5 Ações Que  Mais Caíram na Pandemia

A covid-19 deixou um rastro de destruição na Bolsa de Valores em março de 2020.

Veja quais foram as ações mais impactadas no primeiro ano de pandemia.

TECN3

As ações da maior empresa de relógios da América Latina registrou desvalorização de 63,89% em 2020.

Technos

pmam3

A pandemia atingiu a produtora de cobre em ano de alto prejuízo, desvalorizando as ações em 65,62%.

Paranapanema

llis3

As ações da rede varejista de roupas de alto padrão tiveram queda de 70,51% em 2020, sendo a 3ª maior.

Le Lis Blanc

SLED3

A rede de varejo Saraiva Livrarias acumulou queda de 75,74% em 2020, principalmente por seus prejuízos.

Saraiva

IRBR3

IRB Brasil

A maior queda foi das ações da resseguradora IRB, que desvalorizaram 76,85% ao longo do ano de 2020.

Veja também, no link abaixo, quais foram os setores da economia que sofreram mais com a pandemia do coronavírus.

Apesar das maiores desvlorizações, a pandemia também criou boas oportunidades na bolsa de valores.

Oportunidades na Bolsa