O NFT CryptoPunk # 9998 foi vendido por mais de 124.457 ETH, ou US$ 532 milhões esta semana, fazendo as pessoas se perguntarem: por que um valor tão alto para uma arte cripto?

A famosa coleção de avatares colecionáveis CryptoPunk já sacudiu o mercado de arte digital outras vezes. Ao todo, essas NFTs atingiram mais de US$ 1 bilhão em vendas.

Mesmo assim, um negócio de meio bilhão de dólares parecia muito até mesmo para os CryptoPunks, já que o recorde de vendas anterior era de apenas US$ 11,8 milhões.

O recorde para um NFT foi de US$ 69 milhões pagos pela arte digital de Beeple, em março.

Após a venda, especulou-se nas redes sociais se era algum tipo de golpe ou exploração de segurança, ou um criminoso tentando encobrir dinheiro sujo.

Após uma inspeção mais detalhada, os criadores do CryptoPunks, Larva Labs, vieram ao Twitter explicar o que aconteceu.

A transação foi nada mais do que alguém brincando com empréstimos rápidos e não é tecnicamente uma venda legítima. Em outras palavras, foi um truque.

"Esta transação (e várias outras) não são um bug ou uma exploração, elas estão sendo feitas com empréstimos rápidos", explicou o Larva Labs.

Os empréstimos rápidos tornaram-se populares nas finanças descentralizadas (DeFi) como uma forma ponto a ponto livre de garantias para emprestar por meio da rede ethereum. 

Os contratos inteligentes estabelecem os termos do empréstimo, com o dinheiro sendo reembolsado em segundos. Cada parte do processo é realizada simultaneamente no blockchain, e o mutuário cobre as taxas de processamento da rede.

"Em poucas palavras, alguém comprou o CryptoPunk com dinheiro emprestado e pagou o empréstimo na mesma transação", disse o Larva Labs.

"Alguns lances grandes recentes foram feitos da mesma maneira. O ether (ETH) é oferecido e removido em uma única transação. Portanto, embora seja tecnicamente válido por um breve período, o lance nunca pode ser aceito."

Neste caso, o proprietário do CryptoPunk fez um empréstimo rápido de mais de US$ 532 milhões, usou os fundos para comprar o NFT e, em seguida, enviou o dinheiro de volta ao credor, tudo dentro da mesma transação. 

O desenvolvedor do CryptoPunks afirmou no Twitter que vai adicionar uma filtragem para evitar esse tipo de transação e a geração de sinais falsos.

Em uma estrutura de mercado regulamentado tradicional, o caso seria considerado ilegal devido à lavagem do comércio e à criação de demanda artificial por um ativo.