Bradesco (BBDC4) Fecha 372 Agências no 3º Trimestre
| , ,

Bradesco (BBDC4) Fecha 372 Agências no 3º Trimestre

O número de demissões chegou em 853 e o total de funcionários era de 95.934 ao final de setembro.

Por
Atualizado em 29/10/2020

Reduzindo seus custos e reagindo à digitalização, o Bradesco (BBDC4) fechou 372 agências no terceiro trimestre do ano. Ao final de setembro, eram 4.167 agências físicas.

O número de demissões chegou em 853 e o total de funcionários era de 95.934 ao final de setembro.

Banner will be placed here

As despesas operacionais do Bradesco, entretanto, aumentaram 2,3% no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores, atingindo R$ 11,724 bilhões.

O banco aponta que o número foi impactado pelo aumento de 1,4% nas despesas com pessoal, para R$ 4,9 bilhões, por conta do acordo coletivo.

As despesas administrativas, o aumento de 1,3% do trimestre, para R$ 5,035 bilhões, está concentrado em custos variáveis e relacionados ao volume dos negócios, impactados em parte pela maior quantidade de dias úteis (4 dias úteis a mais que o trimestre anterior).

Já a linha de outras despesas operacionais, que subiram para R$ 1,789 bilhão no terceiro trimestre, de R$ 1,656 bilhão no segundo trimestre, reflete as maiores despesas com constituição de provisões operacionais (cíveis e fiscais), sinistros e despesas com comercialização de cartões.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado do Bradesco no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado do Bradesco (BBDC4) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 28 de outubro, apresentou um lucro líquido de R$ 5,0 bilhões, queda de -23,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O índice de basiléia do Banco Bradesco em setembro de 2020, totalizou 15,1%, apresentando retração de 3,0 pontos percentuais na comparação com setembro de 2019.

As ações do Bradesco (BBDC4) acumulam queda de 3,31% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 35,27% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE