A Stone, empresa brasileira de meio de pagamentos que tem ações negociadas na Nasdaq, em Nova York, anunciou nesta segunda-feira, 17, que captou aproximadamente US$ 1,495 bilhão (cerca de R$ 8,2 bilhões).

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O montante foi levantado na oferta subsequente (follow on), mediante emissão de 31,481,250 ações Classe A, incluindo lote adicional de 4,106,250 de ações, a US$ 47,50 por papel.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

"A empresa pretende usar o valor líquido da emissão para financiar a possível aquisição da Linx (LINX3) e para pagar eventuais taxas e despesas relacionadas à transação, além de propósitos corporativos gerais".

O destino desse capital foi informado pela empresa no formulário 6-K enviado à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

"Se por qualquer razão a aquisição da Linx não for consumada, a empresa pretende usar o valor da oferta para propósitos corporativos gerais."

A oferta da Stone foi coordenada por JP Morgan, Morgan Stanley, Citi e XP Investimentos.