O pessoal não pode ver uma empresa divulgar um bom dividendo que já quer ela na carteira do Seleção de Dividendos.

A última a ser sugerida para a carteira foi a Direcional Engenharia (DIRR3).

Uma incorporadora que vem entregando bons resultados nos últimos anos, fez um excepcional trabalho em 2020 e divulgou a prévia de seus resultados nos últimos dias.

Nessa prévia ela demonstra diversos aspectos que eu gosto de ver numa ação de dividendos.

Banner will be placed here

Uma geração de caixa elevada nos últimos 3 anos, dívida baixa, crescimento de receita entre outros.

E, claro, os dividendos. Ela anuncia que vai pagar algo como 5 a 6% de dividendos, considerando a sua cotação atual.

Só que quando eu penso numa candidata a titular na Seleção de Dividendos, eu não quero só este dividendo. 

Eu quero dividendos pelos próximos 10 anos. 

O objetivo é diferente de querer dividendos neste ano e no próximo mais uma valorização da ação se acertar a mão.

Não tem nada de errado com nenhuma das formas de investir, elas são apenas diferentes.

Numa carteira de dividendos queremos que eles sejam constantes e perenes. 

É difícil vislumbrar essa situação numa incorporadora.

Por outro lado, se a empresa mantiver este ritmo, entregará muitas alegrias aos seus acionistas. 

Eu realmente acho que quem comprar a ação vai ganhar um bom dinheiro daqui a alguns anos.

A questão é: qual é a sua estratégia?

A da carteira Seleção de Dividendos é ter empresas não cíclicas, já bastante dominante nos seus mercados, com barreiras relevantes de entrada, histórico de resultados consistente e que paguem bons dividendos a bastante tempo.

Eu quero comprar e nunca mais ter que vender. 

O que é diferente de comprar e esquecer, imagino que você saiba disso. 

Eu compro para nunca mais vender, mas permaneço atento.

No caso da Direcional (DIRR3), quem comprar vai ter que ficar ligado e saber a hora de sair lá na frente. 

Essas empresas comumente passam por momentos difíceis e se o seu objetivo é valorização de patrimônio e não renda, terá que acertar, além da compra, a venda.

No canal Seleção de Dividendos, preferimos uma abordagem mais conservadora e tranquila de lidar: comprar as clássicas boas pagadoras de dividendos.