Características dos Fundadores de Startups Bilionárias
| ,

Pesquisa Revela as Características dos Fundadores de Startups Bilionárias

O investidor de risco Ali Tamaseb quer acabar com algumas ideias que temos relacionadas aos fundadores de startups de sucesso.

Por
Atualizado em 27/05/2021

Existem muitos estereótipos das características dos fundadores de startups que os tornariam bem-sucedidos e de como outros elementos envolvidos podem levar ou não a uma empresa bilionária. 

O que te vem à cabeça quando pensa em um fundador de uma startup de sucesso?

Um visionário que criou um novo mercado, um gênio que abandonou a faculdade para apostar no seu sonho, um jovem que enfrenta ou enfrentou um problema pessoal?

Embora algumas startups de bilhões de dólares correspondam a esses estereótipos, a maioria delas não. 

Nem todos os fundadores são como Mark Zuckerberg, Jack Dorsey e Bill Gates, por exemplo, que deram o pontapé em seus projetos aos 20 e poucos anos.

“Muito da nossa percepção sobre como são fundadores e empresas de sucesso vêm dos exemplos mais famosos. As pessoas acham que sucesso ou fracasso se parecem com os 5 ou 10 exemplos que viram”.

É o que diz Ali Tamaseb, investidor de risco que usou os dados para descobrir que a maior parte da sabedoria convencional sobre o sucesso de uma startup está errada.

Tamaseb passou quatro anos coletando manualmente um dos maiores conjuntos de dados já compilados em startups, tentando entender o que diferencia aqueles que acabam alcançando resultados de bilhões de dólares do resto

O resultado está em seu novo livro: “Super Founders: What Data Reveals about Billion-Dollar Startups”, (Super Fundadores: o que os dados revelam sobre startups bilionárias, em tradução livre).

Segundo ele, os resultados podem dissipar alguns mitos e revelam novos insights para compreender o sucesso e as características de fundadores que recebem milhões de capital de risco.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

O que os dados revelam sobre startups que alcançam avaliações bilionárias

O autor do livro, Ali Tamaseb, é sócio da firma de capital de risco de tecnologia DCVC, que investe em startups de alta tecnologia e possui mais de US$ 2 bilhões em ativos sob gestão.

Por conta do seu trabalho ele começou a se questionar como eram as startups de bilhões de dólares quando estavam começando.

Suas principais perguntas sem resposta incluíam:

  • Quantos concorrentes eles tinham quando começaram?
  • Os fundadores tinham experiência de trabalho no mesmo setor / indústria? Quantos anos de experiência geral de trabalho eles tinham?
  • Os fundadores já trabalhavam em uma startup antes como funcionários? Eles foram fundadores antes? A tentativa anterior foi bem-sucedida?
  • Eles passaram por um programa de aceleração?
  • Quanto tempo levou desde o início até o recebimento do primeiro cheque?

Vendo mais de mil novas empresas a cada ano, ele teve a sensação de que alguns dos estereótipos que fazemos dos fundadores de startups bilionárias estavam errados. 

Como os dados públicos são limitados, Tamaseb decidiu ir mais fundo e entender melhor os fundadores e o cenário de negócios.

Então, passou a coletar esses dados sozinho, vasculhando arquivos da Internet, entrevistas, revisando milhares de perfis do LinkedIn e do Crunchbase e enviando e-mails para os fundadores.

Tamaseb diz que coletou mais de 30.000 pontos de dados e incluiu empresas privadas e públicas com avaliações de bilhões de dólares, bem como empresas cujas aquisições as trouxeram a esse valor.

Foram quatro anos para decifrar quais características são realmente as verdadeiras diferenciadoras. 

Algumas de suas descobertas foram publicadas em seu blog em 2018. O post se tornou viral e atraiu a atenção de muitos participantes da indústria. 

Ele então decidiu expandir esse trabalho em um livro: “Super Founders: What Data Reveals about Billion-Dollar Startups”.

Banner will be placed here

Idade média dos fundadores

Os dados coletados por Ali Tamaseb mostraram que a idade média em que os fundadores iniciaram seus negócios de bilhões de dólares é de 34 anos.

Isso vai contra dois estereótipos comuns:

De que a maioria das grandes startups é criada por jovens de 20 e poucos anos que tiveram uma ideia na faculdade;

Ou por pessoas com muitos cabelos grisalhos e décadas de experiência no setor.

“Os dados mostraram uma ligeira vantagem para os fundadores mais jovens na criação de empresas de maior valor, mas nada estatisticamente substancial”, diz Tamaseb.

Isso significa que, quando se trata de construir uma start-up de um bilhão de dólares, “a idade não importa”, diz ele.

Por outro lado, não significa que a experiência de trabalho não afeta o sucesso.

Tamaseb também descobriu que dois terços dos fundadores de unicórnios com 34 anos ou mais haviam fundado outra empresa antes de seu negócio de bilhões de dólares. 

Portanto, o sucesso não aconteceu da noite para o dia.

“Todos eles têm uma história. Todos eles têm um passado. Em média, eles têm mais de uma década de experiência de trabalho”, afirma.

Os fundadores de startups de bilhões de dólares eram, em média, também mais escolarizados. 

Havia mais detentores de PhD entre os fundadores de startups de bilhões de dólares do que entre os desistentes.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Número de cofundadores

Ter 2 ou 3 cofundadores é o mais comum entre startups bilionárias, no entanto, é importante observar que 20% de todas as startups de sucesso tiveram um fundador solo.

O número de cofundadores não está correlacionado com o sucesso. 

Mesmo as startups com quatro ou cinco cofundadores não eram mais ou menos prováveis ​​do que aquelas com um ou dois cofundadores de abrir empresas de bilhões de dólares. 

Experiência no setor

Existe um mito de que os fundadores precisam ter vivido pessoalmente o problema que estão resolvendo, mas a maioria das startups de bilhões de dólares foram movidas por oportunidades.

Os dados mostraram que a maioria dos fundadores de unicórnios não tinha experiência no mesmo setor.

Com exceção das startups de saúde e biotecnologia, apenas 30% dos fundadores de startups de tecnologia ou consumo haviam trabalhado anteriormente no mesmo setor

Habilidades pessoais, como gerenciamento, vendas e networking foram os fatores mais importantes para o sucesso. 

Concorrência

Ao contrário da crença popular, a competição não é uma coisa ruim. 

85% das startups de bilhões de dólares tinham concorrentes quando foram fundadas e 50% estavam competindo com grandes empresas da velha escola. 

Na verdade, as empresas com grandes concorrentes tinham maior probabilidade de se tornarem unicórnios. 

A Zoom, por exemplo, atingiu uma avaliação de um bilhão de dólares seis anos após sua fundação, apesar da forte concorrência de empresas como Cisco (CSCO34) e Microsoft (MSFT34).

No entanto, as startups que competem com outras startups altamente financiadas têm menos probabilidade de se tornarem unicórnios. 

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

O que os super fundadores têm em comum

Os dados mostraram que a característica mais significativa entre os fundadores de startups de bilhões de dólares é uma história de empreendedorismo, seja a construção de uma empresa, uma atividade paralela ou um projeto menor. 

Aqueles que criaram algo que gerou valor – mesmo em pequena escala que seria considerada um fracasso no mundo do capital de risco – eram mais propensos a fundar empresas de bilhões de dólares do que aqueles com currículos brilhantes cheios de marcas, empregadores e universidades. 

Esse foi o caso dos fundadores do Stripe, Honey, Clubhouse, Calm, Uber (U1BE34) e Airtable.

No geral, Tamaseb espera que as pessoas esqueçam todos os mitos e que os empresários comecem a “sair, construir, repetir”, diz ele. 

Segredo da Riqueza
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE

3 Melhores Ações para Você Investir Hoje

Relatório revela 3 empresas com enorme potencial de valorização e pagamento de dividendos.

 

Baixe agora mesmo e 

descubra que ações são essas.