O que é amplitude

Amplitude basicamente é a diferença de preços no mercado que um determinado produto pode acabar atingindo em um período de tempo.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

A amplitude pode ser positiva ao calcular uma retração de alta (onde o cálculo é feito no pico da negociação) e pode ser negativa ao calcular uma retração de baixa.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Principais características da amplitude

A amplitude possui algumas características que a define melhor em relação a outras práticas do mercado de capitais. Em relação às suas principais características, podemos ressaltar:

  • A amplitude das finanças mede a variação do preço de um determinado título durante um período de tempo;
  • Normalmente a amplitude acaba analisando o preço de um título desde o começo dele, até meio e por fim o topo da crista;
  • Ao analisarmos o caminho da amplitude de baixo pra cima, ela é definida como positiva; porém, ao analisarmos de cima para baixo, acaba se tornando negativa.
  • Observar a mudança do preço ao longo do tempo é importante para o investidor para que ele perceba que os participantes do mercado acabam entendendo a volatilidade do título.

Essas são algumas das principais características sobre a amplitude do mercado financeiro que valem a pena serem ressaltadas, devido sua importância.

Compreendendo a amplitude

A amplitude é uma prática do mercado financeiro que acaba permitindo a estimativa de volatilidade de um determinado título existente.

Portanto, quanto maior for a amplitude, seja negativa ou positiva, mais volátil acabará sendo no fim das contas o título considerado pelo investidor.

Vale ressaltar que, o nível de volatilidade pode acabar denotando a quantidade de risco existente em um determinado investimento financeiro.

É de suma importância que o investidor acabe conhecendo todas as nuances da prática da amplitude no mercado financeiro, pois facilita muito sua vida empresarial.

Considerando o que foi dito, podemos afirmar logo abaixo pelo o que o fim das contas é constituído um pico ou vale na amplitude financeira.

Pico ou vale na amplitude financeira

Um pico no mercado financeiro é a definição do preço mais alto atingido por um determinado produto durante um certo período de tempo.

Sabendo disso, devemos ressaltar que o pico acaba ocorrendo em diferentes períodos de tempo, podendo ser incitado por eventos econômicos, o que é refletido na bolsa de valores.

O vale acaba sendo o oposto do pico. Ele acaba representando o momento em que o produto acabou tendo a sua maior baixa em um determinado período.

Ao relacionarmos o vale com o Produto Interno Bruto (PIB) de um país, podemos afirmar que esse termo acaba se referindo a um momento de grande crise econômica do país.

Como determinar a amplitude em relação à picos e baixas

A amplitude, no fim das contas, acaba representando a diferença entre o ponto médio do pico do mercado financeiro e a sua depressão em um curto espaço de tempo.

Cada ponto médio da amplitude é definido ao encontrar a diferença entre os dois extremos existentes, como os picos e as depressões.

A linha média, no fim das contas, pode acabar residindo em zero nos casos em que o valor positivo e negativo acabam sendo possíveis para o investidor.

Em outros casos, a linha média pode simplesmente acabar representando o preço médio de um título existente no mercado financeiro.

Vale ressaltar que, a amplitude acaba sendo calculada subtraindo um ponto médio existente por outro no mercado financeiro.

A amplitude é uma prática do mercado financeiro que serve como um excelente guia para o investidor saber como estão as ações do mercado financeiro e se compensa de fato investir em determinados títulos.

É imprescindível o seu estudo para que o investidor consiga independência financeira no âmbito empresarial e pessoal.