O que é Call - chamada de operação

Call - chamada de operação é um termo utilizado no mercado financeiro para se referir a uma opção, ou um acordo, que oferece ao seu detentor o direito de adquirir uma ação pelo preço de contrato.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Dito de outra forma, Call é uma chamada de operação dentro do mercado de opções, especificamente opções de compra de um ativo objeto, como ações, commodities, entre outros negociáveis.

Dessa forma, a Call está relacionada com outros conceitos importantes do mercado financeiro, como mercado de opções, ativo objeto, opções, direito de compra e outros.

Esse termo é muito comum no mercado financeiro, tanto para investidores iniciantes quanto para investidores mais experientes, pois permite que o investidor participe do mercado de opções. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona Call - chamada de operação

Para elucidar o que é uma Call, é preciso primeiramente recordar o que são opções, bem como o Mercado de Opções.

O mercado de opções é o espaço da Bolsa de Valores destinado à negociação de direitos de compra ou venda de um ativo por um preço e prazo pré-definido. 

Em termos práticos, é uma forma do investidor se proteger das oscilações e da volatilidade dos preços no mercado, fixando um preço para comprar ou vender um ativo.

As opções, portanto, são os contratos negociados no mercado de opções que dão os direitos de compra ou venda de um lote de ações por um preço já fixado, preço de exercício ou strike.

Sendo assim, o objeto de negociação, o chamado ativo subjacente, pode ser um ativo financeiro, uma moeda, ações, commodities e outros. 

Denomina-se Call as opções de compra que dão ao comprador o direito de adquirir um ativo, como ações, commodities e moedas, por um preço determinado e em uma data futura.

Dessa maneira, no vencimento da Call, o comprador poderá, ou não, exercer seu direito de comprar o ativo pelo valor acordado. Já o vendedor é obrigado a vender o ativo.

Isso significa que o vendedor obrigatoriamente deverá vender o ativo, independentemente de oscilações. Por outro lado, o comprador poderá analisar se o preço está vantajoso antes de concluir a Call.

É comum que as opções Call sejam compradas quando há uma expectativa de alta, pois se valorizam com a alta do ativo subjacente. Por outro lado, geralmente são vendidas quando há expectativa de queda.

Para que serve Call - chamada de operação

Opções de compra, normalmente, visam dois cenários: proteção e especulação.

No primeiro caso, a opção garante a compra de um ativo a um preço definido, além de não ser obrigatória. Isso, sem dúvida, reduz o risco para qualquer investidor.

No segundo caso, o investidor pode utilizar uma opção para identificar um ativo com bom potencial de valorização. Com uma opção de compra a um preço menor, ele poderá comprar em períodos futuros determinados ativos.

Call - chamada de operação e Put

Conforme mencionado, a Call é uma opção presente no mercado de opções, no entanto, não é a única. O outro tipo de opção, oposto a Call, é conhecido como Put, logo, uma opção de venda.

Um investidor que adquire uma opção de tipo Put terá o direito de vender o ativo a ela atrelado por um preço e data determinados em acordo. 

Nesse caso, a obrigatoriedade se inverte: quem compra a opção tem o direito de vender, enquanto quem vende tem a obrigação de comprar.

Além disso, se nas compras de opções de Call temos uma expectativa de alta, nas compras de opções de Put há expectativa de queda, tornando-se mais valiosas conforme os ativos atrelados caem.

Em síntese, a melhor opção a ser comprada dependerá sempre do momento em que se encontra o ativo. No entanto, de qualquer maneira, as opções podem ser muito úteis para investidores que buscam bons retornos.