Vitru Limited, holding de educação dos grupos de ensino a distância Uniasselvi e UniCesumar, encerrará suas atividades na Nasdaq, bolsa de valores americana e, passará a negociar suas ações na B3, em movimento inédito no mercado de capitais brasileiro.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

A operação acontecerá por meio da incorporação da Vitru Limited pela Vitru Brasil S.A. (holding brasileira do grupo), com previsão de conclusão até o fim de 2023 ou no máximo nos primeiros meses de 2024.

Com a transação, todos os acionistas da Vitru Limited vão receber ADRs (recibo de ações negociado na Bolsa americana) da Vitru Brasil na mesma proporção de suas participações.

Essas ADRs poderão ser convertidas em ações.

Os maiores acionistas da Vitru são a SPX Carlyle, com 18,5%, a Vinci, com 17,3%, a Compass, com 16,9%, as famílias que eram donas da UniCesumar, com 16,6%, a gestora americana Neuberger Berman, com 12,9%, e a Crescera Capital, com 11,4%.

Segundo Carlos Freitas, CFO da Vitru, o momento atual favorece o retorno ao Brasil. “As ações da companhia irão se tornar uma opção de investimento mais acessível a uma gama maior de investidores institucionais nacionais e pessoas físicas brasileiras, que não podem ou preferem não investir na bolsa americana”, explica Freitas.

Viver de Renda do Mercado Financeiro? Veja a Melhor Ação para Receber Dividendos.

Embora a Vitru Limited tenha se beneficiado da listagem na Nasdaq Global Select Market desde o IPO em 2020, acreditamos que ter nossas ações listadas na B3 abrirá oportunidades para atrairmos uma quantidade maior de investidores, fator que pode, por fim, resultar no aumento da liquidez das nossas ações”, comentam Pedro Graça e William Matos, Co-CEOs da Vitru.

O apetite por novas opções de investimento em ativos qualificados no setor de educação abre espaço para nossa listagem no segmento do Novo Mercado na B3”, concluem em comunicado.

Viver de Renda do Mercado Financeiro? Veja a Melhor Ação para Receber Dividendos.

A Vitru realizou seu Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) em setembro de 2020, quando foi avaliada em US$ 350 milhões vendendo suas ações a US$ 16.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.