O que é aluguel de ações

O aluguel de ações consiste basicamente no empréstimo de ativos financeiros para uma outra parte envolvida na negociação que tem o seu interesse.

Esse conceito é bem semelhante a outras práticas comuns de aluguel, com a diferença de que nessa prática os ativos são aplicados de forma direta no mercado financeiro.

Para exemplificar melhor essa prática, imagine que o dono de algum imóvel deseje emprestá-lo a alguém em troca de um valor decidido entre ambas as partes.

Em relação à troca do aluguel de ações, o empréstimo já possui um prazo estipulado previamente e a remuneração obtida é o equivalente a uma taxa de juros.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Funcionamento do aluguel de ações

Assim como as várias modalidades de aluguel, o aluguel de ações é uma modalidade do mercado financeiro que exige que pelo menos duas pessoas estejam aptas para a negociação.

Considerando o que foi dito, de um lado temos o proprietário das ações a serem alugadas, e do outro o interessado em alugar essas ações para procedimentos financeiros.

Geralmente, o dono das ações tende a realizar a locação delas em algum momento que considera que elas estão sendo valorizadas.

Em relação ao tomador das ações, ele busca geralmente obter uma destas ações para realizar operações de descoberta em operações financeiras, e tentar obter um lucro em cima do empréstimo obtido.

Para que o aluguel das ações seja feito com êxito, é necessário que o tomador das ações acabe por oferecer algumas garantias para o doador delas, além de um valor estipulado pelo empréstimo.

Vantagens do aluguel de ações

O aluguel de ações acaba por oferecer diferentes vantagens para o doador e tomador de ações. Sendo assim, vale destacar algumas de suas vantagens para o doador de ações.

  • Rentabilidade - uma das maiores vantagens obtidas que é possível obter com o aluguel de ações é a sua rentabilidade obtida durante o processo, que pode crescer exponencialmente a longo prazo;
  • Segurança - a operação de alugar ações é extremamente segura, visto que é realizada por meio da Bolsa de Valores, e se torna ainda mais à medida que o tomador do empréstimo oferece garantias;
  • Direitos dos ativos - vale ressaltar que o ato de alugar ações não altera o proprietário das ações, pois, o direito dos ativos continua a pertencer ao proprietário das ações.

Em relação ao tomador de ações, existem algumas outras vantagens que merecem destaque, as suas principais são:

  • Operações de curto prazo - uma das vantagens para o tomador de ações envolvido numa operação referente ao aluguel de ações é o fato de ser uma operação a curto prazo que gera um lucro considerável;
  • Oscilação do mercado - devido ao mercado financeiro estar sempre oscilando, a prática de adquirir ações por meio de um aluguel se mostra extremamente viável para realizar operações financeiras.

Essas são algumas das principais vantagens referentes ao aluguel de ações no mercado financeiro, uma prática que tem sido muito procurada por investidores da bolsa de valores.

Riscos do aluguel de ações

Em relação aos riscos no aluguel de ações, é importante salientar que ela não oferece nenhum empecilho para o doador e tomador das ações, pois a ação é fiscalizada pela Bolsa de Valores.

Além disso, é necessário que o proprietário dos ativos defina um preço ideal para o aluguel de suas ações, caso estipule um valor fora do orçamento do tomador de ações pode acabar afastando possíveis interessados.

Em relação ao tomador de ações, existem alguns riscos que inevitavelmente podem ocorrer, como por exemplo os juros do aluguel serem maiores do que o esperado, gerando dessa forma prejuízo para o investidor.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o que é aluguel de ações, consulte o artigo completo sobre aluguel de ações.