Investidores estão dando preferência para as ações de empresas que pagam dividendos, enquanto buscam reforçar seus portfólios contra a inflação crescente e quedas acentuadas nos preços dos ativos.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Se antes do recente aumento nos preços ao consumidor, as ações pagadoras de dividendos ficavam em segundo plano, perdendo para as ações de crescimento, a procura pela renda passiva aumentou este ano.

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

A maior procura se deve, em parte, à medida dos Bancos Centrais de aumentarem as taxas de juros para combater a inflação que se combinaram para derrubar o preço de ações e títulos.

"Estamos descobrindo que faz mais sentido focar em empresas mais estáveis ​​com dividendos crescentes em dinheiro que oferecem proteção contra a volatilidade e também contra a inflação", disse John Mowrey, diretor de investimentos do NFJ Investment Group à Reuters.

Os defensores de ações que pagam dividendos dizem que a renda ajuda a proteger um portfólio contra quedas de ações. 

Ao mesmo tempo, as empresas que parecem prontas para aumentar seus dividendos podem ser uma fonte de renda mais estável do que os títulos, que têm um cupom fixo que pode ser corroído pelo aumento dos preços.

Nos Estados Unidos, o pagamento de dividendos bateu recorde apesar da turbulência nos mercados. 

No geral, espera-se que o S&P 500 registre outro recorde trimestral de pagamento de dividendos no terceiro trimestre, impulsionado em parte pelo aumento dos pagamentos das empresas de energia, mostraram dados do S&P Dow Jones Indices.

No Brasil, empresas também anunciaram dividendos robustos, inclusive, acima da Selic.

Quer Investir Melhor? Asssista a Palestra Gratuita "Como Ganhar de R$ 5 mil a R$ 20 mil por Mês com Dividendos".