O que é Aposentadoria

Aposentadoria

Aposentadoria é a remuneração recebida por um trabalhador aposentado. Veja os diferentes tipos de previdência e fundos.

O que é Aposentadoria 

Aposentadoria é a remuneração recebida por um trabalhador aposentado, isto é, aquele que parou de trabalhar por invalidez, idade avançada ou por anos de trabalho. 

Isto é, aposentadoria é o afastamento remunerado das atividades trabalhistas. 

Banner will be placed here

Previdência Social  

A aposentadoria está ligada à previdência social, que é o seguro social que o trabalhador paga ao Governo através de contribuições mensais. Esse seguro lhe garantirá uma renda quando ele não puder mais trabalhar. 

Todos que auferem renda a partir dos 16 anos podem contribuir para a previdência social, sendo que os trabalhadores com carteira assinada o fazem de forma compulsória

No Brasil, o órgão responsável por arrecadar e distribuir os recursos da previdência social é o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS

Além da aposentadoria dos trabalhadores, o INSS também é responsável pela pagamento de:

  • Aposentadoria por idade, invalidez, tempo de conbruição
  • Auxílio-doença, acidente, reclusão
  • Pensão por morte
  • Salário-maternidade
  • Salário-família 

Nos últimos anos, houve muitos debates acerca da Reforma da Previdência Social, e em 2019, foram aprovadas novas regras para os benefícios de aposentadoria e pensão. 

Com as novas regras, tornou-se mais complicado (ou tardio) aposentar-se pelo INSS e crescem as opções de planos de previdência privada. 

Na previdência social, o limite máximo pago pelo Governo é de R$5800. Por isso, os trabalhadores que ganham mais que isso e desejam manter o padrão de vida, também precisam recorrer à previdência complementar.

Previdência Privada  

A previdência privada, também conhecida como previdência complementar, é um investimento de longo prazo. O objetivo do investidor é ter uma fonte de renda para o período em que não puder mais trabalhar (aposentadoria). 

Foi criada com objetivo de gerar uma renda adicional ao trabalhador. Para contratar uma previdência privada, é preciso buscar uma instituição financeira credenciada, como seguradores e corretoras de valores. 

O contratante deve contribuir mensalmente com um valor escolhido. Ao final do prazo, tem a opção de resgatar todo valor ou em parcelas. Quanto maior o tempo de contribuição, maior o valor acumulado. 

Fundos de Previdência  

Os fundos de previdência são administrados por instituições financeiras e são regulados pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). 

São muito similares aos fundos de investimento comuns. Ou seja, possuem gestores, carteiras de ativos e taxa de administração. Porém, contam com benefícios fiscais, como a tributação

Cada tipo de fundo de previdência tem um benefício diferente. Verifique qual é mais adequado ao seu perfil e objetivos. 

Tipos de Previdência Privada   

Existem dois segmentos de previdência privadas, entre eles: 

Previdência privada aberta: pode ser contratada por qualquer pessoa física ou jurídica. É conhecida como EAPC (Entidades Abertas de Previdência Complementar). 

São produtos financeiros oferecidos por bancos e seguradores. O contratante pode escolher a maneira de recebimento de recursos, beneficiários, etc.

Existem dois principais planos nessa categoria: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGLB (Vida Gerador de Benefício Livre). 

A primeira categoria é ideal para quem faz a declaração completa do Imposto de Renda.

Já a VGLB é ideal para quem é isento, declara o IR pelo modelo simplicado ou deseja aplicar mais de 12% da renda bruta na previdência. 

Previdência privada aberta: são planos oferecidos por empresas para os funcionários ou outros participantes da organização e também são conhecidos como Fundos de Pensão.

Por serem administrados por organizações que não visam o lucro, elas possuem taxas menores que os planos abertos.

Muitas vezes, são planos patrocinados, em que a empresa contribui para compor a reserva da aposentadoria.  Outra opção são os planos instituídos, em que a empresa não ajuda a complementar o plano. 

Alguns exemplos de planos patrocinados são Previ, do Banco do Brasil, e Petros, da Petrobrás. Entre os planos instituídos, há a Oabprev, dos advogados da OAB. 

Contudo, os fundos de previdência são apenas uma das alternativas para se aposentar. Outros investimentos no mercado financeiro, feitos a longo prazo, também podem garantir uma boa renda na aposentadoria. 

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE