Saber a hora certa de entrar e sair de um ativo é crucial para evitar prejuízo, aproveitar novas oportunidades e ter um resultado acima da média no mercado financeiro.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O sonho de praticamente todos os investidores é saber quando comprar e quando vender uma ação, mas sua própria mente pode jogar contra você!

A regra geral diz: "Comprar na baixa e vender na alta", esta é a melhor atitude para ganhar dinheiro com ações.

Assim, você aproveita os momentos de boas ofertas para adquirir ativos por menos do que valem e lucra quando eles se valorizam.

Parece simples, mas a ansiedade por achar que sempre está deixando o bonde passar, pode te levar a tomar decisões erradas e arruinar sua vida financeira.

Pode inclusive te fazer especular no mercado financeiro e realizar muitos movimentos com o dinheiro que minam o seu lucro.

Então, se você espera uma fórmula mágica para saber o momento certo de entrar ou sair de um ativo, sinto muito te decepcionar.

Não existe um padrão universal, afinal, são muitos fatores envolvidos, especialmente em relação aos seus objetivos, perfil de investidor, momento econômico e perspectivas futuras para a empresa investida.

Tentar cronometrar o mercado é um erro, mas existem algumas premissas que você deve analisar para te ajudar nas decisões e se sair bem para chegar mais perto de saber a hora certa de entrar e sair de um ativo.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

A hora certa não existe

No dia a dia, a bolsa de valores parece se comportar como uma montanha russa, cheia de altos e baixos.

Um dia você está no alto, feliz com os ganhos, no outro vem o frio na barriga devido às perdas momentâneas. 

Esse é o comportamento do mercado acionário no curto prazo. A volatilidade sempre vai existir e é dela que vem os grandes resultados e também as grandes perdas.

Se o objetivo é conseguir se antecipar aos fatos e acertar na decisão, a verdade é que não há como identificar o melhor momento para investir ou se desfazer de suas posições, nem mesmo para um especulador profissional com a mais alta tecnologia.

Então, se você, assim como eu, investe pensando no médio e no longo prazo, deve sempre analisar a empresa, os múltiplos e focar no seu objetivo.

No longo prazo são os fundamentos que realmente importam para o faturamento das empresas e para o bolso do investidor.

Por isso, se você analisou os indicadores da empresa e acredita que a companhia tem o potencial de crescer ou de permanecer boa por muito tempo, não se preocupe com as oscilações diárias, semanais ou mesmo mensais da bolsa de valores. 

Para alcançar a independência financeira é preciso ter paciência, disciplina, estratégia e uma mentalidade financeira de longo prazo para suportar as oscilações no curto prazo.

Conhecer o perfil de investidor é fundamental. Baseado nele, você consegue fazer a melhor alocação de ativos possível para sua realidade e seus objetivos.

Mesmo que não exista a hora certa, existem os melhores momentos econômicos para comprar e vender os ativos, sobretudo na bolsa de valores, e que vão te dar mais confiança.

Para ter sucesso nos investimentos em ações não especule, invista pensando no longo prazo, mas não ignore as flutuações do mercado.

Quando comprar uma ação?

Você deve comprar uma ação quando enxergar bons fundamentos e motivos relacionados ao negócio, sobretudo, quando a empresa estiver precificada a menos do que deveria estar valendo.

Preço abaixo do valor “real”

A melhor hora para comprar uma ação é quando seu preço não reflete sua grandiosidade. Ou seja, quando está sendo negociada por um preço abaixo do que se considera justo.

Um bom momento para isso geralmente acontece depois de uma série de quedas do mercado.

Para identificar se o preço da ação está abaixo do que ela realmente vale utilizamos o valuation

Por exemplo, um analista fez uma avaliação da ação X e identificou que o preço justo, aquele que a ação deveria estar valendo é R$ 40. 

Se na bolsa ele está abaixo disso, dizemos que o ativo está subvalorizado e que pode ser uma oportunidade de compra. 

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Quando vender uma ação?

Para a decisão de vender uma ação os critérios são os mesmos.

Lembre dos motivos que o fizeram comprar o papel, eles ainda estão presentes?

Se identificar que alguns desses motivos (ou todos eles) não são mais os mesmos, talvez seja hora de se desfazer da posição.

Da mesma forma, a venda de uma ação deve acontecer quando ela chega a uma precificação considerada cara.

Considerando o mesmo exemplo anterior, se o ativo agora está a R$ 40, reanalise e verifique se ainda tem potencial para crescer. Caso não tenha, o caminho é a saída deste investimento. 

Isso também vale para o lado oposto. Se o ativo caiu para R$ 20 e, por análise de valuation, o analista percebeu que a saúde financeira do negócio piorou muito, a ponto da ação valer R$ 12, deverá sair também.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Estratégia do preço médio em ações

Comprar ações quando o mercado está em queda é como entrar em uma loja em liquidação, é possível encontrar verdadeiras pechinchas.

No entanto, ao contrário da loja, o mercado não avisa quando ele está em liquidação. Tentar prever a hora certa é quase impossível. 

Assim, uma das estratégias de investimento mais inteligentes, quando você acredita no potencial da empresa, é comprar as ações frequentemente, independentemente da oscilação de curto prazo do papel para fazer um “preço médio”.

Dessa forma, você evita errar o momento de entrada e o custo de aquisição acaba sendo mais equilibrado.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Esqueça a multidão e foque na sua estratégia

Não tente adivinhar a hora certa de entrar ou sair do mercado, pois ninguém consegue prever o futuro.

Portanto, uma alta ou uma baixa no mercado não é motivo suficiente para comprar e vender ativos.

A melhor estratégia para ter sucesso nos investimentos é:

  • Se planejar;
  • Manter um risco/retorno saudável para o seu dinheiro;
  • Investir pensando no longo prazo.

Para isso, é preciso paciência e disciplina. Não precisa grandes movimentações no portfólio, mas pouco se fala disso.

Afinal, grandes instituições financeiras lucram muito com taxas e comissões quando você compra ou vende ativos. 

Inclusive, muitos profissionais incentivam você a comprar e vender, sem nenhuma estratégia, afinal, é do interesse deles fazer com que movimente seu dinheiro o máximo possível.

As únicas pessoas que lucram com muitas negociações e ativos desconexos são as instituições e seus assessores de investimentos.

Se você investir regularmente, mantiver o seu portfólio balanceado e seguir o seu perfil de investidor, é bem provável que a sua trajetória no mercado seja prazerosa.

Nem sempre é fácil, mas os benefícios do final podem ser enormes. 

Você também não precisa seguir sozinho, estamos aqui para te acompanhar nela.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Com o Guiainvest Wealth você sabe se os ativos continuam bons ou não, pois terá à sua disposição um serviço de recomendação das melhores oportunidades e dos melhores momentos para entrar e sair de um ativo.

Tudo isso com um plano personalizado e exclusivo para que você atinja seus objetivos da melhor e mais rentável forma.

Esqueça as movimentações excessivas e sem sentido e os investimentos que não estão de acordo com o que busca.

Fique tranquilo sabendo que você tem profissionais experientes cuidando do seu patrimônio e te ajudando nas suas decisões financeiras sem conflito de interesses!

Para saber o que fazer com seu dinheiro, responda essa pesquisa rápida e, baseado nas suas respostas, você receberá minha orientação profissional.

Leva menos de um minuto! Você não tem nada a perder, basta entrar neste link para a pesquisa.

Informe o DDD + 9 dígitos