Jeff Bezos Deixará Cargo de CEO da Amazon em 5 de julho
|

Jeff Bezos Deixará Cargo de CEO da Amazon em 5 de julho, Andy Jassy Assumirá

A data escolhida marca o aniversário de 27 anos da companhia.

Por
Atualizado em 27/05/2021

O fundador da Amazon (AMZO34), Jeff Bezos, deixará oficialmente o cargo de CEO no dia 5 de julho. O anúncio foi feito durante a reunião anual de acionistas da empresa na quarta-feira (26).

Quem assumirá a função de alta administração na gigante de tecnologia e varejo será Andy Jassy, que atualmente dirige a Amazon Web Services (AWS).

A troca na liderança havia sido anunciada em fevereiro, mas ainda não havia uma data marcada para a transição.

Bezos passará as rédeas da empresa depois de quase três décadas liderando a gigante da internet que o tornou uma das pessoas mais ricas do mundo

Bezos disse que a escolha da data é “sentimental”.

“Escolhemos essa data porque é sentimental para mim, no dia em que a Amazon foi incorporada em 1994, exatamente 27 anos atrás”, disse Bezos na reunião anual de acionistas da Amazon, que foi realizada virtualmente.

Jassy assumirá a função após um ano em que a Amazon relatou lucros enormes e contratou meio milhão de pessoas. 

Mas ele também terá que gerenciar a intensificação das regulações e crescentes pedidos de acionistas para melhorar as práticas de diversidade da empresa.

Durante a reunião, Bezos procurou tranquilizar os investidores de que a empresa tinha um futuro brilhante sob seu novo líder e que continuará a inovar.

“Andy é bem conhecido dentro da empresa e está na Amazon há quase tanto tempo quanto eu”, disse Bezos . “Andy nunca vai deixar o universo nos tornar típicos.”

Jeff Bezos continuará na Amazon, mas ocupará o cargo de presidente-executivo do conselho.

O bilionário disse que, assim, terá mais tempo e energia para focar em seus outros empreendimentos, o jornal Washington Post, a empresa aeroespacial Blue Origin e em suas entidades filantrópicas Day One Fund e Earth Fund.

O posto de Jassy na AWS será assumido por Adam Selipsky, que esteve à frente do setor de vendas, marketing e suporte do serviço de hospedagem por 11 anos.

Banner will be placed here

Compra da MGM

Esse não foi o único grande anúncio que a Amazon fez nesta quarta (26). A companhia também oficializou a compra do MGM Studios por US$ 8,45 bilhões (cerca de R$ 45 bilhões).

É a segunda maior aquisição na história da empresa, ficando atrás apenas na compra da Whole Foods, em 2017, por US$ 13,7 bilhões.

Resultados da Amazon

No início da reunião, o diretor financeiro Brian T. Olsavsky disse que a Amazon contratou 500 mil novos funcionários em 2020, elevando seu total para mais de 1,3 milhão em todo o mundo. 

Ele acrescentou que a Amazon gerou US$ 386 bilhões em vendas, um aumento de 38% ano a ano.

Número sustentado por sua divisão de computação em nuvem líder de mercado, que gerou US$ 45 bilhões em receita.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE