O cocriador do Dogecoin (DOGE) Jackson Palmer fez duros comentários sobre Elon Musk, chamando o bilionário de vigarista que “não sabe programação”.

Em entrevista ao site de notícias australiano Crikey, Palmer confirmou sua posição contra as criptomoedas e também declarou que o mercado vive uma bolha que, brevemente irá estourar e “vai ser muito mais doloroso”.

O australiano Jackson Palmer, junto com o norte-americano Billy Markus, criaram o Dogecoin, em 2013, como uma piada, mas a “memecoin” foi adotada pela comunidade e por algumas celebridades, entre as quais o próprio Musk.

Em 2015, Palmer abandonou o mercado cripto por discordar dos rumos que estava tomando.

Veja os principais pontos de sua entrevista para a Crikey e alguns detalhes de seu passado com o bilionário da Tesla.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Não era capaz de executar código básico 

Palmer lembrou que já trabalhou para impedir os ataques dos robôs de criptomoedas no Twitter (TWTR34), juntamente com o ex-CEO da empresa, Jack Dorsey.

Ele primeiro enviou uma mensagem ao bilionário no Twitter alguns anos atrás, depois de criar um bot que ajudaria a detectar se havia um golpe de criptomoeda nas menções do Twitter.

Palmer disse que também trabalhou com Jack Dorsey e a equipe do Twitter para que os relatórios fossem enviados instantaneamente para a plataforma sinalizando o golpe.

Ele também enviou o código para outros influenciadores de criptomoedas.

"Elon me procurou para obter esse script e ficou claro muito rapidamente que ele não entendia de codificação tão bem quanto ele. Ele perguntou: 'Como eu executo este script Python?'", Palmer disse para a Crikey.

Vendendo o sonho de ser bilionário

O desenvolvedor também declarou que Elon Musk é um vigarista, e que provavelmente as pessoas no Twitter estavam apaixonadas por Musk twittando para elas e querendo ser amiga dele ou ficar ricas por associação.

"Depois que eu dei a ele o roteiro, eu não era fã dele. Ele é um vigarista, ele vende uma visão na esperança de que um dia possa cumprir o que está prometendo, mas ele não sabe disso".

"Ele é muito bom em fingir que sabe. Isso é muito evidente com a promessa de direção totalmente autônoma da Tesla."

“Cerca de um ano atrás, quando Musk estava dizendo algo sobre criptomoedas, eu disse que ele era e sempre será um vigarista, mas o mundo adora vigaristas”, disse Palmer. 

“As pessoas adoram a ideia de que também podem ser bilionários um dia, e esse é o sonho que ele está vendendo." 

Bolha do mercado

No atual cenário de quedas consecutivas do preço das criptos, Palmer acredita que é a sinalização do início do “estouro da bolha, em algum momento no futuro próximo”.

“Vai ser muito mais doloroso e, provavelmente, afetará os pequenos investidores e aqueles na extremidade inferior do espectro socioeconômico.”

Ainda segundo o cofundador do dogecoin, um ponto positivo do atual ciclo é que mais pessoas estão prestando atenção às falhas do mercado e da comunidade que o cerca.

“Houve um despertar. As pessoas estão percebendo 'bem, isso é realmente besteira'.”

Destruir o Twitter

Palmer também falou sobre a oferta de Musk no Twitter, dizendo que achava que o bilionário queria destruir a plataforma.

Para ele esta “é uma manobra para destruir a plataforma ou pelo menos reduzir ainda mais seu valor”.

"Ele estava semeando uma enorme quantidade de discórdia e desconfiança na plataforma, e há uma grande quantidade de rotatividade e desgaste da equipe", disse Palmer. 

"Sua jogada é desmantelar toda a confiança ou talvez ele esteja delirando o suficiente para pensar que pode construir uma alternativa. A outra alternativa é que ele quer derrubá-la a um preço muito mais baixo, e acho que é isso que ele está fazendo."