A XP Asset anunciou o lançamento de conta para clientes brasileiros investirem diretamente no exterior por meio de seu aplicativo.

Uma lista de espera com clientes elegíveis começou a ser construída este mês e será lançada oficialmente a esse grupo em junho.

No mês seguinte, será aberta a outros clientes e a XP espera que até o terceiro trimestre, acessível à toda a sua base. Hoje a XP tem 3,5 milhões de clientes ligados à plataforma.

A conta de investimentos internacional estará disponível por meio da XP Internacional, corretora americana do Grupo XP, e os clientes poderão investir diretamente em todas as empresas listadas da Nasdaq e Nyse, as duas maiores bolsas dos Estados Unidos.

O cliente XP também poderá ter acesso a outras opções de investimento no exterior.

O serviço da XP Internacional marca a entrada do grupo no mercado de varejo offshore.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

A XP entende que há R$ 50 bilhões de mercado endereçável, ou seja, de brasileiros que já investem ou tem capacidade para alocar recursos lá fora e pretende ter liderança nesse mercado.

A empresa está focando inicialmente em clientes que estão no Brasil, posteriormente vai oferecer a brasileiros no exterior e também para potenciais clientes estrangeiros.

"Estamos construindo todo uma estrutura tecnológica operacional, hoje focada em nossa base e depois podemos conectar qualquer tipo de clientes e não só investidor, mas assessores financeiros", comentou o presidente da XP, Thiago Maffra.

De acordo com ele, a XP tem uma estrutura que viabiliza essa oferta a partir de 2023.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Este ano, a XP está focada em levar o produto aos brasileiros, assim como tem uma lista de entrega de outros produtos para atender as necessidades que forem percebidas por esse público.

Isso passa por cartão de débito e conta.

A seleção do público investidor não está relacionada à capacidade financeira de investimento, mas ao suitability, para que a casa entenda se o cliente está adequadamente enquadrado ao investimento.

Fonte: Estadão Conteúdo.