O que é Burocracia

Burocracia

O que é Burocracia. Entenda melhor o conceito de Burocracia e descubra sua importância!

O que é Burocracia

Burocracia é uma estrutura de organização, pública ou privada, composta por um aparato técnico-administrativo, que se caracteriza por regras e procedimentos próprios, bem como profissionais especializados e selecionados por critérios racionais.

De maneira menos formal, a burocracia são as instâncias de determinadas organizações que, a partir de suas regras e procedimentos, cuidam da administração técnica e de outros processos importantes de um sistema, público ou privado.

No entanto, vale ressaltar que, a despeito da definição formal de burocracia, o senso comum costuma atrelar esse termo a outras situações, como o excesso de normas legais, entraves administrativos e impostos estatais.

Independentemente dessa alteração de significado ou mesmo das conotações negativas, a burocracia será sempre o meio ou a forma como se administra algo, e não o conteúdo ou o fim de algum processo.

Banner will be placed here

Como funciona Burocracia

Se a Burocracia é a forma de se organizar, ela sempre existiu, independentemente do período histórico a ser considerado. 

Contudo, é nítido que a burocracia do tempo dos reinos não é a mesma que a burocracia moderna. Nesse momento entra em cena um sociólogo alemão chamado Max Weber, o principal teórico da burocracia

Ele elaborou um conceito de burocracia baseado em elementos jurídicos do século 19 a fim de indicar funções da administração pública, que era guiada por uma especificidade nas normas, atribuições e critérios de seleção.

Para ele, a burocracia moderna atingiu o maior nível de racionalidade. Ela se diferencia por ter sete princípios fundamentais:

  • Impessoalidade – os funcionários executam suas funções independentemente de opiniões ou interesses pessoais, sendo inflexíveis com pedidos desviantes
  • Separação entre Propriedade e Administração – o corpo de funcionários dessa estrutura não tem a posse dos instrumentos ou da administração como um todo
  • Competência Técnica – os funcionários devem ser contratados conforme critérios objetivos e segundo sua função
  • Previsibilidade de funcionamento – o comportamento de todos os funcionários deve seguir as regras já formalizadas
  • Divisão de Trabalho – cada indivíduo executa sua função específica dentro da estrutura
  • Hierarquia – a organização é dotada de critérios hierárquicos, com autoridades que supervisionam, orientam e advertem os subordinados
  • Formalização – as regras estão estipuladas em determinado documento a fim de não existir confusões ou más interpretações dos procedimentos

Todos esses fatores levam Weber a crer na eficiência, rapidez, eficácia e racionalidade do trabalho da administração moderna frente às administrações regidas por atitudes despóticas ou personalistas.

Vantagens Burocracia

Embora o senso comum atrele burocracia à disfunções e resultados negativos, é inegável que seu surgimento foi um avanço importante para a organização racional das funções do Estado.

As vantagens são várias: seu caráter racional e impessoal, precisão nas funções, agilidade nas decisões, confiança, previsibilidade e uniformidade dos procedimentos.

Desvantagens Burocracia

Por outro lado, o senso comum sobre a burocracia não deixa de ter razão acerca de seus problemas. Muitas das vezes a estrutura parece servir mais para a acomodação de funcionários do que para a eficiência.

Algumas das desvantagens da burocracia são: formalismo em excesso, resistência a mudanças, autoritarismo formal, pouca flexibilidade e dificuldade de atendimento com o público.

Burocracia no mercado financeiro 

No âmbito do mercado financeiro, os entraves burocráticos dominam qualquer discussão sobre a burocracia. 

Nesses casos, são considerados problemas a estrutura tributária, como o imposto de renda, excesso de procedimentos e a lentidão no atendimento de processos.

Embora esses problemas sejam recorrentes, os órgãos reguladores do mercado financeiro e de capitais são bons exemplos de uma burocracia que, como qualquer uma, tem sua importância.

Esses órgãos têm como responsabilidade a garantia do melhor, mais justo e mais seguro funcionamento do mercado, criando regras e fiscalizando junto às atividades de investidores.

Dessa forma, independentemente dos problemas práticos, é importante saber identificar a importância da burocracia no cotidiano, pois é o conjunto desses órgãos que garante a realização dos processos.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE