O que é Operar Vendido?

O termo Operar Vendido é um dos jargões do mercado financeiro, utilizados para expressar a operação de compra e venda de ativos e investimentos de renda variável como ações, mercado futuro, moedas estrangeiras, índices, opções etc.

A operação vendida pode ser denominada de venda a descoberto, short e operações short selling.

O método de operar vendido significa vender um determinado ativo financeiro, como uma ação, sem possuir de fato esse ativo.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Operar vendido é estratégia utilizada para rentabilizar com a queda dos ativos e gerar lucro quando o ativo em questão estiver em queda na bolsa de valores.

A operação significa que o investidor está realizando um investimento em ativos esperando que esse mesmo ativo caia e desvalorize, rentabilizando em cima da queda da ação.

A desvalorização é esperada por parte do investidor a partir do preço de entrada daquela ação, ou seja, o quanto o investidor pagou por ele no momento de investir. A estratégia visa o lucro do investidor com a operação. 

Para que a operação tenha sucesso no seu objetivo, é necessário que o investidor analise o mercado, principalmente nas oscilações das ações no mercado financeiro para que não haja prejuízo no investimento. 

O que é Operar Comprado?

O termo de operar comprado é justamente o inverso da operação de operar vendido, pois os investidores buscam comprar aqueles ativos que eles esperam que tenham um alto crescimento na bolsa.

Com o ativo se valorizando na bolsa, o investidor consegue vender a ação a um valor maior do que quando ele comprou.

Em resumo, a operação de operar comprado significa que o investidor compra um ativo esperando-se que ele se valorize.

Neste caso a vantagem do método de operar comprado é a vantagem de não precisar vender o ativo com rapidez, o investidor pode comprá-lo e mantê-lo em sua carteira até que ele se valorize para realizar a venda.

Por exemplo, um investidor compra um ativo X no valor de R $5, com o tempo esse ativo se valoriza no mercado e o investidor o revende pelo preço de R $15, lucrando R $10 em cima do ativo valorizado.

Ao mesmo tempo que a demora para valorização do ativo pode ser uma vantagem para alguns, é desvantagem para aqueles que esperam lucrar rápido em cima de determinada ação.

Pode ser que a ação só desvalorize ou demore para se valorizar e gerar lucro ao comprador da ação.

Devido a isso é necessário que se analise o mercado, estude os ativos e o melhor momento para operá-los minimizando os riscos na operação de operar comprado.

Vantagens e Desvantagens de Operar Vendido

Como todas operações no mercado financeiro, operar vendido tem seus riscos, vantagens e desvantagens ao operá-los, veremos algumas a seguir:

Algumas das vantagens do método de operar vendido são:

  • Lucrar com a queda de um ativo ou com a queda da bolsa de valores em um momento de crise;
  • Proteger ativos de um risco sistêmico, que afeta todos os ativos do mercado;
  • Possibilidade de bons rendimentos.

Algumas das desvantagens do método de operar vendido são:

  • As decisões de compra e venda de ativos devem ser baseadas em dados fornecidos pelo mercado constantemente, gerando um grande trabalho para operar com sucesso o método;
  • Operar Vendido representa um alto risco ao investidor que o realiza, isso devido a oscilação do mercado que pode fazer com que o resultado não seja o esperado.
  • Analisar o mercado constantemente, estudar as ações na qual pretende comprar;
  • Na operação Vendido só há duas possibilidades, ganha ou perda, considerado um investimento de alto risco ao investidor;
  • Tempo de espera para a valorização do ativo comprado.