A Via (VVAR3) anuncia três investimentos minoritários em startups pelo programa Via Next. Os aportes foram realizados pela subsidiária Cnova, por valores não revelados. As startups são: Gopublic, Poupa Certo e byebnk.

A primeira oferece soluções Software as a Service (SaaS) modular, na modalidade "whitelabel", para a jornada de crédito e pagamentos.

De acordo com o comunicado da Via, a empresa foca no comportamento do cliente e no fluxo do crédito, com uso de dados e algoritmos de alta precisão.

"A esteira de monitoramento e cobrança está totalmente integrada, combinada com uma ampla gama de soluções de meios de pagamentos, que são parte integral da jornada completa do crédito à cobrança", conforme a descrição.

Já a Poupa Certo (da Mibolsillo Financial Technologies) é uma plataforma de gestão e educação financeira com estratégia de gamificação, presente na América Latina, em países como Peru, Chile, Guatemala e México.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

"A Poupa Certo está 100% alinhada com o propósito de inclusão financeira e aumento da competitividade endereçados pelas agendas do Open Banking", diz a nota.

Por fim, a byebnk é uma plataforma de gestão de investimentos em criptomoedas e que está ampliando para "tokenização" (transformação de ativos financeiros em criptomoeda). Além disso, também oferece serviços de educação financeira.

A estratégia do programa Via Next é investir até R$ 200 milhões em startups pelos próximos cinco anos, via venture capital, como anteriormente anunciado.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Via Varejo no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da Via Varejo (VVAR3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 11 de agosto, apresentou um lucro líquido de R$ 132 milhões, apresentando crescimento de 103,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Via Varejo atingiu R$ 391,0 milhões no 2T21, apresentando retração de -26,5% na comparação com o 2T20. 

A margem Ebitda da Via Varejo totalizou 5,0% no 2T21, apresentando crescimento de 5,1 pontos percentuais na comparação com o 2T20.  

A margem líquida da Via Varejo atingiu 1,7% no 2T21, apresentando crescimento de 0,5 ponto percentual na comparação com o 2T20. 

As ações da Via Varejo (VVAR3) acumulam queda de 39,82% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.