Das 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos da Forbes deste ano, 56 são mulheres. Embora o número permaneça o mesmo do ano passado, elas estão US$ 100 bilhões mais ricas. Juntas, valem um total de US$ 564 bilhões.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Pelo sétimo ano consecutivo, a herdeira do Walmart, Alice Walton, é a mulher mais rica dos Estados Unidos com um patrimônio líquido estimado pela Forbes em US$ 67,9 bilhões.

Pela lista, ela está US$ 5,6 bilhões mais rica do que no ano passado como resultado do aumento de 13% nas ações do Walmart.

MacKenzie Scott, ex-cônjuge do fundador da Amazon (AMZO34), Jeff Bezos, é a segunda mulher mais rica pelo segundo ano consecutivo. 

Mesmo após ter doado US$ 8,6 bilhões para cerca de 780 organizações sem fins lucrativos, seu patrimônio líquido aumentou em US$ 1,5 bilhão por conta das ações da Amazon.

Elas não foram as únicas a ficarem mais ricas desde o ano passado. Mais de 90% das mulheres da lista de 2021 da Forbes 400 viram seus patrimônios aumentarem.

Quem mais ganhou foi a presidente-executiva da Fidelity Investments, Abigail Johnson, cujo patrimônio líquido aumentou impressionantes US$ 10 bilhões.

Outro grande salto na fortuna foi de Laurene Powell Jobs, viúva do visionário Steve Jobs da Apple, depois da valorização de 66% nas ações da Apple (AAPL34) e de 53% nas ações da Disney (DISB34).

Embora o número total de mulheres membros permaneça o mesmo, houveram quatro trocas da classificação do ano passado. São três recém-chegadas e uma repatriada. 

Oprah Winfrey saiu da lista depois de 26 anos. A cofundadora da varejista Gap, Doris Fisher e as irmãs herdeiras de imóveis Amy Goldman Fowler e Diane Kemper também caíram.

Entre as recém-chegadas na lista de mulheres mais ricas dos EUA estão Melinda French Gates, após receber bilhões em ações públicas como parte de seu divórcio do cofundador da Microsoft (MSFT34), Bill Gates.

Além de Miriam Adelson, que herdou a participação de seu falecido marido Sheldon Adelson no império de cassinos Las Vegas Sands e a herdeira da rede de frango frito Chick-Fil-A, Trudy Cathy White.

Quem retorna à lista este ano é Gail Miller, após venda da participação no Utah Jazz da NBA por cerca de US$ 1,66 bilhão em outubro de 2020.

Veja quem são as 10 mulheres mais ricas na lista dos 400 bilionários americanos de 2021 da Forbes.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

1. Alice Walton

  • Patrimônio líquido: US$ 67,9 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 12ª
  • Fonte: Walmart

Alice Walton é filha do fundador do Walmart, Sam Walton.

Diferente de seus irmãos, Rob e Jim, ela não trabalha para o Walmart. Em vez disso, se concentrou na curadoria de arte e abriu o Museu de Arte Americana Crystal Bridges em sua cidade natal, Bentonville, Arkansas, em 2011.

2. MacKenzie Scott

  • Patrimônio líquido: US$ 58,5 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 15ª
  • Fonte: Amazon

MacKenzie Scott é autora e ex-mulher do fundador da Amazon, Jeff Bezos, com quem foi casada por 25 anos. 

Como parte do acordo de divórcio, Bezos transferiu 25% de sua participação na Amazon para Scott.

3. Julia Koch e família

  • Patrimônio líquido: US$ 51 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 16ª
  • Fonte: Indústrias Koch

Julia Koch e seus três filhos herdaram uma participação de 42% nas Indústrias Koch de seu marido, David, que morreu em agosto de 2019 aos 79 anos.

4. Jacqueline Mars

  • Patrimônio líquido: $ 31,8 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 21ª
  • Fonte: doces

Jacqueline Mars possui cerca de um terço da Mars, a maior fabricante de doces do mundo, fundada por seu avô.

Ela trabalhou na empresa por quase 20 anos e atuou no conselho até 2016.

5. Miriam Adelson

  • Patrimônio líquido: US$ 30,4 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 24ª
  • Fonte: cassinos

Miriam Adelson é viúva de Sheldon Adelson, o ex-CEO e presidente da empresa de cassinos Las Vegas Sands, que morreu aos 87 anos em janeiro de 2021.

Ela agora possui mais da metade do império do jogo de US$ 48 bilhões que possui cassinos em Las Vegas, Cingapura e Macau.

6. Abigail Johnson

  • Patrimônio líquido: US$ 25,2 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 27ª
  • Fonte: gestão de dinheiro

Abigail Johnson é CEO da Fidelity Investments desde 2014, quando assumiu o lugar de seu pai na empresa fundada por seu avô, em 1946.

Ela possui uma participação estimada de 24,5% da empresa, que possui US$ 4,2 trilhões em ativos administrados.

7. Laurene Powell Jobs

  • Patrimônio líquido: US$ 22,1 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 33ª 
  • Fonte: Apple, Disney

Laurene Powell Jobs herdou bilhões em ações da Apple e da Disney de seu falecido marido, o cofundador da Apple, Steve Jobs, que morreu em 2011.

Ela investe sua fortuna por meio do Emerson Collective, uma empresa híbrida de investimento, impacto social e filantropia que ela fundou em 2004.

Laurene já comprou participações na controladora do Washington Wizards da NBA e do Washington Capitals da NHL e em vários meios de comunicação.

8. Diane Hendricks

  • Patrimônio líquido: US$ 11 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 64ª
  • Fonte: telhados

Diane Hendricks preside a ABC Supply, um dos maiores distribuidores atacadistas de telhados, revestimentos e janelas da América.

Hendricks fundou a empresa em 1982 com seu falecido marido, Ken.

9. Blair Parry-Okeden

  • Patrimônio líquido: US$ 9,7 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 80ª
  • Fonte: mídia, automotivo

Blair Parry-Okeden herdou uma participação de 25% na Cox Enterprises em 2007, quando sua mãe, Barbara Cox Anthony, faleceu.

A Cox Enterprises é uma empresa automotiva e de mídia, dona da empresa de TV a cabo Cox Communications.

10. Ann Walton Kroenke

  • Patrimônio líquido: US$ 9,3 bilhões
  • Colocação no Forbes 400: 83ª
  • Fonte: Walmart

Ann Walton-Kroenke é filha de Bud Walton, que ajudou seu irmão, Sam, a transformar o Walmart em um gigante do varejo.

Ela herdou parte da participação de Bud quando ele morreu em 1995.

Fonte: Forbes