Os preços das ações das principais empresas comerciais japonesas atingiram níveis recordes no início desta semana devido aos comentários otimistas do investidor norte-americano Warren Buffett.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

As casas comerciais japonesas favoritas de Buffett subiram depois de ele ter dito na sua carta aos acionistas da Berkshire Hathaway, publicada no sábado, que as empresas seguem políticas favoráveis ​​aos acionistas que são “superiores” às praticadas nos EUA.

A Marubeni Corp. teve o maior ganho em quatro meses, subindo até 5,6% na segunda-feira. As outras quatro empresas comerciais que a Berkshire Hathaway Inc. detém – Mitsubishi Corp., Itochu Corp., Mitsui & Co. e Sumitomo Corp. – também subiram, superando o desempenho do mercado mais amplo.

Buffett expressou esperança de que o investimento nessas empresas japonesas “possa gerar oportunidades para nos associarmos em todo o mundo com cinco empresas grandes, bem geridas e respeitadas”.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

“Buffett usou muito espaço em sua carta para falar sobre as empresas comerciais japonesas”, o que aumentou a confiança dos investidores nas empresas, disse Mineo Bito, presidente da Bito Financial Services Co., em Tóquio, à Fortune.

O investidor norte-americano ocupou cerca de uma página da sua carta anual de 16 páginas aos acionistas para discutir as empresas japonesas.

Buffett provavelmente aumentará suas participações nelas, pois elas ainda estão subvalorizadas e ainda há espaço antes de atingir o limite máximo de participação de 9,9% declarado pela Berkshire, disse Bito, que participa das reuniões de acionistas das seguradoras dos EUA desde 2014.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

As tradings japonesas atingiram níveis recordes desde que Buffett disse em  abril  que aumentaria suas participações nelas. A Mitsubishi, a maior trading do Japão, subiu cerca de 111% no ano passado, enquanto a Mitsui & Co. saltou mais de 70%.

O ganho não realizado da Berkshire no final do ano nas cinco maiores tradings do Japão foi de US$ 8 bilhões, disse a empresa em seu demonstrativo de lucros. Agora possui cerca de 9% de cada uma das cinco casas comerciais, com o custo total chegando a 1,6 trilhão de ienes, disse. 

Fonte: Fortune

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.