger de flutuações futuras dos ativos.

Suponhamos que um agricultor teve todo o trabalho para plantar sua roça de milho. Ali ele teve custos com as sementes, aluguel do terreno, adubo, maquinário, mão de obra e consultoria.

Além disso, há o custo de oportunidade do investimento, que é o custo atrelado ao retorno de uma aplicação com ganho garantido, como um título público atrelado à Selic.

Dessa forma, o agricultor em questão calcula que só terá lucro se o seu milho plantado lhe for vendido à um preço mínimo de R$ 70,00 por saca de 60kg.

Para garantir este lucro, o agricultor vai no mercado futuro e realiza um contrato de venda futura de sua produção, ao valor de R$71,00. 

Assim, caso o preço do milho caia, o agricultor terá seu lucro assegurado, pois terá garantido sua venda ao preço de R$71,00 a saca de 60 kg.

O mercado futuro também é muito utilizado por aqueles que especulam na bolsa de valores, buscando ganhar dinheiro a partir da volatilidade dos ativos.

Como funciona o contrato futuro?

O funcionamento de um contrato futuro é mais facilmente entendido a partir de um exemplo.

Partindo do caso ilustrado acima, temos que o contrato feito pelo agricultor deverá ter algumas exigências atendidas para ser efetivado.

Primeiramente, para que o agricultor consiga firmar um contrato de venda de sua produção, será preciso encontrar outra pessoa disposta a comprar o seu milho.

Assim, um contrato futuro estabelece uma relação em que duas pessoas têm expectativas diferentes. 

Enquanto o agricultor tem receio de que o preço possa cair, o comprador acredita que o mesmo aumentará.

Além disso, para a realização do contrato, é necessário que alguém pague um valor, referente ao risco do contrato.

No mercado futurocontratos de compra e de venda.

A compra de um contrato dará ao comprador o direito de comprar ou vender um ativo, em uma data futura, pelo preço estipulado.

Já a venda de um contrato representa um dever ao vendedor de comprar ou vender um ativo, em uma data futura, por um preço predeterminado, à pessoa que comprou aquele contrato

Neste caso, quem compra o contrato (de compra ou venda) paga uma taxa, cujo preço é derivado do valor do ativo e de sua volatilidade esperada. 

Este valor pago será recebido pelo vendedor do contrato (que poderá ser de compra ou venda) como um prêmio por assumir o risco.

Em suma, o comprador paga o preço pois estará adquirindo um direito, enquanto que o vendedor receberá o valor por estar vendendo o direito à outro. 

No mercado futuro, quem vende um contrato de compra está vendendo a obrigação de vender

Já quem vende um contrato de venda está vendendo a obrigação de comprar.

A B3 é a responsável tanto pela fiscalização do processo, quanto pelas garantias de que o contrato será honrado.

A B3 também determina quais serão as características padronizadas do contrato futuro

Tudo isso para evitar problemas, caso a entrega física seja necessária. 

É importante ter em mente que apenas uma pequena parcela (a minoria) dos contratos futuros têm liquidação física.

Quando a data de vencimento chega, o comprador do contrato poderá escolher se executará ou não o negócio.

Caso o negócio seja executado, o vendedor do contrato terá um prejuízo referente à seguinte conta:

(valor requisitado para comprar o ativo negociado no contrato futuro) - (valor recebido do comprador no início da operação)

Caso o negócio não seja executado, o vendedor do contrato terá um lucro referente ao valor que recebeu do comprador no início da operação.

Como ganhar dinheiro no mercado futuro?

Sabendo que o contrato futuro é negociado na bolsa de valores, os vendedores e compradores podem negociar seus deveres e direitos no mercado futuro.

O preço do contrato oscila de acordo com a variação do preço do ativo no mercado futuro, por isso o nome de derivativo.

No exemplo do agricultor, caso o preço do milho suba, o valor do contrato também valorizará, pois aquele contrato dará o direito de comprar algo por um preço mais baixo.

Isso representa um lucro para quem comprou um contrato de compra, mas um prejuízo para quem comprou um contrato de venda.

Por outro lado, a valorização do milho representaria prejuízo para quem vendeu um contrato de compra, e um lucro para quem vendeu um contrato de venda.

No nosso exemplo do agricultor, caso o milho se valorize, ele terá prejuízo no mercado futuro, pois o valor pago pelo seu contrato futuro não virará pó.

Neste caso, não valerá a pena executar um contrato para vender o milho mais barato quando, na verdade, poderá vender mais caro no mercado.

Quem ganhará nesta operação será a pessoa que vendeu o contrato, pois embolsará o valor pago pelo comprador no início da operação.

O mercado futuro é complicado de entender, mas, uma vez compreendido as várias operações possíveis, fica fácil para o investidor operar neste ramo.

Caso tenha interesse em aprofundar seu conhecimento neste tema, temos aqui mais informações sobre o funcionamento do mercado futuro.