Os representantes da Claro, TIM e Vivo defenderam no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) os "remédios" negociados com o órgão visando a aprovação da compra da Oi (OIBR3) e disseram que são suficientes para sanar as preocupações concorrenciais da autoridade antitruste.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

"Se trata do maior remédio já oferecido ao Cade no setor de telecomunicações desde a privatização da Telebras.

O pacote viabiliza com muita tranquilidade a aprovação do negócio, reforçando a natureza pró-competitiva e a eficiência da operação ", afirmou o advogado da Vivo, Marcos Paulo Veríssimo.

Ele ressaltou que o acordo inclui o aluguel de "espectro em alta proporção".

Mais cedo, o Broadcast relatou que, segundo fontes, as empresas terão que alugar de 10% a 15% das faixas de frequência adquiridas da Oi.

A advogada da Claro, Barbara Rosenberg, também afirmou que o pacote oferecido pelas empresas é "extremamente robusto" e disse que o negócio foi feito de forma a fortalecer a atuação da empresa com menor participação de mercado em cada região.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Ela criticou a atuação de empresas menores que atuaram contra a operação.

"Terceiros interessados adotaram estratégia oportuna para pegar carona nos investimentos das empresas e com único objetivo de inviabilizar a operação proposta", completou.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Oi no Terceiro Trimestre de 2021

resultado da Oi (OIBR3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 10 de novembro, apresentou um prejuízo de -R$ 4,8 bilhões no 3T21, apresentando alta no prejuízo de 86,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda da Oi atingiu R$ 1,4 bilhão no 3T21, apresentando retração de -5,9% na comparação com o 3T20. 

margem Ebitda da Oi totalizou 30,9% no 3T21, apresentando retração de -0,7 ponto percentual na comparação com o 3T20.  

margem líquida da Oi atingiu -214,4% no 3T21, apresentando retração de -102,8 pontos percentuais na comparação com o 3T20. 

As ações da Oi (OIBR3) acumulam queda de 2,83% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 50,88% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo